A festa que mantém viva a aldeia de Colcurinho

Colcurinho, na serra do Açor, está desabitada há 7 décadas, mas todos os anos, em meados de Janeiro, o povo regressa à aldeia. Repetem o ritual de pedirem a proteção de Santo Antão. É o padroeiro local e a capela é o único edificio que não está em ruinas. A capela remonta ao século XVI, …

Ler Mais