Convento dos Capuchos em Sintra: a apologia serena da pobreza, obediência e castidade

Uma visita ao Convento dos Capuchos em Sintra é uma viagem surpreendente no tempo e na descoberta da tenacidade humana. São cinco séculos que nos transportam para um universo que, praticamente, se encontra nos antípodas dos valores agora dominantes: pobreza, obediência e castidade. “A pobreza franciscana”. O Convento dos Capuchos é também o testemunho de…

Ler Mais

No Convento da Arrábida descobre o que é a “pobreza franciscana”

O Convento de Santa Maria da Arrábida tem uma área de 35 hectares e um património fabuloso que leva vários dias a descobrir. Por isso, vamos ter dois pontos de referência que, ao mesmo tempo, cruzam o olhar do presente e do passado, até 1542, quando foi o convento foi fundado por frei Martinho de…

Ler Mais

Os tapetes de flores que dão cor à fé na Páscoa de Sardoal

Os rituais da Páscoa no Sardoal têm particularidades únicas. Congrega a intensa fé, a beleza de tapetes de flores e as procissões como criação cénica, em particular a Procissão dos Fogaréus, na quinta-feira santa. Os tapetes são feitos de flores que as pessoas vão apanhar no campo. São peças grandes e coloridas. Os desenhos são…

Ler Mais

O novo e bonito Trilho Panorâmico do Tejo

O Trilho Panorâmico do Tejo foi inaugurado no final de Fevereiro e é um percurso que oferece vistas magnificas quase sempre ao lado do rio. Uma das mais espectaculares é junto ao castelo de Almourol. São 11,5 km entre Constância e Vila Nova da Barquinha e o percurso oferece-nos paisagens urbanas, como por exemplo no…

Ler Mais

Estamos na época das enguias

Esta é a época mais procurada para as enguias fritas ou em ensopado. São pratos tradicionais em vários concelhos ribeirinhos do Tejo e por esta altura organizam eventos gastronómicos com as enguias como prato principal. Em Salvaterra de Magos, no Cais da Vala podemos encontrar um ou outro pescador com as enguias no final da…

Ler Mais

Visita guiada ao espetacular miradouro do Pilar7 da Ponte 25 de Abril

É um pilar de emoções. Mesmo antes de chegarmos ao tabuleiro da Ponte 25 de Abril, no interior de uma plataforma suspensa de vidro. Todo o percurso nos remete para sensações que, em muitos casos, correspondem às previstas pelo arquiteto António Borges quando concebeu o projeto de arquitetura. Quando chegamos à base do pilar 7…

Ler Mais

Levantei-me do Chão inspirado no romance de José Saramago

Levantei-me do Chão “é um espetáculo concerto” da autoria de Carlos Marques. É uma interpretação do livro de José Saramago, Levantado do Chão. O espetáculo é andarilho e está em cena este Domingo no Teatro Curvo Semedo, em Montemor-o-Novo. Carlos Marques, actor, contador de histórias e músico, criou um personagem no livro Levantado do Chão.…

Ler Mais

Rota Memorial do Convento: “Era uma vez a gente que construiu esse convento”

A Rota Memorial do Convento tem 58 km de extensão, atravessa os concelhos de Lisboa, Loures e Mafra. Passa por monumentos classificados e pontos geográficos que confluíram para a construção do palácio nacional de Mafra. Um convento, um paço real, uma basílica e uma tapada. “Era uma vez um rei que fez promessa de levantar…

Ler Mais

Centenário do nascimento de Nuno Teotónio Pereira – um dos mais relevantes arquitetos portugueses

Nuno Teotónio Pereira faria ontem, 30 de Janeiro, 100 anos. Nasceu em 1922 e faleceu a 20 de janeiro de 2016. Foi um dos notáveis arquitetos portugueses. Marcou a renovação e modernidade da arquitetura em Portugal em meados do século passado. Nuno Teotónio Pereira afirmou-se contra o formalismo e o tradicionalismo. Mesmo a nível político.…

