Parabéns ao MIAT –  Museu Industrial e Artesanal do Têxtil em Mira de Aire

Faz hoje dois anos que foi inaugurado o MIAT, Museu Industrial e Artesanal do Têxtil, em Mira de Aire. O acervo leva-nos a uma região que há cerca de um século era um dos maiores polos da indústria têxtil em Portugal. A tradição dos lanifícios é de vários séculos, em particular na produção de mantas…

Ler Mais

As janotas Mantas de Minde

As mantas de Minde são muito mais do que um produto têxtil. Fazem parte da história de vários séculos de uma comunidade que vive num vale pobre entre as serras de Aire e Candeeiros.São o ícone de uma cultura de sobrevivência que até os levou a criar uma fala secreta, o minderico. Mafalda Menezes, tecedeira…

Ler Mais

Rota da lã – seguir o fio de um novelo com nove séculos de história na Covilhã

A Rota da Lã leva-nos a descobrir um património fabuloso associado à produção de lanifícios e que tem a Covilhã como epicentro. Manufatura, indústria, saberes que, por exemplo, anteciparam a programação de computadores e a beleza natural da serra da Estrela. O roteiro conjuga uma grande diversidade de património. Em primeiro lugar as paisagens da…

Ler Mais

FIMFA –  um festival de marionetas, robots e muita imaginação

Objetos que ganham vida e absorvem a nossa alma, robots bailarinos, marionetas de ficção científica, formas futuristas… São inúmeras as formas e histórias que nos vão contar no decorrer do FIMFA, Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas, que está a decorrer em Lisboa e termina a 5 de Junho. A 22ª edição do FIMFA…

Ler Mais

Luís Correia Carmelo – uma concertina de histórias para contar

A voz de Luís Correia Carmelo é suave, melódica, com pronuncia do Brasil. A presença junto da audiência é segura, calma e um ligeiro sorriso que se espelha no olhar acentua o prazer de contar histórias. O encanto é maior quando a comunicação com o público é também feita com uma concertina. Luís Correia Carmelo…

Ler Mais

Rita Sales – a contadora de histórias onde a rua é o seu palco

Rita Sales semeia e colhe histórias para as contar e preservar na tradição oral, em particular nas ruas de aldeias e lugares do concelho de Mértola. É a própria Rita Sales que começa por contar a sua história, o seu percurso profissional: “sou artista, contadora de histórias e o que eu mais gosto é de…

Ler Mais

Bichinho de conto – uma livraria muito especial

O Bichinho de Conto alimenta-se da imaginação, de livros que viajam de geração em geração e em geografias muito distintas. É a primeira livraria portuguesa especializada em literatura infantil e encontra-se num lugar isolado próximo de Óbidos. O projecto começou em Lisboa, mas Mafalda Milhões e Pedro Maia quiseram mudar de vida e iniciar uma…

Ler Mais

Miradouro da Mundet com vista para a bonita baía do Seixal até Lisboa

Um miradouro com uma vista ampla e magnifica para a bonita baía do Seixal e para a história de uma das maiores fábricas de cortiça do mundo. Hoje faz parte da renovação de um amplo espaço urbano no Seixal que junta espaços museológicos e desportivos com zonas de lazer. O miradouro fica numa zona verde…

Ler Mais

Forte Velho do Outão: ao abandono e com um dos melhores miradouros do estuário do Sado

Um dos lugares mais surpreendentes da serra da Arrábida é o Forte Velho do Outão. Uma antiga instalação militar, com uso até algumas décadas atrás, está ao abandono, vandalizado e tem terraços com vistas magnificas para Troia e o estuário do Sado. Os grafitis nas paredes do forte contrastam com a beleza natural da paisagem…

Ler Mais

Monsanto – na “aldeia mais portuguesa” hoje há marafonas e o pote cai das muralhas  

Hoje é dia de mandar o “pote” para o fundo das muralhas do castelo de Monsanto. Uma mulher leva um pote à cabeça com um enorme ramo de flores. Faz a pé a subida ingreme até ao castelo e do alto de uma muralha lança o ramo para uma queda vertiginosa. É uma tradição que…

Ler Mais

Descobrir o Azinhal e outros Caminhos Contados no concelho de Mértola

Caminhar, ouvir histórias, interagir com a comunidade local e descobrir lugares escondidos do concelho de Mértola é o propósito dos Caminhos Contados. Este domingo o percurso é ao Azinhal. São sete percursos performativos, preparados por um guia, Pedro Faria Bravo, e uma atriz, Rita Sales, e tem o encanto de histórias recolhidas nestes locais no…

Ler Mais

Cais palafítico e do pôr do sol no Samouco

A praia e o cais de Samouco formam um refúgio que nos remete para um ambiente natural, mesmo em frente de Lisboa. A azáfama de quem anda na apanha de moluscos bivalves faz esquecer a antiga rotina do transporte de produtos agrícolas para Lisboa. Ao final do dia o pôr do sol oferece-nos um olhar…

Ler Mais

Castelo e portados quinhentistas em Castelo Branco

O castelo no alto da colina é um excelente miradouro para a cidade. Percorrer as ruas ingremes na parte histórica é descobrir uma cidade escondida, com a população envelhecida e com um património muito variado. Desde casas apalaçadas aos portados quinhentistas. O frio e a robustez do granito marcam toda esta zona da cidade. É…

Ler Mais

Ao pôr do sol o Tejo também fica Arripiado

Arripiado, no concelho da Chamusca, deve o nome a uma lenda do castelo de Almourol, vizinho da aldeia,  que tem como tema de fundo um enamoramento. De certa forma, essa paixão encontra correspondência na beleza do Arripiado a espelhar-se no Tejo. Uma paisagem deslumbrante. O casario branco desce a encosta com um declive acentuado. As…

Ler Mais

Alfredo Cunha “um fotógrafo humanista”

Alfredo Cunha é um dos mais reputados fotógrafos portugueses. O seu olhar captou muitos momentos que fazem parte da nossa memoria colectiva. São exemplo algumas fotografias da revolução do 25 de Abril. Os 50 anos de carreira de Alfredo Cunha como fotógrafo estão na origem de uma exposição que pode ser vista na Casa da…

Ler Mais

Convento dos Capuchos em Sintra: a apologia serena da pobreza, obediência e castidade

Uma visita ao Convento dos Capuchos em Sintra é uma viagem surpreendente no tempo e na descoberta da tenacidade humana. São cinco séculos que nos transportam para um universo que, praticamente, se encontra nos antípodas dos valores agora dominantes: pobreza, obediência e castidade. “A pobreza franciscana”. O Convento dos Capuchos é também o testemunho de…

Ler Mais

No Convento da Arrábida descobre o que é a “pobreza franciscana”

O Convento de Santa Maria da Arrábida tem uma área de 35 hectares e um património fabuloso que leva vários dias a descobrir. Por isso, vamos ter dois pontos de referência que, ao mesmo tempo, cruzam o olhar do presente e do passado, até 1542, quando foi o convento foi fundado por frei Martinho de…

Ler Mais

Quer saber se vai casar? o Menir dos Namorados responde

Mandamos de costas uma pedra e marcamos no calendário a data de casamento. É uma imagem que sintetiza a relação com o Menir ou Rocha dos Namorados. Uma forma divertida de evocar um ritual pagão associado à fecundidade que as mulheres solteiras realizavam na segunda-feira de Páscoa em S. Pedro do Corval, concelho de Reguengos…

Ler Mais