Ponto de encontro em Ourém é no castelo

Sem comentários

Este slideshow necessita de JavaScript.

O castelo de Ourém é um dos mais interessantes de Portugal. Devido à sua beleza e também pelas histórias que preserva. Está classificado como Monumento Nacional.
A fortificação está num monte, com uma subida íngreme e ergue-se vigilante da cidade de Ourém.

Tem duas grandes construções. O Paço dos Condes com dois enormes torreões e a cidadela que é ainda maior. Entre as duas estruturas em pedra havia túneis.

O Paço com a luz do final do dia
O Paço com a luz do final do dia

Ao por do sol a luz faz ressaltar o brilho das pedras e o que seria o esplendor do Paço com estilo veneziano. É também um excelente miradouro porque a vista alcança uma vasta zona do centro de Portugal.
VistaO Paço dos Condes é do século XV numa altura de grande desenvolvimento de Ourém.
O castelo terá origem árabe e foi edificado no final do século XII. Alguns anos depois foi local de sequestro de uma rainha casada com D. Sancho II. Foi raptada por alguns nobres que a forçaram a regressar ao reino de Leão e Castela devido a receios de se perder a independência nacional.
site_ourem_castelo__0139Mais tarde o castelo pertenceu à Rainha Santa Isabel e confrontou-se sempre com o problema de pouco povoamento.
Uma situação que se repete na história contemporânea. Nesta zona do castelo, vivem pouco mais de 20 pessoas e no passado recente era como se estivessem em recolhimento.

Rua na zona do castelo
Rua na zona do castelo

Conta Augusto Gonçalves que nasceu aqui que há meio século atrás os residentes chegavam ao fim do dia, por volta das seis da tarde, “ouviam os cucos e os mochos, fechavam as portas e iam dormir”.
site_ourem_0124Augusto Gonçalves herdou uma mercearia e uma taberna. Perante o acentuado declínio do comercio apostou num novo projecto, com a venda da ginjinha: “Em boa hora o fiz porque consegui duas coisas em simultâneo. Não só dinamizei a minha casa como consegui dar movimento a esta terra. Se você chegar aqui à noite encontra imensas pessoas. Isto tem um movimento nocturno que era impensável há 60 anos”.
O castelo adquiriu uma nova função: é hoje um ponto de encontro.

Torres da igreja da Colegiada
Torres da igreja da Colegiada

Mantém também a tradição dos domingos, com os locais a frequentarem a igreja da Colegiada. A igreja é um dos edifício que mais se destaca pela sua localização e grandeza. A igreja, como muitas outras construções nesta zona, ficou quase toda destruída no terramoto de 1755.

Rua da casa com sinais de resença judaica
Rua da casa com sinais de presença judaica

A maior parte das casas mantêm a traça antiga. Numa rua há vestígios da presença de judeus e, em termos gerais, toda a zona histórica está bem cuidada.

Interior da mercearia
Interior da mercearia

A casa que Augusto Gonçalves herdou é do século XVII e preserva alguns traços originais e o antigo mobiliário da mercearia.

Augusto Gonçalves
Augusto Gonçalves

Ponto de encontro em Ourém é no castelo faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, Ponto de encontro em Ourém é no castelo, pode ouvir aqui.

O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s