Kompong Phluk – o maior lago de água doce da Ásia

Kompong Phluk é Ásia. Calor, água, pessoas em contextos difíceis a lutarem pela sobrevivência e a deslumbrante beleza natural conjugada com o engenho humano.   Kompong Phluk é um pequena cidade, com várias aldeias em redor, no lago Tonlé Sap, o maior reservatório de água doce do sudoeste asiático e onde vivem cerca de 3 milhões de pessoas. Kompong Phluk fica a pouco mais de 20km … Continue a ler Kompong Phluk – o maior lago de água doce da Ásia

Angkor: o que “o génio humano pode conceber”

Os templos de Angkor são fascinantes. Um património histórico construído pelo homem tão espetacular que talvez tenha apenas comparação com Petra, na Jordânia No plano religioso não há igual. São tão deslumbrantes como a sua história que foi inicialmente registada por um frade português para quem este é ponto máximo do génio humano. António da Madalena andou por aqui em 1586 que ditou para o … Continue a ler Angkor: o que “o génio humano pode conceber”

Vietname

O Vietname dos filmes já não existe, se é que alguma vez existiu. O povo é muito afável, hospitaleiro, com gente de todas as proveniências e até se nota uma aculturação ao ocidente. Há uma diferença muito grande entre os espaços urbanos e o mundo rural. As cidades preservam o bom gosto colonial francês e o mundo rural mantém o quotidiano secular. O que ver: … Continue a ler Vietname

Vamos casar em Hanói

Hanói tem mais influência chinesa do que Saigão. É mais fria, distante, mas tem também os seus encantos e, em comum, o divertido e enervante problema de como se atravessar as passadeiras de peões. O conflito e as guerras parecem esquecidos e a zona nobre da cidade é ocupada por um  grande lago, Hoan Kiem, tranquilo e cenário para inúmeras fotografias românticas. Todos os dias … Continue a ler Vamos casar em Hanói

Como atravessar a rua em Saigão?

A cidade chama-se Ho Chi Minh mas Saigão é um nome com mais história e que continua a ser utilizado, mesmo pelos locais. Segunda abordagem: como atravessar a rua, mesmo na passadeira para peões? Esta é uma pergunta feita pela maioria dos turistas quando se confrontam com este simples problema. Na verdade, não é fácil. Para atravessar a passadeira, se estiver um polícia próximo e … Continue a ler Como atravessar a rua em Saigão?

Japão

Japão – 1993 Durante o dia verificava-se um grande frenesim na cidade. Muitos carros e viadutos contornavam prédios enormes. Muita gente pelas ruas, essencialmente próximo das paragens de metro. No entanto, em algumas partes, o sossego era quase total. Pequenos parques ou jardins. À noite era mesmo possível ouvir cigarras. O maior problema foi a orientação. 
A metrópole é tão grande, e na quase totalidade urbanizada … Continue a ler Japão

Coreia do Sul ainda tem o Paralelo 38

Visitei a Coreia do Sul em 1993. Numa visita de trabalho, como jornalista. Seul é uma cidade com muito calor e trânsito. Perde-se imenso tempo em filas. Prédios enormes servem de referência no meio de um ambiente difícil de decifrar.
 A paragem seguinte foi no Palácio Presidencial, Cheongwadae Um espaço calmo, fora do frenesim da cidade. Um vasto jardim e o palácio com o tecto … Continue a ler Coreia do Sul ainda tem o Paralelo 38