Monte Nebo e Madaba

De Monte Nebo, Moisés viu a Terra Prometida.
Madaba é a cidade dos mosaicos, com o desenho da Terra Santa.
História e religião marcam os dois lugares.

10 comentários

Monte Nebo

nebo
Monte Nebo

Monte Nebo fica a 10 km de Madaba.
Na Bíblia a designação é Pisgah.
A sensação de chegar e olhar para o horizonte, para a Terra Prometida,  é mais forte do que a estrutura física.

A mitologia do cristianismo, a luta dos povos pelo domínio da terra, a procura de um lugar estável, que é permanentemente colocada em causa devido a conflitos que chegam aos dias de hoje.
Fazem refletir.

Logo à entrada tivemos uma sensação estranha. 
Um caminho ladeado de árvores, empedrado e, lá em cima, uma roda gigante que servia de porta de entrada.
A proteção do lugar sagrado
.
Um ambiente pacífico mas cujo acesso era limitado e protegido.

Igreja de Mount Nebo
Monte Nebo – Igreja

Escavações revelaram uma igreja com mosaicos bizantinos.
Ilustram pessoas e animais. 
Muitos dos mosaicos ainda estavam em boas condições.
Debaixo foram descobertos seis túmulos.
Quando visitei este espaço ainda decorriam trabalhos arqueológicos.

Igreja de Mount Nebo
Igreja de Monte Nebo

A igreja é do séc. IV. Foi construída em memória de Moisés.
Há quem refira que o profeta  foi aqui sepultado mas, não existe qualquer confirmação científica.
No corredor central estava um tapete com cores fortes, vermelhas, bancos de madeira, colunas de pedra laterais e um altar.

É um lugar de culto para cristãos e muçulmanos. 
Já foi visitado pelo papa João Paulo II (que plantou uma oliveira ao lado da igreja, como símbolo da paz) e continua a ser um dos locais de peregrinação dos cristãos.
Aqui pode encontrar informação mais detalhada.

Monte Nebo - serpentine cross
Monte Nebo – Serpentine Cross

O que mais me fascinou foi o monumento ao local onde Moisés terá avistado a Terra Prometida.
É uma escultura metálica, em forma de cruz, a Serpentine Cross.
É o símbolo da serpente de bronze que Moisés levou para o deserto e da cruz em que Jesus foi crucificado.
Está assente em pedras, junto ao muro que rodeia o lugar. Sentia-se o vento e a curiosidade pela história.

Terra Prometida

Daqui, a vista tinha um alcance imenso, quase mil metros acima da altura do mar. 

Montanhas e vales de cor de terra. 
Pouco arborizadas. O que mais se distinguia era o serpentear da estrada.
Dizem que a vista de hoje não difere muito da que Moisés viu, há milhares de anos atrás.

Ao lado havia um mosteiro de pedra que era acompanhado por um muro. 

Uns metros abaixo, um homem regava algumas plantas. A terra é árida.
Ainda não é a Terra Prometida.

Madaba
Madaba é a Cidade dos Mosaicos.
Fica a pouco mais de 30 km a sul de Amã e é um dos locais mais visitados. 
Por turismo e motivos religiosos.

madaba_igreja_altar
Igreja de S. Jorge

A principal atração da cidade é a Igreja Grega Ortodoxa de S. Jorge onde o chão está coberto com um mosaico que figura a Terra Santa.

 No entanto, muitos outros locais têm igualmente mosaicos bizantinos construídos entre os séculos V e VII.

Na verdade, alguns guias referem que até nas casas da cidade é possível encontrar alguns destes mosaicos, entretanto retirados das escavações.
O museu de Madaba e a igreja a Virgem e os Apóstolos tinham igualmente um acervo muito relevante.
Os mosaicos são feitos de pequenas pedras e cal desta região. 
Na maior parte dos casos retratam cenas mitológicas, flores, plantas, animais e figuras exóticas.

Havia um centro de formação de artesãos. Aprendiam a construir e restaurar os mosaicos.
Era um ponto de encontro de excursões e de alunos das escolas desta região.

madaba_igreja_palestina
Mosaico de Jerusalém

A obra mais conhecida e admirada é o mapa da Palestina (nas palavras do nosso guia, um árabe orgulhoso das suas origens) ou, se preferirem, o Mosaico de Jerusalém e da Terra Santa, datado do sec.VI. 

O mapa foi descoberto em 1896.
Originalmente, o mapa tinha 94 metros quadrados. Dois milhões de peças.
Apenas um terço foi preservado.
O mosaico cobre o chão da Igreja de S. Jorge e descreve com algum detalhe o Rio Jordão.

madaba_igreja_velas
Igreja de S. Jorge

S. Jorge é uma igreja ortodoxa. Com arquitectura, materiais e ícones do séc. XIX mas que recupera ruínas de uma igreja bizantina do séc. VI, que deveria ser maior.
Madaba está situada na Terra Santa. Junto à Estrada Real, construída há cerca de cinco mil anos. 
Próximo do Monte Nebo e do Mar Morto
.

É lugar de peregrinação para cristãos e muçulmanos. 

É por este motivo que causa alguma estranheza a Terra Santa estar representada em mosaico no chão de um edifício cristão numa cidade remota da província do Império Romano.
Algumas sugerem que o mapa podia ter sido útil para os peregrinos, para ajudá-los a orientarem-se de um lado para o outro. “Outros há que acreditam que, como fica perto do Monte Nebo, pode representar a visão que Moisés teve da Terra Prometida, no local da sua morte.” Citação do site Visit Jordan.

Ver ainda:
O segredo de Petra
Wadi Rum: “vasto, vibrante e ao gosto de Deus”
Mar Morto Spa
Amã -cidade de contrastes
O castelo de pedra do deserto em Karak
Ajloun a meio caminho da Siria, Libano e Israel
Jerash de história e sensações
Aqaba é estratégica
Jordânia – InfÚtil

10 comments on “Monte Nebo e Madaba”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s