Chãs d’Égua e de gravuras rupestres

Uma caminhada na Serra do Açor com vista para gravuras com quase cinco mil anos é a proposta do Centro Interpretativo de Arte Rupestre em Chãs d’Égua, próximo do Piódão. Há ainda um vasto património para pesquisar na serra e que abrange vários municípios. Dos trabalhos já realizados descobriu-se uma grande concentração de gravuras na zona de Chãs d’Égua. Ao todo estão identificadas cerca de … Continue a ler Chãs d’Égua e de gravuras rupestres

Foz d´Égua é um presente da natureza

Foz d´Égua é um encanto. Uma maravilha escondida na serra do Açor, a cerca de 3km do Piódão e é local obrigatório de visita. Em qualquer época do ano encanta os nossos sentidos. Na Primavera tem o colorido das giestas e de outra vegetação em flor até ao topo da encosta.No Verão é bom para refrescar na praia fluvial. Antes de chegarmos, ainda na estrada do … Continue a ler Foz d´Égua é um presente da natureza

Roteiro Renascer no concelho de Arganil

Arganil foi um dos concelhos mais fustigados com os incêndios do ano passado mas está a recuperar e tem um excepcional património natural, edificado e cultural para oferecer. A maior dificuldade é escolher. O postal ilustrado é o Piódão e não precisa de muitas apresentações. O traço das casas de xisto e telhados em lousa, a subir a serra do Açor é imagem que não … Continue a ler Roteiro Renascer no concelho de Arganil

O Roteiro Renascer do Presidente da República

Marcelo Rebelo de Sousa sugere um passeio de fim de semana pela Região Centro com paragens em aldeias históricas e de xisto. O percurso sugerido pelo Presidente da República abrange vários concelhos. Um dos pontos de partida é na fronteira com Espanha, no distrito da Guarda. De seguida sugere a “experiência da Serra da Estrela” e percorrer alguns lugares da Covilhã e Castelo Branco. Este … Continue a ler O Roteiro Renascer do Presidente da República

É Benfeita e única a Torre da Paz

Benfeita faz parte das Aldeias de Xisto mas é muito mais do que isso. Em primeiro lugar é caso único em todo o Mundo, com uma torre que todos os anos assinala o fim da II Grande Guerra. É a Torre da Paz. A torre foi construída em 1945 por iniciativa de Mário Mathias, jurista e natural de Benfeita. Em Abril de 1945 foi colocado … Continue a ler É Benfeita e única a Torre da Paz

A Princesa do Alva

Dão-lhe o nome de Princesa do Alva. É adequado porque o rio Alva é o coração de Côja. É o que lhe dá vida e encanto.
 Mas também há a história de um homem com um enorme coração para os mais desfavorecidos, o médico Alberto Valle. A povoação fica nas duas margens do rio e a ponte estreita e românica de três arcos permite uma … Continue a ler A Princesa do Alva

Piódão só é Presépio em época baixa

  A Aldeia Presépio perdeu algum do seu encanto porque as ruas estão cheias de visitantes. O espírito de uma aldeia isolada, histórica, inserida num belo contexto paisagístico na serra do Açor foi fortemente condicionado por hordas de turistas. De todas as aldeias de xisto, o Piódão foi, talvez, a que teve mais sucesso e isso também tem um custo. Apesar disso, o Piódão merece uma … Continue a ler Piódão só é Presépio em época baixa

A alminha de Vila Cova de Alva

  É uma alminha que separa duas povoações e que confunde a burocracia. De um lado da margem do Rio Alva está Vila Cova de Alva, no outro lado da ponte, está Vila Cova da Beira. Quem mora na Cova do Alva pertence ao concelho de Arganil, quem reside na outra margem pertence ao concelho de Oliveira do Hospital. A divisória é feita por uma … Continue a ler A alminha de Vila Cova de Alva

Foz d’Égua é um presente da natureza

Foz d’Égua é um encanto. Uma maravilha escondida na serra do Açor, a cerca de 4km do Piódão e é local de visita obrigatória. No Verão é bom para refrescar na praia fluvial, na Primavera para ver as giestas e outra vegetação em flor pela encosta acima, até a um altar de xisto. Em qualquer época do ano, para encantar os nossos sentidos através de … Continue a ler Foz d’Égua é um presente da natureza