Capa de Honras e da identidade mirandesa

Um dos ícones de Trás os Montes é a Capa de Honras Mirandesa. Não é uma peça de vestuário comum. Tem uma forte carga simbólica. “É uma honra ser recebido com uma capa de honras e é uma honra vesti-la. A Capa de Honras honra quem a veste e quem é recebido com ela. Honra a criança no batizado, honra os noivos no casamento, honra … Continue a ler Capa de Honras e da identidade mirandesa

Capote alentejano – um dos ícones do Alentejo

O uso do capote está de novo na moda. Ultrapassa identidades regionai, ganhou urbanidade e passagem por ruas de capitais europeias. Até o Papa já tem um. É todo branco e foi-lhe oferecido este ano pelo presidente da Câmara de Monforte. O capote deixou o exclusivo dos montes alentejanos adquiriu também novo estatuto social. “Muitos compradores são da classe média/alta. O capote abriga do frio mas … Continue a ler Capote alentejano – um dos ícones do Alentejo

As Capuchinhas da serra de Montemuro

Na serra de Montemuro uma das peças de vestuário tradicional é a capucha. Uma capa que tem um capuz, é solta e feita em burel. É ainda usada pelos montemuranos, na parte Norte do concelho de Castro Daire. Cristina Gomes, do turismo de Castro Daire refere ainda que a capucha não é apenas usada no inverno. É também no verão. A capa protege do frio … Continue a ler As Capuchinhas da serra de Montemuro

Começar de novo no New Hand Lab

Recriar, inovar, renascer. Esta é a vontade do projecto New Hand Lab que deu nova vida a uma fábrica histórica de lanifícios na Covilhã. A António Estrela – Júlio Afonso está localizada no centro histórico industrial da Covilhã, cujo eixo era a ribeira da Carpinteira que passa por debaixo do enorme edifício. No interior ouve-se a passagem da água por canais estreitos que antes eram utilizados … Continue a ler Começar de novo no New Hand Lab

Ecolã: a capa do pastor da serra da Estrela no Japão

A Ecolã é uma das fábricas mais antigas em Portugal. É a mais antiga unidade produtiva familiar certificada. Funciona em Manteigas há quase um século, desde 1925 e sempre propriedade da mesma família. O fundador foi João Claro e neste momento vai na terceira geração. A fábrica tem visitas guiadas, é uma das sobreviventes da industria têxtil nesta região da serra da Estrela que tem um produto … Continue a ler Ecolã: a capa do pastor da serra da Estrela no Japão

Burel Factory: reinventar as cores e a utilização do burel

São vários os protagonistas que contribuíram para o rejuvenescimento da industria têxtil na serra da Estrela, nomeadamente com a modernização do burel. É um tecido 100% lã e faz parte do retrato etnográfico, da capa que protege o pastor do frio. Um dos protagonistas dessa revolução foi uma fábrica de Manteigas, a Burel Factory. Nas palavras da tecelã Dina Almeida “o que nós fizemos foi … Continue a ler Burel Factory: reinventar as cores e a utilização do burel