Marron em Bragança e de produtos inovadores à base de castanha

Estão agora de regresso os produtos à base de castanha fresca. Até cerveja artesanal.
Na época da castanha a gastronomia fica enriquecida e junta-se uma diversidade crescente de novos produtos. Muitos baseiam-se nos saberes tradicionais e a “montra” é a Marron, Oficina da Castanha.

No centro histórico de Bragança encontramos o primeiro espaço em Portugal especializado na castanha e que “dá abrigo” a muitos produtos tradicionais e outros novos que estão a surgir. Tem também um museu onde se destaca uma coleção de assadores de castanha.
Por isso, a Marron, Oficina da Castanha é mais do que uma loja. É também um pólo de divulgação da castanha e tem ainda um centro interpretativo.
refira-se ainda que está na região em Portugal onde se produz mais castanha e o fruto (ou semente) faz parte do ciclo alimentar das comunidades locais.

Muitos desses produtos e técnicas de transformar a castanha podemos descobrir na Marron, “as compotas, os doces, uns mais artesanais do que outros. Os da região feitos à moda antiga. As bolachas de castanha são também feitas de forma artesanal, madalenas, o bolo fofo… tudo isso é feito de forma tradicional”.
A descrição é de João Campos que gere a Marron e é um entusiasta do aproveitamento da castanha que, até agora, baseia-se quase exclusivamente em produção artesanal.
Este é um dos motivos porque alguns produtos só agora os conseguimos encontrar, quando surge a castanha fresca. Ou por não existirem recursos ou porque as pessoas não querem recorrer a castanha congelada esses produtos acabam por ser sazonais.

Têm também surgido novos produtos e João Campos diz que a sua Marron tem funcionado como impulsionadora. “Dou o exemplo do chá da folha de castanheiro. Era um chá de Bragança e de outros concelhos de Trás-os-Montes. As pessoas usavam para curar constipações e aliviar a tosse. Mas não havia esse produto embalado. Hoje já temos em saquetas. Quando abrimos o espaço, em Março de 2019, só os nossos vizinhos espanhóis tinham castanha em calda. Castanha cozida e guardada em frascos de vidro com canela e baunilha. Hoje já temos isso feito por um produtor artesanal de Macedo de Cavaleiros.”

João Campos acrescenta outros exemplos, como “compotas de castanha e limão, como temos da aldeia de Varge ou de castanha e jeropiga, bolachas de castanha pouca gente fazia e hoje temos uma fornecedora de Chaves que faz também bolacha de castanha com canela, com azeite ou com mel. Tudo muito artesanal e com muito sabor.”
A oferta de novos produtos com saberes tradicionais tem aumentado e vai ao encontro das preocupações com a qualidade dos alimentos, até porque “tudo o que leva farinha de castanha acaba por ser um pouco mais saudável porque não tem glúten. Essa é a grande mais valia da castanha enquanto alimento saudável.”

Apesar de haver um maior interesse pelo valor económico da castanha João Campos refere que há muito para fazer. “Temos a produção artesanal, os licores feitos de forma caseira, cerveja de castanha da zona de Carrazedo de Montenegro com muita projeção e qualidade. Falta-nos a transformação mais refinada. O que pode ser industrial ou semi industrial. Como por exemplo o marron glacé”.
É um produto de excelência. Com tradição em Itália e França. “Os espanhóis seguiram o exemplo há 30 anos e os portugueses ainda não o produzem”

É um lamento porque é divinal e não é fácil de encontrar. É um dos produtos com mais sucesso nas lojas física e online da Marron.

Deliciados com o sabor do marron glacé descemos agora ao piso do centro interpretativo. Através de painéis e écrans interativos descobrimos o universo da castanha no mundo e em particular em Portugal. Encontramos informação detalhada sobre a apanha e transformação de castanha, as propriedades nutricionais, receitas, galerias de imagens… no entanto, o que desperta mais a atenção é “uma coleção de assadores de castanhas. Neste momento, já tem mais de 30 peças de várias zonas do país.
Há também exemplares de Itália França e Espanha.” E, claro, castanhas e ouriços para ver e tocar.

Em muitos restaurantes de Trás-os-Montes esta é também a altura onde se encontra uma grande variedade de pratos com castanha.

Marron em Bragança e de produtos inovadores à base de castanha faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.