Cantar as janeiras na serra do Caldeirão e o presépio em cortiça de Cortelha

Andar em Janeiro ao final do dia a calcorrear a serra do Caldeirão não é fácil devido ao frio. O que vale ao grupo das janeiras é que existe o hábito de oferecer doces, aguardente de medronho ou um cálice de vinho do Porto. O que mais anima o grupo de janeiras da Associação dos Amigos da Cortelha, uma aldeia do concelho de Loulé, é … Continue a ler Cantar as janeiras na serra do Caldeirão e o presépio em cortiça de Cortelha

Mario Estanislau – a arte de construir e tocar gaita de foles

A gaita-de-foles tem um som único. O fole dá magia ao ar e uma identidade inconfundível. Em Portugal há cada vez mais gente a tocar. Um processo que ganhou uma nova dinâmica há duas décadas ao reunir vários entusiastas e deu origem à Associação para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles. Um deles foi Mário Estanislau e salienta que não foi um processo fácil. “Ao … Continue a ler Mario Estanislau – a arte de construir e tocar gaita de foles

Rias que salvam animais selvagens

O RIAS é mais conhecido como um hospital de animais selvagens inserida na zona protegida da Quinta de Marim, em Olhão. A maior parte dos animais entregues para tratamento são aves feridas. Constituem cerca de 95% dos animais que dão entrada. Diz Sofia Costa que trabalha na gestão e coordenação do RIAS que são maioritariamente gaivotas, cegonhas e aves de rapina: corujas, mocho galego e algumas … Continue a ler Rias que salvam animais selvagens