Arte Urbana em Lisboa no “top” do mundo

Sem comentários

Lisboa tem um dos roteiros de arte pública mais interessantes em todo o mundo e está entre as 10 cidades mais importantes do Mundo em arte urbana.
São dezenas de murais e instalações que se espalham pela cidade, introduzindo surpresas no olhar, colorido em lugares cinzentos, curiosidade em bairros raramente visitáveis e por último, mas não menos importante, renovação urbana.

Crossroad de Sainer nas Olaias
Crossroad de Sainer nas Olaias

O mérito foi em particular dos artistas que tomaram conta de paredes e muros e projectaram nestes espaços a sua criatividade e uma mensagem que, por vezes, desconstrói a nossa rotina.

Amália de Vhils em Alfama
Amália de Vhils em Alfama

A aventura e a reputação ultrapassou fronteiras. Temos artistas como, entre outros, VhilsAKACorleone e Bordalo II cujos trabalhos são reconhecidos a nível internacional. Em vários continentes.

Obra de Shepard Fairey na Graça
Obra de Shepard Fairey na Graça

Como temos também muitos artistas estrangeiros que marcam presença em Portugal. Em iniciativas esporádicas ou mais institucionais como Festivais de Arte Urbana.

Marvila, Lisboa
Marvila, Lisboa no âmbito do MURO

O resultado é de uma grande diversidade e segundo Bordalo II a arte pública tem um lugar especial na rua onde pode comunicar com as pessoas, tem bastante valor e em Portugal há material muito interessante.

Bordalo II deu esta entrevista quando instalava a obra Lisboa, em frente da estação do Cais do Sodré.
É uma instalação colorida que visa valorizar o fato de Lisboa ser uma cidade com muitas culturas diferentes, com muitos géneros e isso é importante, respeitar as diferenças entre as pessoas.

Lisboa de Bordalo II no Cais do Sodré
Lisboa de Bordalo II no Cais do Sodré

A instalação reutiliza lixo e desperdício, uma marca no trabalho de Bordalo II e é uma tentativa de chamar a atenção para os problemas ecológicos e sociais e tentar, através de uma peça colorida e esteticamente mais interessante, a aproximação ao público e para ele entender o material com que realmente a peça é feita.

Guaxinão - Bordalo II em Lisboa junto ao CCB
Guaxinão – Bordalo II em Lisboa junto ao CCB

Bordalo II tem várias obras em Lisboa, uma das mais conhecidas é o Guaxinim próximo do Centro Cultural de Belém. Tem outras duas em Alcântara, mais a Abelha e recentemente criou a Raposa na 24 de Julho e o Sapo na Rua da Manutenção.

Macaco na entrada da exposição de Bordalo II em Xabregas
Macaco na entrada da exposição de Bordalo II em Xabregas

Muito próximo, num armazém, tem uma exposição que vai está aberta ao público até ao dia 26.

Obra na Galeria de Arte Urbana na Calçada da Glória
Obra na Galeria de Arte Urbana na Calçada da Glória

A instalação Lisboa e a exposição têm o apoio da Câmara de Lisboa que, através da Galeria de Arte Urbana (GAU) tenta promover esta forma de expressão e a sua inserção no meio urbano.

Galeria de Arte Urbana - Calçada da Glória
Galeria de Arte Urbana – Calçada da Glória

Na cidade de Lisboa há galerias a céu aberto da responsabilidade da Galeria, como por exemplo junto ao elevador da Glória e também nas traseiras do Hospital Júlio de Matos.

Desta forma, a Câmara Municipal de Lisboa pretende incentivar este tipo de arte, evitando e separando de acções de vandalismo.

Av. Fontes Pereira de Melo
Av. Fontes Pereira de Melo

Catarina Vaz Pinto, vereadora da Cultura da Câmara de Lisboa, refere que a cidade está entre as 10 cidades mais importantes do Mundo em termos de arte urbana e que se pretende salvaguardar este património através de levantamentos e catálogos já que se trata de um arte efémera.

A Galeria de Arte Urbana realiza também o MURO, o Festival de Arte Urbana de Lisboa.

MURO no bairro Padre Cruz (Nomen1)
MURO no bairro Padre Cruz (Nomen1)

No ano passado foi no Bairro Padre Cruz e a edição deste ano foi em Marvila, um dos lugares da cidade onde se encontra uma grande diversidade de murais, com grande efeito visual, em empenas de prédios altos. Catarina Vaz Pinto garante que esta é uma iniciativa que vai continuar.

Marvila
Marvila

Está agora decorrer uma acção de formação para as pessoas serem guias no percurso local de arte urbana.
Como se percebe, é uma área com grande dinamismo e que envolve também galerias privadas como a Underdogs, de Vhils, que há vários anos é impulsionadora da presença em Portugal de artistas estrangeiros para o desenvolvimento de projectos.
A Underdogs lançou há dois anos uma outra iniciativa, a organização de visitas guiadas pela cidade para a descoberta de arte urbana.

Vhils e Pixelpancho © CML | DMC | DPC | José Vicente 2013
Vhils e Pixelpancho © CML | DMC | DPC | José Vicente 2013

A Câmara de Lisboa também tem feito edições em papel e online de muitos dos trabalhos que estão em exposição nas ruas de Lisboa. Infelizmente alguns têm desaparecido como o fantástico trabalho conjunto de Vhils e Pixel Pancho no edifício que foi demolido no Jardim do Tabaco para dar lugar ao terminal de cruzeiros.

Mural dedicado a Saramago e Pilar
Mural dedicado a Saramago e Pilar

O mesmo se passou com o mural de Saramago e Pilar, muito próximo da Fundação José Saramago.
A arte urbana tem esta particularidade: é para ver de imediato porque não tem futuro garantido.

Arte Urbana em Lisboa no “top” do mundo faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, Arte Urbana em Lisboa no “top” do mundo, pode ouvir aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s