Praia fluvial de Paúl com vista para a serra da Estrela

No Paúl temos muito por onde escolher. A ribeira é pródiga em oferecer pequenos paraísos fluviais. Um deles é a cascata com piscina. O outro é a praia fluvial que está a ganhar vitalidade junto à estrada principal, a N 343-1. A praia fluvial tem um comprido espelho de água e uma das margens da…

Ler Mais

Os refúgios de Mosteiros: no Inferno ou na praia fluvial

Mosteiros, no concelho de Arronches, oferece uma cascata com piscina natural, o Pego do Inferno, e ao lado da estrada que atravessa a aldeia muitos fazem uma paragem na praia fluvial para refrescar no Verão. Viajar em dias de calor no Alentejo e encontrar um enorme espelho de água ao lado da estrada, parar e…

Ler Mais

Verdelhos tem uma das praias fluviais mais bonitas da serra da Estrela

Verdelhos, na serra da Estrela, tem duas praias fluviais. O rio Beijames oferece a primeira, magnifica, com cascatas, pouco depois da nascente. A segunda praia fluvial atravessa a aldeia. É difícil saber a que tem água menos fria. Verdelhos integra o Parque Natural da serra da Estrela, está a mais de mil metros de altitude…

Ler Mais

Pego do Inferno nos Mosteiros

A cascata do Pego do Inferno, próximo de Mosteiros, no concelho de Arronches, exprime com rigor a força da água entre blocos graníticos e a beleza de um lugar escondido. A cascata do Pego do Inferno fica num vale não muito profundo e tem vários poços de água. Está num lugar isolado e sentimo-nos num…

Ler Mais

Cascata de S. Julião é uma das mais espectaculares no Alentejo

A água cai quase a pique mais de uma dezena de metros e depois escorrega entre várias rochas escuras e alisadas pela erosão. Quase sempre escondida por denso arvoredo. A cascata de S. Julião, no concelho de Portalegre, rompe no meio de uma encosta e e o curso de água, pouco depois, fica encoberto pelas…

Ler Mais

Cascata e praia fluvial do Pego em Penha Garcia – “água corrente não mata a gente”

A cascata do Pego, em Penha Garcia, tem uma localização fantástica. Um vale profundo marcado por escarpas enormes que guardam icnofósseis e transformam a piscina num anfiteatro natural. A cascata do Pego tem meia dúzia de metros de altura e a piscina, entre rochas e muros de pedra, faz a delicia de muitos visitantes, em…

Ler Mais

O encanto “perfeito” da cascata e da piscina natural de Paul

É um anel de beleza natural e um recanto de frescura no verão com água límpida e fresca.“É uma das piscinas naturais mais bonitas que eu já vi”, disse-nos uma jovem espanhola que tinha acabado de mergulhar no “poço”. A água está sempre a correr, com a pureza e a temperatura da serra da Estrela.…

Ler Mais

A admiração da beleza natural da Cascata de Fervença tão perto de Lisboa

Tem dois nomes, Cascata de Fervença ou da Bajouca, e igual número de quedas de água. A primeira é a mais espetacular. Tem cerca de meia dúzia de metros de altura. A água passa pelos intervalos de grandes blocos de pedra e depois cai para vários patamares horizontais que formam uma escada de pedra escura…

Ler Mais

A idílica Cascata de Anços às portas de Lisboa

A Cascata Anços é um lugar idílico no concelho de Sintra. A queda de água tem cerca de meia dúzia de metros de altura e está isolada num vale cercado de vegetação. Um anel de rochas escarpadas e com vegetação densa isola-nos do resto do mundo. O som da queda de água de meia dúzia…

Ler Mais

É por estes dias que a cascata da Fórnea é mais previsível

Um anfiteatro natural, formado por um declive de 250 metros, tem no centro uma cascata imprevisível. É de aproveitar a época das chuvas, se não, tem ir à Gruta da Velha ver a nascente de água. Nas serras de Aires e Candeeiros temos algumas das mais espetaculares grutas em Portugal, encontramos paisagens áridas, muros reluzentes…

Ler Mais

É a cascata que dá vida à aldeia abandonada de Barbelote

Barbelote fica escondida na serra de Monchique, a poucos quilómetros do alto da Fóia. A aldeia com cerca de uma dezena de casas está abandonada. É acompanhada por uma ribeira que pouco depois se despenha numa enorme queda de água. Barbelote está numa encosta muito inclinada, escondida num vale profunda e envolvida por um ambiente…

Ler Mais

O nobre e belo Pego da Rainha

A lenda diz que a rainha costumava tomar banho na piscina natural debaixo da cascata e, por isso, ficou com o nome de Pego da Rainha. É merecido. O lugar é um privilégio da natureza. O Pego da Rainha está escondido num vale profundo, de escarpas de granito e cheio de árvores. Situa-se próximo da…

Ler Mais

O paraíso do Poço da Broca da Barriosa

O Poço da Broca da Barriosa é um paraíso. A envolvência já é, por si, de grande beleza, no sopé da Serra da Estrela, próximo de Vide. Quando chegamos a primeira impressão torna-se definitiva. É um lugar belo. Um testemunho partilhado por Ana Rita que ficou seduzida pelas quedas de água. “É um sítio muito…

Ler Mais

Frecha da Mizarela – a maior queda de água em Portugal Continental

Na Frecha da Mizarela o rio Caima despenha-se a mais de 60 metros de altura. A primeira queda de água é comprida, a pique, depois, desdobra-se em quedas mais pequenas. Conforme bate na escarpa o fio de água alarga-se e acentua o contraste com o xisto escuro. O barulho do embate da água domina toda…

Ler Mais

“Junto ao céu” no décimo piso do radar do IPMA e no alto da serra da Freita

Vamos andar “próximo do céu”, a mais de mil metros de altitude, na serra da Freita. Um roteiro que nos vai levar a três miradouros, dois deles com forte intervenção humana. O terceiro, na Mizarela, resulta de processos naturais. O miradouro está ao lado da Frecha da Mizarela, a maior cascata de água em Portugal, com…

Ler Mais

Poço do Inferno ao Paraíso

Chamam-lhe Poço do Inferno mas o nome não é correto. Seria mais adequado designar a cascata como Poço do Paraíso. Por vários motivos. A queda de água está isolada no meio da Serra da Estrela. Fica meio escondida entre dois blocos de rocha e está envolvida por vegetação densa que na proximidade da água é…

Ler Mais

Cascata Pedra da Ferida

A Cascata da Pedra da Ferida tem cerca de 25 metros de altura e fica na Serra do Espinhal, no concelho de Penela. Segundo Joana Forte, do Turismo de Penela, a cascata tem água todo o ano. Os visitantes podem acompanhar parte do curso da ribeira da Azenha num percurso pedestre. É num ambiente agreste…

Ler Mais

Faia da Água Alta

A cascata da Faia da Água Alta faz jus ao nome. É das mais altas em Portugal. Tem 60 metros de altura e é também uma das mais bonitas. Tem apenas um senão. A quantidade de água da ribeira de Lamoso varia muito com as chuvas e da forma como anda o tempo é melhor…

Ler Mais