As dunas na Casa Carlos de Oliveira

Estamos numa pequena assoalhada da Casa Carlos de Oliveira. Entre livros e mobiliário que pertenceram a um dos mais notáveis escritores portugueses do século XX. Quando nos sentamos em frente da velha máquina de escrever imaginamos partilhar o prazer da escrita. Também o relato de vivências, conforme escreveu o próprio Carlos de Oliveira “de uma…

Ler Mais

Visita nocturna às gravuras do Vale do Côa

Junta-se uma experiência invulgar, a visita nocturna às gravuras rupestres do vale do Côa, com a linda paisagem das amendoeiras em flor. O destino é Penascosa, no concelho de Vila Nova de Foz Côa e percorre-se durante meia dúzia de quilómetros uma estrada que circunda encostas das serras decoradas com as cores vivas das flores…

Ler Mais

Amendoeira de Castelo Rodrigo

As amendoeiras em flor dão um forte colorido branco e rosa ao concelho de Figueira de Castelo Rodrigo. Esta é uma época especial, com muitos visitantes e várias iniciativas no âmbito da festa Rainha das Amendoeiras em Flor que vai até 17 de Março. Há passeios a alguns locais com muitas amendoeiras como por exemplo entre…

Ler Mais

Miradouros das sete irmãs

Mais próximos do céu, mais próximos da graça divina. De uma forma simples é um pouco esta a explicação para um número considerável de capelas no alto dos montes. Em alguns casos são locais de culto desde a pré-história e chegam ainda aos nossos dias como lugar de promessas e romarias. Nos restantes dias cumprem…

Ler Mais

1000 diabos em Vinhais

A organização assegura 1000 diabos à solta em Vinhais. Mas vão andar mais, ao principio da noite de Sábado, 9 de Março. O ritual tem a ver com a quarta-feira de cinzas em que a morte sai à rua. Em algumas terras do Nordeste transmontano é o fim das festas de inverno. É uma tradição…

Ler Mais

As rendas do Entrudo de Vilar de Amargo

Se tem um pedaço velho de renda em casa temos uma sugestão. Faça uma máscara vá até Vilar de Amargo queimar o entrudo e saborear o caldo das viúvas. É no Sábado de carnaval e é a terceira edição do retomar de uma tradição muito antiga e que tinha acabado por desaparecer. O ritual era…

Ler Mais

A vaca ou Salazar na origem do carnaval luso-brasileiro da Mealhada

O carnaval da Mealhada teve sempre uma forte critica social e foi uma marca que ganhou tradição. No entanto, o carnaval  deu uma grande volta em 1971. Foi neste ano que começou a fase actual do Carnaval Luso-Brasileiro da Bairrada. Curiosamente tudo se deve à Santa Ana, à determinação de um militante comunista e à morte…

Ler Mais

O maior festival de teatro popular do mundo é o carnaval da Terceira

O carnaval da ilha Terceira, segundo um estudioso local, é o maior festival de teatro popular do mundo. Participam habitualmente mais de 600 pessoas. Não é desfile, não é samba, não é máscaras. É dança, é coreografia, é teatro. Não há igual. Grupos amadores criam um enredo. A maior parte são de comédia ou satíricos.…

Ler Mais

Chocalhar com os Caretos de Podence

O Entrudo em Podence não é um carnaval qualquer. Em primeiro lugar é o carnaval chocalheiro. A festa é dos caretos e estão registados na lista nacional do Património Imaterial e na UNESCO deu entrada uma candidatura para salvaguarda como Património da Humanidade. Independentemente do reconhecimento internacional no Nordeste transmontano todos conhecem o grupo Caretos…

Ler Mais

O museu dos milagres de Perafita

Perafita é terra de milagres e o primeiro que foi registado terá ocorrido no século 17. Quase todos estão registados e ilustrados no Santuário, como se fosse um museu dos milagres. Mas primeiro vamos à Capela do Senhor do Monte que está no alto da encosta, junto ao Calvário. Para se visitar pede-se a chave…

Ler Mais