Um Vale da Rosa com 10 milhões de cachos

Sem comentários

Este slideshow necessita de JavaScript.

As vinhas com uvas sem grainha são muito diferentes do que costumamos ver. Como são uvas de mesa há o propósito de salvaguardar o aspecto e a qualidade.
As vinhas estão cobertas por plásticos e redes para proteger as uvas e prolongar o período de colheita.

Na Herdade Vale da Rosa, em Ferreira do Alentejo, há ainda 60 caixas de ninhos de morcegos espalhadas pela área limítrofe da vinha.

As "casas" dos morcegos
As “casas” dos morcegos

O objectivo é evitar a entrada de mosquitos e é uma recomendação da universidade que colaborou com a Vale da Rosa para sistemas ecológicos de preservação das uvas.

Para espantar algumas espécies de aves que adoram uvas, na área onde estão as vinhas com uvas de mesa, há também um sistema sonoro que emite o som de águias.

Instalação sonora para evitar aves
Instalação sonora para evitar aves

Funciona como espanta estorninhos que podem saciar-se nas vinhas ao lado.

A Herdade pode ser visitada, o preço de acesso é quase simbólico: um euro. Até Outubro, até ao fim das vindimas, é a fase mais interessante para visitação, segundo Nuno Coelho, responsável pela área de turismo da Vale da Rosa. Pode-se provar as uvas e colher alguns cachos para levar para casa.
site_vale_rosa_DSCF2516Além da prova das uvas os visitantes dão ainda um passeio pela vinha num trator. Pode-se parar no meio da vinha para ver em pormenor a plantação e também saborear as uvas, quando as há.

A vinha exige muita mão de obra
A vinha exige muita mão de obra

A Herdade organiza outro tipo de visitas, mais elaboradas e tem ateliers e actividades para crianças como por exemplo ver e ajudar a construir um ninho para os morcegos e espantalhos que são colocados na vinha..

Há muita gente a trabalhar na herdade porque é uma actividade que exige muito trabalho manual.

Ao longo do ano é preciso limpar os cachos, dosear o peso e o tamanho dos cachos maiores e deitar fora alguns bagos que não estejam em boas condições.
Quando andamos ao lado das parreiras podemos ver cachos enormes, parecem polidos porque os bagos são grandes e estão limpos e brilhantes. Na altura da minha visita predominavam os tons verdes das uvas e das folhas.

Há vinhas com uma área muito grande
Há vinhas com uma área muito grande

Todo o processo de produção é natural, como também a própria uva sem grainha. Aliás, terão tido origem na antiga Mesopotâmia e porque era muito apreciada pelos sultões turcos ficaram como nome de sultanas. Vulgarmente são designadas em Portugal como passas e são usadas com frequência na doçaria tradicional.
site_vale_rosa_DSCF2513Em zonas rurais havia também o hábito de pendurar estas uvas em casa ou em outros lugares abrigados e secos para as manter até ao Natal e ficarem mais doces.
No século XIX realizaram-se cruzamentos de castas e as sultanas ficaram maiores. Passaram a ter maior valor comercial e hoje são muito consumidas como uva de mesa.

site_vale_rosa_hdrNa Herdade Vale da Rosa produz-se exclusivamente uva de mesa e há sete variedades de uva sem grainha. Cerca de 25% da produção é para exportação.

Há um trabalho permanente de procura de variedades de melhor qualidade em articulação com empresas de melhor qualidade, quase todas da Califórnia.

A aposta numa nova variedade, desde a fase de testes da plantação à receptividade do consumidor, exige quatro a seis anos.
site_vale_rosa_uvas2Tendo em conta este tipo de conhecimento especializado e porque a Vale da Rosa é uma referência a nível mundial na produção de uva de mesa recebem também muitos profissionais.
O tempo médio de vida de uma vinha de uva sem grainha é de 10 a 12 anos.
Ao todo a área de plantação em pérgola (com proteção de plástico e redes) na Vale da Rosa é de 250 hectares. Ao todo chega a ter 10 milhões de cachos.

Nuno Coelho
Nuno Coelho

Um Vale da Rosa com 10 milhões de cachos faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, Um Vale da Rosa com 10 milhões de cachos, pode ouvir aqui.

O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s