A pastora Zulmira nos passadiços da Ribeira das Quelhas sabe quem não cumpre a promessa

Zulmira costuma andar com um rebanho de cabras no alto da serra da Lousã, nos passadiços da Ribeira das Quelhas, no concelho de Castanheira de Pera. Numa paisagem deslumbrante, mas por vezes é ela a fotografada. Dizem que não publicam nas redes sociais mas ela descobre quem falta à promessa. Prometi à senhora Zulmira, por…

Ler Mais

Roteiro na Lousã por Pera e Coentral até Santo António da Neve

Na serra da Lousã temos dois pontos altos que são irmãos gémeos. Trevim e Santo António da Neve. Praticamente à mesma altura, não muito distantes, mas com um vale profundo a separá-los e também a intervenção humana. O Trevim e Santo António da Neve identificam-se facilmente devido às antenas. No Trevim o baloiço direciona a…

Ler Mais

“A relíquia” do Penedo C’abana e de um dos mais bonitos miradouros do Mondego

São vários os penedos, mas o que abana está parcialmente assente numa laje granítica e tem uma placa a recomendar onde se deve fazer força com as mãos. É um exercício individual ou em grupo e o resultado parece o mesmo. Junte-se o fantástico miradouro para o rio Mondego e tem um lugar fantástico para…

Ler Mais

O delicioso Monstro das Bolachas

O Monstro das Bolachas está escondido na serra de Sicó, próximo do lugar de Poios.Uma escarpa calcária no topo da encosta é a casa do monstro. Pequenas grutas desenham o rosto na falésia de calcário. Está virado para a aldeia de Poios, no alto do monte e destaca-se em paralelo com o santuário e miradouro…

Ler Mais

Miradouro da Senhora da Estrela protegida por uma gruta

Não precisamos de chegar perto para o nosso olhar ficar cativo do Santuário da Senhora da Estrela. No início da subida, a quase um quilómetro de distância, a capela branca destaca-se no meio do abraço da frente rochosa. Uma gruta, na forma de concha, eleva-se sobre a capela que parece suspensa devido à escadaria dos…

Ler Mais

Vale das Buracas para escalar

O Vale das Buracas, no concelho de Condeixa-a-Nova, é uma obra fantástica da natureza. O enquadramento natural, as cavidades com formas diversas e algumas muito altas mais o tipo de rocha, calcário, são um forte estímulo para a prática de escalada O provável desabamento de uma parte da serra colocou à luz do dia enormes…

Ler Mais

Os passadiços da Piedade pela princesa Peralta no castelo da Lousã

Têm o nome de Passadiços da Senhora da Piedade porque ligam Cabo do Soito, próximo da  da Lousã, ao complexo turístico com o mesmo nome. É um trajeto fácil de percorrer e que nos oferece uma vista panorâmica da vila e do vale onde se encontra o castelo. É um lugar único na serra da…

Ler Mais

Paisagens pouco comuns do Alentejo nos passadiços da Serra d´Ossa

Estamos no Alentejo, mas o percurso é na Serra d’Ossa, junto à Aldeia da Serra, concelho de Redondo. O trajeto linear tem mais de um quilómetro de extensão. Segue um vale repleto de vegetação e é complementado com um passadiço. 300 degraus numa encosta escarpada. O passeio pedonal é uma breve descoberta da bonita Serra…

Ler Mais

Trilho da Barca d’Amieira com “serviço completo”

É um percurso para toda a família e atrativo para um vasto grupo de interesses. A natureza, passadiços, uma ponte pedonal suspensa, baloiços e miradouros. Nos 3,6km do Trilho da Barca d’Amieira temos muito com que nos deslumbrar. O percurso é linear. Os extremos são o cais da Barca d’Amieira, que faz a travessia do…

Ler Mais

Baloiçar no Monte Alto de Arganil

A imagem de Arganil é indissociável do santuário de Mont’Alto que está no topo de um monte sobranceiro à vila. É um cartão de visitas devido à paisagem que oferece. Agora a contemplação pode ser feita num baloiço. O santuário de Mont’Alto está a mais de 600 metros de altitude. O branco do edifício da…

Ler Mais

Baloiço do Cabeço de Montachique que espreita Lisboa

Na região metropolitana de Lisboa é um dos miradouros com vista mais ampla, que agora pode também ser disfrutada num baloiço. A vista é de 360 graus, para os visitantes e para o controlo de incêndios O acesso é fácil. Fica próximo da A8, e rapidamente damos pelo miradouro Cabeço de Montachique porque está no…

Ler Mais

Baloiço nas alturas da Pedra da Sé e com vista para o rio Mondego

A Pedra da Sé é um enorme maciço granítico com uma “varanda” natural onde colocaram um baloiço que tem uma excelente vista para o Mondego. Balouçamos próximo da falésia e o olhar perde-se no horizonte verde e azul. O Miradouro da Pedra da Sé tem a vista para o leito cheio do Mondego devido à…

Ler Mais

O baloiço do lobo em Pena Lobo

O resultado é muito feliz. Uma obra da natureza e da criatividade humana que conciliou um lago, uma paisagem com horizontes rasgados entre serras e um baloiço para apreciar a vista ao som do vento. É o lobo que deu o nome à aldeia, Pena Lobo, no concelho de Sabugal No alto de uma encosta,…

Ler Mais

A magnifica vista do Baloiço Javali em Meimão

O Baloiço Javali está no miradouro de Nossa Senhora do Pilar, onde temos uma das mais belas vistas da Beira Baixa. É na estrada que sobe a serra a caminho do Sabugal, numa pequena zona de descanso. Vemos a aldeia de Meimão rodeada de duas enormes lagoas que são parte da albufeira da barragem da…

Ler Mais

Os passadiços e mirantes do Parque do Barrocal mesmo ao lado de Castelo Branco

É interessante como estamos juntos da cidade de Castelo Branco e ao mesmo tempo sentimos uma profunda ligação telúrica e nos envolvemos num ambiente natural, quase selvagem, rude. “A crueza deste parque representa bem a crueza da região. Eu não sou de cá e o que me apaixona é precisamente isso, é muito cru e…

Ler Mais

Baloiços lilás nos passadiços do Trilho da Barca d’Amieira

Os baloiços da “Árvore Lilás” são muito mais interessantes do que sugere o nome. Fazem parte dos passadiços do Trilho da Barca d’Amieira e têm uma vista fantástica para o Tejo e para uma ponte pedonal suspensa. São baloiços um pouco kitsch. A começar pelo nome, “Baloiços Instagramáveis da Árvore Lilás”, outra situação estranha. A…

Ler Mais

Desconfinar no Baloiço dos Amigos de Santa Cristina

Baloiçamos em silêncio, rodeados de árvores e com vista para a serra do Bussaco e a aldeia de Santa Cristina, no concelho da Mealhada. A estrutura do baloiço e a decoração em redor são um testemunho de superação de crises que nos batem à porta. Agora o importante é baloiçar. O Baloiço dos Amigos de…

Ler Mais

“Sentar e sentir” o Tejo no Baloiço Bico da Goiva

O enquadramento natural provoca de imediato uma reação de deslumbramento. Uma estrada de terra batida acompanha num quilómetro e meio a Vala Real e termina num bico de terra, o Bico da Goiva, e o movimento do olhar é acompanhado pelo balouçar para o Tejo. “Sentar e sentir” é o que está escrito no assento…

Ler Mais