O fascinante pôr do sol no miradouro do Cabo Espichel

O Cabo Espichel é fascinante. É um dos lugares mais procurados no Parque da Serra da Arrábida. O seu encanto combina a paisagem, o mistério, a monumentalidade e, ao final do dia, o pôr do sol.

O horizonte é amplo e as muitas pessoas que costumam vir aqui contemplar o crepúsculo têm várias opções.
Junto à ermida da Memória, próxima da ravina, e a vista do oceano é partilhada com as luzes da área metropolitana.
Outra possibilidade é no miradouro que está no interior do santuário, próximo da igreja da Senhora do Cabo.

Outra opção é no lado do farol. É brutal e exige cuidado porque estamos junto às enormes ravinas. Parece que estamos suspensos sobre o mar.
As encostas ficam douradas com o brilho do sol e acentuam o contraste com a espuma branca.

“O pôr do sol aqui é sempre magnifico. É fantástico. Acabámos o trabalho e vimos aqui recarregar energias. Vivemos em Fernão Ferro e aproveitamos sempre um pouco do nosso tempo para vir aqui ver o pôr do sol.”
O testemunho é de Carina e Igor que já estavam de regresso ao parque de estacionamento.

Nesta parte do cabo Espichel o horizonte é rasgado, as cores fundem-se.
A luz cintilante do farol reforça o enquadramento marítimo e, no outro lado, a penumbra da igreja salienta a paisagem natural.
O património edificado também ajuda a contemplação e “fica mais bonito. Estávamos a comentar que deviam ter outra atenção com o património. Tem muito potencial mas esta parte está um pouco esquecida”.
Carina refere-se a algumas construções do santuário que aguardam uma revitalização.

A usura do tempo acentua a perspectiva inóspita do lugar perante as adversidades do frio e do vento.
Este é um dos motivos porque, em particular fora do Verão e ao final da tarde, convém levar um agasalho. Por outro lado, é preciso escolher um dia com céu limpo.

Convém também levar uma maquina fotográfica ou telemóvel. É um cenário natural para fotografias “e nós também tiramos sempre uma foto”.

Carina e Igor

Carina e Igor têm por hábito partilhar as fotos das viagens numa página no Instagram umcontodeviagens
Para várias perspetivas de fotografia o Cabo Espichel e o santuário oferecem excelentes oportunidades. Só a igreja, de costas para o oceano, não tira partido da paisagem.
No entanto, oferece-nos um excelente enquadramento do terreiro, limitado pelas antigas hospedarias onde pernoitavam os peregrinos que começaram a afluir ao santuário a partir do século XV.

O fascinante pôr do sol no miradouro do Cabo Espichel faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.