O museu que enaltece a Pedra de Ançã

Sem comentários

A Pedra de Ançã é viajada. Está espalhada por vários continentes em estátuas ou cantarias artísticas.

Estátua em Cantanhede em Pedra de Ançã
Estátua em Cantanhede em Pedra de Ançã

Em Portugal faz parte de vários monumentos e talvez o de maior destaque é o da Batalha. Dois reis e uma rainha têm também os túmulos feitos com este tipo de calcário que é extraído no sul do concelho de Cantanhede e ficou conhecido como Pedra de Ançã. Tem cor clara, sem veios e a pedra é muito macia.


O Museu da Pedra de Cantanhede foi criado em 201 e um dos objetivos é refletir a riqueza do património da Pedra de Ançã que foi a matéria prima por excelência da escultura e da arquitetura renascentista em Portugal.

Os visitantes encontram uma grande diversidade de obras de arte e em particular estátuas antigas que ocupam um corredor.

Estátua no Museu da Pedra
Estátua no Museu da Pedra

As estátuas têm uma expressão singular, de acordo com o que representam, como por exemplo a Medicina, a Teologia e a Lei.

Peças em exposição no Museu
Peças em exposição no Museu

Há também arte sacra, ornamentos em Pedra de Ançã, utensílios e informação sobre a extração do calcário. Podemos ver ainda um espólio de achados arqueológicos e fósseis nas pedreiras.

Um dos vários fósseis
Um dos vários fósseis

O Museu desenvolve ainda uma faceta importante em particular junto do publico mais novo. É o chamado “Museu Vivo” que engloba vários ateliers de artes plásticas e iniciativas de divulgação e informação sobre a formação, extração e utilização do calcário.

Várias estátuas num corredor
Várias estátuas num corredor

O mérito destas iniciativas foi reconhecido com o prémio de Melhor Museu e recentemente foi distinguido com o de Geoconservação.

Na localidade que deu o nome ao calcário, em Ançã, deixou de haver quem trabalhe a pedra. Muito próximo de Ançã há uma pedreira que ainda mantém a atividade. Há poucas mais e o produto só episodicamente se destina a escultura ou cantaria artística. A extração destina-se essencialmente para calçada e brita.

Pedreira próximo de Ançã
Pedreira próximo de Ançã

A arte e atividade económica que chegou a exportar o calcário tem uma história de séculos e marcou em particular monumentos religiosos na região de Coimbra. João de Ruão, escultor arquiteto francês, e Nicolau de Chanterene, escultor também de origem francesa, foram dos artistas mais conhecidos e que deixaram obras em vários mosteiros e igrejas.

Fachada do Museu
Fachada do Museu

O museu que enaltece a Pedra de Ançã o faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, O museu que enaltece a Pedra de Ançã, pode ouvir aqui.
O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:
Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s