Ai que vou cair ao mar! A ilusão das fotos que está a ser um sucesso na serra da Arrábida

A rampa de madeira para voo livre conquistou rapidamente o estatuto de um dos lugares mais procurados da serra da Arrábida. É permanente o vai vem de jovens que vão tirar fotografias na rampa e que cria a ilusão de que vamos cair no mar de uma altura aterradora.

No ultimo mês tivemos duas passagens pela rampa. Sempre com gente e com o mesmo ritual: pessoas deitadas na estrutura de madeira a olhar para a objectiva, com uma posse de riso ou de simulação de muito medo.

A rampa é utilizada para Asa Delta entre Outubro e Abril e recentemente foi popularizada através da redes sociais.

Vemos fotos com as mais diversas poses. Corpos deitados na rampa de braços estendidos e as mãos firmes na madeira, como se estivessem suspensos, outras vezes agarrados à mão do companheiro que sustém a queda. Há outras poses menos dramáticas. A contemplar a paisagem, a namorar, grupos e até pessoas com bicicleta.

É dos lugares mais visitados da Arrábida. “É muito popular, muita gente costuma vir aqui. Pessoas que vão a Setúbal depois passam por aqui para tirarem fotos por causa da ilusão de óptica.” O testemunho de um grupo de jovens revela um dos percursos preferidos de muitos visitantes.

A Inês, Mafalda, Filipa e Pedro, costumam passear de mota na serra. Por vezes vão ver o pôr do sol e em outras ocasiões vêm aqui tirar fotografias “ficam fantásticas.

Como a rampa é inclinada conseguimos apanhar um bom ângulo, parece que estamos a cair. É fácil de conseguir o efeito.”

A rampa terá cerca de uma dezena de metros de comprimento. O primeiro patamar não tem qualquer desnível, mas depois é acentuado.
A estrutura está suspensa a um metro do solo e cria a ilusão de estarmos suspensos na ravina e no mar.

O lugar tem uma vista soberba e fica ao lado de um miradouro. Depois das fotografias muitos visitantes aproveitam a vista para Setúbal, Troia, Portinho da Arrábida e o oceano que se funde com o céu.

“Aqui o que se destaca na paisagem são as cores do céu. Não dá para se perceber onde o mar e o céu se dividem. Os diversos tons de azul. É muito bonito.”

O miradouro e a rampa ficam à beira da estrada N.379-1.

Ai que vou cair ao mar! A ilusão óptica que está a ser um sucesso na serra da Arrábida faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.