De camioneta até Ivalo

Junte-se aos locais, descubra a solidão da lapónia finlandesa e o modo de vida das populações em particular dos que vivem em pequenas comunidades.
Faça como eles.

2 comentários

Vão de vez em quando à cidade comprar alimentos, arranjar o carro ou uma alfaia agrícola, passar pela farmácia e movimentar algum dinheiro no banco até ao mês seguinte.

Ivalo
Ivalo

É um pouco esta a função de Ivalo para muitos finlandeses que vivem próximo.
A cidade, deste modo, vivia muito dos serviços, não era grande e tinha ainda a particularidade de ser um ponto de passagem da  E75, uma longa estrada que vai ainda mais a norte do polar árctico e que atravessa o país de norte a sul..

site7_ivalo_aeroporto2
Aeroporto de Ivalo

Dá para perceber a vivência da cidade numa tarde.
A central térmica dá um sinal de despropósito em relação ao ambiente natural e rústico, mas entende-se a razão de ser e o conforto que propicia.

site7_ivalo_carrinho
Ivalo

O comércio e os serviços eram mais para os locais.
Só à beira da estrada se procurava a atenção do viajante, com bares, pizzarias, restaurantes e lojas de artesanato.

site7_ivalo_temperatura
temperatura em Ivalo

Esta descoberta e o convívio com os locais é uma experiência que pode ficar muito barata. É fazer como eles, viajar de camioneta, ida e volta no mesmo dia.

E75
E75

Ivalo fica a 30 km de Saariselka.
Aliás, do que mais gostei foi mesmo da viagem.
Da beleza natural,  do sol a fragmentar-se nas árvores  e nas planícies de neve. Zonas abertas com o horizonte marcado pelo rasto da passagem das motos de neve que deixam extensas linhas perpendiculares.
Ao lado da estrada principal havia esporadicamente vestígios de passagem de veículos todo o terreno ou de tractores.

No interior do autocarro encontravam-se finlandeses  que se deslocavam à cidade. A maioria expressava satisfação pela companhia de viagem.
Mesmo nos lugares mais remotos havia sempre gente a entrar.

site7_estrada_ivalo5
Pôr do sol na viagem de regresso

A viagem de regresso foi ainda mais interessante. Coincidiu com o regresso a casa dos alunos que estudavam em Ivalo.
O  ambiente era muito diferente. Mais efusivo.
Alguns dos alunos seguiam depois em grupo, a pé, até à zona residencial. Outros eram aguardados por adultos.
A parte final da viagem de autocarro foi com um lindo pôr do sol, num tom alaranjado a preencher todo o horizonte, com um ligeiro brilho da neve.

site7_familia_caminho
caminho para o centro de Saariselka

A partida e chegada do autocarro era junto a um restaurante e um estabelecimento comercial, a Siula, no cruzamento para Saariselka.
Em pouco mais de cinco minutos fazia-se o caminho a pé até ao centro de Saariselka.

Ver
Em Saariselkä, no círculo polar ártico
Finlândia – introdução
Galeria de fotos

2 comments on “De camioneta até Ivalo”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s