Andar sem carris na Ecopista do Dão

O contato com a natureza e em particular a proximidade com vários rios são algumas marcas da Ecopista do Dão.site_ecopista_figueiro_ciclista_1286

Este é um dos motivos porque ao longo do percurso de 49km encontramos muitas pessoas a caminhar ou a andar de bicicleta.
Nem todos percorrem a Ecopista do Dão duma só vez como é o caso de Nuno Pereira que o encontrei próximo de Viseu.


Diariamente costuma fazer de bicicleta 30 a 40km. Por vezes faz ida e volta de Viseu até Santa Comba Dão. Já percorreu igualmente o circuito no sentido S. Pedro do Sul, Vouzela, Oliveira de Frades e Sever do Vouga correspondente à linha férrea do Vouga e com a qual havia uma ligação da linha do Dão. Esta fazia ainda a ligação com a linha da Beira Alta.

Ecopista próximo de Viseu
Ecopista próximo de Viseu

A Ecopista do Dão passa ao lado de Tondela e os extremos são Viseu e Santa Comba Dão.
Além do contato com a natureza podemos atravessar um túnel, uma ponte da autoria de Gustave Eiffel e muito património ferroviário.site_ecopista_figueiro_1275

Na opinião de Nuno Pereira é “um percurso excelente com muita natureza e muita sombra. Em família ou sozinho, mais rápido ou mais lento… é um percurso excelente.”site_ecopista_figueiro_1270

Quem quiser pode parar. Tomar um banho no rio ou uma bebida num café ao lado da pista. Por exemplo, em Figueiró, a pouco mais de 7km de Viseu, a estação de caminhos de ferro é agora onde está instalada a Junta de Freguesia.

site_ecopista_figueiro_cafe_1285

O cais de mercadorias é um café e o estacionamento dá imenso jeito a quem pretende fazer parte do percurso. “Há muitas pessoas de Viseu que fazem isso. Deixam o carro em Figueiró e depois percorrem parte da Ecopista. Noutro dia fazem outra parte… e assim sucessivamente”. Nesta parte do circuito Nuno Pereira constata maior número de ciclistas estrangeiros e atribui isso ao facto de haver um parque de caravanas em Viseu.site_ecopista_viseu_1299

O percurso próximo de Viseu também é muito utilizado para caminhadas. “Há famílias que ao final da tarde aproveitam a Ecopista para dar um passeio mais longo. O único problema é conjugar estes momentos de maior relaxe com ciclistas que vêm fazer provas de velocidade.”site_ecopista_figueiro_sinal_1279

Nuno Pereira refere-se a ciclistas que competem através de uma aplicação digital e por vezes estão na origem de acidentes apesar de o percurso não ser complexo. “Há igualmente a ter cuidado em algumas intersecções com estradas, mas de resto é um percurso suave”.Fotografia no café de Figueiró

A linha ferroviária do Dão terminou a atividade em 1998 e 20 anos depois foi inaugurada a Ecopista. O projeto é gerido pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões e a requalificação foi da responsabilidade dos municípios de Viseu, Tondela e Santa Comba Dão.site_ecopista_figueiro_placa_1272

No pavimento da pista é marcado o território de cada um deles. O piso vermelho é de Viseu, o verde é sinal que estamos no concelho de Tondela e azul pertence a Santa Comba Dão.

Nuno Pereira
Nuno Pereira

Andar sem carris na Ecopista do Dão faz parte do programa da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo