Berlengas: não há outra praia tão natural e à noite passeia e dorme à luz da lanterna

“Ao mesmo tempo fantasmagóricas e reais, de sonho e de granito, vejo-as sempre como a primeira estação da longa via-sacra que tivemos de percorrer através do grande Oceano. Do alto do seu dorso nu, os Farilhões, que ao longe sucessivamente vão mergulhando e emergindo das ondas, lembram-me irresistivelmente uma frota alinhada e aventureira a caminhar em direção ao desconhecido.”Portugal, Miguel Torga O arquipélago das Berlengas … Continue a ler Berlengas: não há outra praia tão natural e à noite passeia e dorme à luz da lanterna

Praia Fluvial do Gameiro é um dos paraísos no Alentejo

A Praia Fluvial do Gameiro é um paraíso no Alentejo em particular nos dias quentes de Verão. A praia está inserida num parque que oferece lazer e contacto com a natureza praticamente durante todo o ano, mas é no Verão que é mais procurada. O Parque Ecológico do Gameiro é inclusivo e também a praia. Dá para todos. De várias idades, gostos, interesses e, até … Continue a ler Praia Fluvial do Gameiro é um dos paraísos no Alentejo

Praia fluvial de Valhelhas: a banhos na serra da Estrela

A caminho de Manteigas, numa das entradas da serra e já com a altitude nos 521 metros, vamos refrescar-nos no meio da natureza. A praia fluvial de Valhelhas é das primeiras a tirar proveito da frescura das águas do Zêzere. O rio aqui ainda é jovem. A nascente fica um pouco mais acima, não muito longe. Um pequeno dique agiganta o ligeiro curso do Zêzere e … Continue a ler Praia fluvial de Valhelhas: a banhos na serra da Estrela

Janeiro de Baixo entre os meandros do Zêzere

O Zêzere num dos seus meandros abraça Janeiro de Baixo. O rio pode ser visto do alto da aldeia, próximo da igreja. Temos um miradouro que revela a largura do Zêzere e que é ampla. Junto à água há uma roda de pedra que aproveitava a força motriz do Zêzere. Um caminho improvisado desce do miradouro até ao rio numa encosta que é íngreme e … Continue a ler Janeiro de Baixo entre os meandros do Zêzere