Escultura contemporânea ao lado do Tejo

Este slideshow necessita de JavaScript.


O Parque de Escultura Contemporânea Almourol junta tudo o que é essencial para um passeio: natureza, arte e zonas de lazer à beira rio.

O Parque de Escultura Contemporânea Almourol
O Parque de Escultura Contemporânea Almourol

Anda-se à vontade, por um grande espaço verde e podemos contemplar o Tejo ou procurar as 11 esculturas de grandes dimensões que estão dispersas pelo Parque de Escultura Contemporânea Almourol .

As esculturas são de reputados artistas nacionais contemporâneos. Incluem-se obras de José Pedro Croft, Pedro Cabrita Reis e Joana Vasconcelos, entre outros, produzidas nos últimos 50 anos.

Escultura de Cristina Ataide
Escultura de Cristina Ataide

Devido às dimensões e aos materiais utilizados, algumas destas esculturas são usadas pelas pessoas. Para andar, sentar… Algumas delas foram mesmo produzidas com esta finalidade, provocar uma interação com os visitantes.

Escultura de Rui Chafes
Escultura de Rui Chafes

Trata-se de um projeto único em Portugal e está inserido nos sete hectares do Barquinha Parque, um espaço mais amplo, inaugurado em 2005 e muito procurado pelos residentes de Vila Nova da Barquinha

Escultura de Xana
Escultura de Xana

O Tejo é um dos elementos que confere maior beleza paisagística ao conjunto mas há ainda centenas de árvores e riachos que enriquecem o espaço e o agradável passeio ribeirinho, em particular ao final da tarde de um dia de verão.

Há zonas utilizadas pelas famílias para descanso, refeições, caminhadas e também equipamentos desportivos, espaços lúdicos para as crianças e cafetaria.

O Barquinha Parque foi distinguido no Prémio Nacional de Arquitetura Paisagista 2007, na categoria “Espaços Exteriores de Uso Público”.

Escultura contemporânea ao lado do Tejo faz parte do podcast semanal da Antena1 Vou Ali e Já Venho e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, Escultura contemporânea ao lado do Tejo, pode ouvir aqui.