O Pai Natal certificado de Vagos com muitos brinquedos

Sem comentários

O Natal tem de ter Pai Natal e muitos presentes. Para os mais novos quer dizer muitos brinquedos. No Museu do Brincar em Vagos conciliamos as duas coisas: um Pai Natal certificado e cerca de 30 mil brinquedos dos quais 1500 estão sempre em exposição.

Museu do Brincar em Vagos
Museu do Brincar em Vagos

É uma coleção privada e Carlos Rocha mais a mulher são os fundadores do Museu do Brincar e proprietários do acervo que encanta toda a gente. Uns para brincar outros emocionam-se ao verem brinquedos da sua infância.

Carlos Rocha é também o único Pai Natal certificado na Península Ibérica.
Segundo ele diz, ser um Pai Natal certificado é exigente. Em primeiro lugar implica ser Pai Natal 24horas por dia.
site_pai_natal_2566A escola norte-americana onde obteve a certificação pretende garantir os princípios de S. Nicolau e transmitir ao público em geral e em particular às crianças esses princípios. Recusa ser um Pai Natal mercantilista que só tem a barba.
O facto de assumir por inteiro os princípios da generosidade de S. Nicolau também tem as sua consequências.
site_pai_natal_2562Como não tem uma postura mercantilista diz que não aparece muito em centros comerciais ou em iniciativas das câmaras municipais. Mas onde vai “não querem ouro, o que é uma chatice porque eu não sou Deus, sou apenas Pai Natal”.

Uma das várias salas do Museu do Brincar
Uma das várias salas do Museu do Brincar

Uma das oportunidades para conciliar o brincar com o Pai Natal é no próprio museu onde todos os anos decorre o Natal e a Terra do Pai Natal.
No Museu do Brincar pretende-se que a criança possa interagir com os brinquedos, imaginar, experimentar e divertir-se. O importante é dizer à criança o que foi o brincar, o que é o brincar e a importância que tem no futuro, no desenvolvimento global e harmonioso da criança.

Brinquedos em exposição. Outros são para brincar
Brinquedos em exposição. Outros são para brincar

O Museu do Brincar é para brincar e a ambição é criar um espírito que incentive as crianças a brincarem ao ar livre, com outras crianças e com exercício físico, em particular no recreio das escolas já que nas ruas é muito difícil devido aos carros.
É também uma ajuda para evitar a obesidade.

Joaquim Carlos Rocha
Joaquim Carlos Rocha

Refere Carlos Rocha que quando as crianças brincavam no recreio das escolas, que durava cerca de meia hora, faziam muitos jogos e exercícios. Isso ajudava a queimar as más calorias e o colesterol. Complementava a alimentação. É preciso apelar para que as crianças voltem a brincar no recreios das escolas.
Conclusão: brincar não é apenas no Natal. Deve ser todo o ano
site_museu_2478A emissão deste episódio, O Pai Natal certificado de Vagos com muitos brinquedos, pode ouvir aqui.

O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s