A magia das Furnas

É o único sítio do Mundo onde as pessoas vivem na boca de um vulcão. É o único lugar no mundo onde se cozinha diretamente na caldeira o cozido que é um prato tradicional. A nível religioso e cultural há também uma grande relação com o vulcanismo e a sismicidade, com procissões e preces que…

Ler Mais

Santa Maria já foi ilha duas vezes

A ilha de Santa Maria é a irmã mais velha do arquipélago dos Açores. Tem cerca de seis milhões de anos, mais do dobro da idade das restantes.Tem ainda outra particularidade: foi ilha duas vezes. Por este motivo um dos elementos naturais que marcam a ilha e o Parque Natural são as diversas formações geológicas.…

Ler Mais

Faial conta a história natural dos Açores

A ilha do Faial é a síntese dos Açores. Uma vida marítima intensa com ponto de passagem na baía natural da cidade da Horta, tem crateras, enseada e, nos últimos 60 anos, a história do próprio arquipélago contada pelo Vulcão dos Capelinhos. João Melo, director do Parque Natural do Faial diz que “é a paisagem…

Ler Mais

O paraíso das Flores ou a ilha dos Amores

Camões deve-se ter inspirado na ilha das Flores para contar nos Lusíadas o mito da Ilha dos Amores. As Flores são, de facto, uma ilha paradisíaca. Muito bonita, acolhedora, com zonas selvagens, verdes e com muita água. José Eduardo, director do Parque Natural das Flores, diz que a principal marca da ilha é à água.…

Ler Mais

Parque Natural de S. Miguel: o maior e mais diverso paraíso nos Açores

A natureza criou para si um paraíso e isolou-o no meio do Atlântico. O arquipélago dos Açores é deslumbrante e uma das ilhas com maior diversidade de riqueza natural é São Miguel. O Parque Natural tem 23 áreas protegidas. Salvaguarda, por exemplo Monumentos Naturais, como a Caldeira Velha ou a Lagoa do Fogo, como também…

Ler Mais

Fábrica da Baleia do Boqueirão

A Fábrica da Baleia do Boqueirão, em Santa Cruz das Flores encerrou em 1981 e trinta anos depois, quando da musealização, foi ainda encontrada farinha de ossos no crivo do moinho que deu para encher duas sacas. César Rosa, técnico do Museu aponta para as duas sacas que ainda lá estão, junto a enormes máquinas…

Ler Mais

Museu da Indústria Baleeira de S. Roque do Pico

O Museu da Indústria Baleeira de S. Roque do Pico gera uma sensação contraditória. Por um lado a admiração pelo risco e coragem dos baleeiros. Por outro lado, consternação pela morte de inúmeros cachalotes. A indústria baleeira chegou aos Açores pela mão dos norte-americanos e muitos foram os açorianos que se sujeitaram a condições quase miseráveis…

Ler Mais

As histórias da História da ilha no Museu das Flores

O ponto mais Ocidental da Europa é na ilha das Flores. Com o Corvo ao lado as Flores tiveram uma posição estratégica ainda mais relevante nos Descobrimentos. Na fase da navegação à vela as rotas de regresso à Europa, provenientes da Índia, África ou América, faziam nas Flores um ponto de passagem. A ilha também…

Ler Mais

As estufas caiadas do ananás dos Açores

O ananás é um dos produtos mais conhecidos dos Açores e, por exemplo na ilha de S. Miguel, é frequente ver grandes extensões de estufas. Algumas são visitáveis (uma das mais conhecidas é a centenária Ananases Arruda) e revelam os segredos de uma plantação que foi introduzida no arquipélago em meados do século XIX. Onde…

Ler Mais

Museu da Cerâmica Vieira

O Museu da Cerâmica Vieira é de certa forma um museu vivo porque mostra faiança produzida com métodos tradicionais de há mais 150 anos e ao mesmo tempo podemos ver artesãos a trabalhar. Os visitantes são convidados a percorrer as instalações e acompanhar de perto todo o processo produtivo que é prolongado. Depois de moldada…

Ler Mais

Se bem me lembro de Vitorino Nemésio

Vitorino Nemésio é um dos maiores vultos da literatura portuguesa do século XX e deu a conhecer de forma apaixonada muitos dos traços culturais dos açorianos. Mesmo os que não conheceram a sua obra como poeta, romancista ou cronista de viagens e costumes, os que lhe são contemporâneos, certamente se assistiram alguma vez ao programa…

Ler Mais

O maior festival de teatro popular do mundo é o carnaval da Terceira

O carnaval da ilha Terceira, segundo um estudioso local, é o maior festival de teatro popular do mundo. Participam habitualmente mais de 600 pessoas. Não é desfile, não é samba, não é máscaras. É dança, é coreografia, é teatro. Não há igual. Grupos amadores criam um enredo. A maior parte são de comédia ou satíricos.…

Ler Mais

Colombo e a lenda das pedras rolantes da Ermida dos Anjos

A Ermida dos Anjos é muito mais do que um local de culto. É um marco no povoamento da primeira ilha açoriana que foi descoberta. É também um lugar de pagamento de promessas de Cristóvão Colombo e um santuário de lendas. Há quem diga que a Ermida foi o primeiro templo construído em Santa Maria…

Ler Mais

Uma descida ao centro da Terra na Furna de Enxofre

A sensação quando entramos na Furna de Enxofre, na Ilha Graciosa é que estamos a entrar no centro da Terra. A gruta tem quase 200 metros de comprimento e na parte central a altura é de 50 metros. O teto faz uma abobada, a maior na Europa de origem vulcânica. Há duas entradas de luz…

Ler Mais

Passeio dos Poetas na Praia da Vitória

Na cidade da Praia da Vitória anda-se na rua a descobrir poesia. Há um roteiro que é divulgado nos guias turísticos mas a maior parte das pessoas vai descobrindo passo a passo os 33 painéis de azulejos com excertos de poemas. Cada painel tem um retrato e o nome do respetivo poeta. A maioria são…

Ler Mais

O heroísmo de Angra e do Monte Brasil

Angra do Heroísmo é cidade património mundial. Foi a primeira em Portugal a ter esta distinção da Unesco mas ela, de certa forma, representa a história de todo o país nos Descobrimentos. Escala obrigatória das caravelas, Angra do Heroísmo foi ponto de confluência de culturas e o seu património resulta da vivência desta fusão. A…

Ler Mais

Colchas de S. Jorge e dos Açores

S. Jorge é conhecida como a ilha da tecelagem e as colchas de ponto alto são as mais afamadas. Estão espalhadas por todos os continentes, seguiram a diáspora açoriana e algumas têm mais de um século. As colchas continuam a ser feitas em teares manuais, em particular na Fajã dos Vimes e seguindo a tradição…

Ler Mais

O ícone da Graciosa

Os moinhos da Graciosa destacam-se entre o verde da ilha açoriana. A forma e a cor vermelha fazem destes moinhos um ícone. A cúpula vermelha que termina em bico é o elemento que mais se destaca. É também o que mais facilmente determina a sua origem europeia. Dizem que o vermelho é a cor original…

Ler Mais