Ler Mais

O difícil equilíbrio da Capela Santo Antão em cima de um penedo

Na próxima segunda feira assinala-se o dia de Santo Antão, conhecido também por vários cognomes como o Grande ou o Eremita. Também é o protetor dos animais e no concelho de Tábua há uma capela singular na aldeia que tem o mesmo nome do santo. Santo Antão não é apenas o protetor dos animais. Deve…

Ler Mais

A pastora Zulmira nos passadiços da Ribeira das Quelhas sabe quem não cumpre a promessa

Zulmira costuma andar com um rebanho de cabras no alto da serra da Lousã, nos passadiços da Ribeira das Quelhas, no concelho de Castanheira de Pera. Numa paisagem deslumbrante, mas por vezes é ela a fotografada. Dizem que não publicam nas redes sociais mas ela descobre quem falta à promessa. Prometi à senhora Zulmira, por…

Ler Mais

A estrela de Grandella nas escolas em Foz do Arelho

Duas das cinco escolas primárias mandadas construir por Francisco Grandella estão próximo da Lagoa de Óbidos, no concelho de Caldas da Rainha. Uma em Nadadouro, outra na Foz do Arelho. Destacam-se facilmente pelas quatro colunas sobrepostas por um frontão na fachada do edifício e com uma estrela de 5 bicos. A estrela é uma marca…

Ler Mais

As surpreendentes ruínas do Sanatório Albergaria próximo de Lisboa

As ruínas do Sanatório Albergaria provocam um misto de fascínio e intriga porque o edifício nunca foi acabado. Está adormecido numa encosta do monte do Cabeço de Montachique, próximo de um excelente miradouro com um baloiço, na freguesia de Lousa, concelho de Loures. Do miradouro ou da estrada temos uma vista geral e dá para…

Ler Mais

Pastelaria regional de Viseu: dos Viriatos às Rotundinhas

É um roteiro muito doce pela região de Viseu e o guia é um mestre, o pasteleiro José Carlos Ferreira, afamado pela sua criatividade, receitas que transformou e até três registos no livro do Guiness: maior pão com chouriço, maior broa Trambela e o maior bolo de aniversário. José Carlos Ferreira tem no seu curriculum…

Ler Mais

Doçaria regional do Ribatejo: vamos provar as Broas de Almeirim

As broas de Almeirim são pequenas, ovais, de cor acastanhada, com um ligeiro brilho e destaca-se meia amêndoa incrustada na parte superior. O sabor é suave, com predominância do mel, canela e erva doce. Um dos locais onde se produzem e se podem comprar as broas de Almeirim é na padaria de Dona Emília também…

Ler Mais

Beber pela cavaca

A cavaca é um doce tradicional onde domina a calda de açúcar. A textura permite que em algumas romarias na região de Viseu seja utilizado como recipiente para se beber vinho. As cavacas tradicionais da região de Viseu são grandes, com um formato irregular e o ponto comum é serem arredondadas. Diz o pasteleiro José…

Ler Mais

Vamos às compras no ponto mais alto de Portugal continental

A Torre, o lugar mais alto de Portugal continental, foge à ideia habitual de um lugar ermo. Pelo contrário, é de fácil acesso, por estradas alcatroadas, fica num planalto, tem uma rotunda e até dois centros comerciais. Podem construir torres ou arranha céus, mas nenhum centro comercial alcança a altitude do da Torre, na serra…

Ler Mais

O maior presépio português está na Basílica da Estrela em Lisboa

O maior presépio português tem quase 500 peças e a maioria são da autoria do notável escultor português Machado de Castro, que viveu no final do século XVIII e inicio do século XIX. O conjunto está numa sala da Basílica da Estrela, em Lisboa, escondida atrás do túmulo de D. Maria I. A rainha foi…

Ler Mais