Pedro e Inês nos jardins da Quinta das Lágrimas

Coimbra tem mais encanto na hora dos amores e das lágrimas de Inês de Castro. A lenda de Pedro e Inês marca a cidade. Entre outras referências há o Jardim Quinta das Lágrimas com as fontes imortalizadas por Luís de Camões. Relativamente próximo podemos passear pela ponte pedonal Inês e Pedro, o conjunto escultórico Sob o Signo de Inês está em frente do Jardim da … Continue a ler Pedro e Inês nos jardins da Quinta das Lágrimas

Castelo de Germanelo onde os criminosos eram livres

Germanelo é o nome de um castelo fora de prazo. Foi mandado construir por D. Afonso Henriques em 1143 para proteger Coimbra e o Mondego. Só que, o Conquistador foi tão rápido que cinco anos depois já tinha tomado Santarém e Germanelo perdeu a sua razão de ser. Entrou em decadência e desmoronou-se tal como a sua relevância. Restou parte de uma muralha que foi reconstruída … Continue a ler Castelo de Germanelo onde os criminosos eram livres

As alegres Casas da Criança Bissaya Barreto

As Casas da Criança são coloridas, com muitos mosaicos, com linhas redondas, envolvidas em espaços verdes e induzem um ambiente de vivacidade e alegria. Bissaya Barreto construiu 25 escolas na região Centro, quase todas com a mesma arquitectura, do arquiteto Luís Benavente, e com motivos nas paredes, mesas e cadeiras de aves, insectos, peixes, flores … um sem número de desenhos em mosaicos que procuravam … Continue a ler As alegres Casas da Criança Bissaya Barreto

Biblioteca Joanina – o templo dos tesouros

Uma biblioteca que parece uma igreja guarda o maior tesouro da humanidade que é o Conhecimento. É também abençoada pela natureza e graças ao contributo dos morcegos ajuda a preservar a Biblioteca Joanina da Universidade Coimbra nos últimos 300 anos. Já foi classificada pela imprensa internacional como a biblioteca mais espectacular do Mundo. O seu director, José Bernardes, é também um dos apaixonados pela biblioteca. … Continue a ler Biblioteca Joanina – o templo dos tesouros

As sés monumentais de Coimbra

Coimbra é a única cidade portuguesa com duas sés. A nível internacional são poucas as cidades com duas catedrais. Esta singularidade de Coimbra não foi por graça divina ou pressão de Roma. na verdade, o Vaticano nem sequer foi consultado. Joel Sabino, licenciado em história e guia na Sé Velha, refere que se tratou de uma decisão politica porque na sua origem está a expulsão … Continue a ler As sés monumentais de Coimbra