Casa dos Doces Conventuais de Arouca

O Mosteiro de Santa Maria de Arouca foi durante sete séculos da Ordem de Cister e exclusivamente feminino. Mesmo em frente do edifício, do outro lado da rua,  encontramos o legado doce do Mosteiro, na Casa dos Doces Conventuais de Arouca. “Comercializamos de momento sete doces conventuais. O pão de S. Bernardo, morcelas doces, castanhas doces,…

Ler Mais

Os amigos de Peniche

O roteiro é doce e com história. Envolve ingleses e os penichenses. Como estamos em Peniche o esperado é começarmos pelas sardinhas. Mas, desenganem-se, são doces. Por isso, vamos primeiro aos doces regionais que são à base de amêndoa e os mais antigos e mais vendidos são os penichenses. Diz Alberto Cruz, proprietário da Pastelaria…

Ler Mais

Popias alentejanas

Um dos doces regionais do Alentejo mais simples de fazer e que casa bem com um café ou um chá são as popias. Os ingredientes base são a habitual farinha de trigo e a massa leva um pouco de vinho branco. Tem um formato de argola. Encontramos no Alentejo com uma grande diversidade de sabores.…

Ler Mais

Lampantana “cuisine”

Em Mortágua a gastronomia vai ao forno com a História e resulta um prato mais apreciado pelo sabor do que pela veracidade do tempero. O contexto histórico são as Terceiras Invasões Francesas e a passagem no concelho de vários exércitos. “A partir de do dia 22 de Setembro de 1810 passaram as tropas francesas a…

Ler Mais

Borrachões de Medelim

De borrachões se fazem muitos lanches e corridas de miúdos na rua com um doce na mão. Pelo menos na Beira Baixa onde é um doce tradicional. Em alturas festivas partilhava a mesa com Papas de Carolo, Arroz Doce ou Farófias. Os borrachões devem o seu nome aos ingredientes, em particular bebidas alcoólicas que podem…

Ler Mais

Uma embaixada açoriana de Queijadas da Graciosa

É um doce regional em forma de estrela e hoje é um dos produtos certificados com a marca Açores e com projecção internacional. No entanto, as Queijadas da Graciosa são apenas produzidas em São Mateus, próximo da Vila da Praia e por isso são chamadas na ilha por Queijadas da Praia. Antes chamavam-se Covilhetes de Leite…

Ler Mais

Roteiro Renascer: a saborosa gastronomia

É um roteiro saboroso mas de difícil escolha devido à variedade e qualidade de pratos e de produtos tradicionais. Temos o obrigatório leitão e vinho da Bairrada e um pouco para norte o borrego da região da serra da Estrela, acompanhado de dois produtos que são também marcas regionais e aqui destacadas por João Azevedo,…

Ler Mais

O melhor pinhão do Mundo é português

O pinhão português é o melhor do mundo e talvez muitos portugueses nunca o tenham saboreado porque frequentemente é vendido misturado e a preços muito elevados. Uma das alternativas é visitar uma pequena ou média indústria de produção de pinhão, ver todo o processo de fabrico e aprender a história que vai até aos descobrimentos…

Ler Mais

Provar o inhame de S. Jorge

O inhame é uma planta que se encontra em várias zonas da ilha de S. Jorge e faz parte da dieta de muitos açorianos. Foi introduzido nos Açores com o povoamento e devido às suas propriedades energéticas rapidamente assumiu um papel determinante na gastronomia. Manuel Brasil, engenheiro agrónomo salienta que o papel do inhame foi…

Ler Mais

Verão os cuscos de Bragança

O Verão é a altura ideal para saborear os cuscos de Bragança. São uma versão local dos cus cus que os árabes trouxeram para a Península Ibérica e que cada povo adoptou a seu gosto. No concelho de Bragança os cuscos são ainda confeccionados de forma regular em quatro aldeias. Há também a particularidade de…

Ler Mais

Em Minas Gerais a gastronomia é postal ilustrado com aroma e sabor

Muitos visitantes lembram-se mais do pequeno pão de queijo do que das enormes montanhas verdejantes que marcam o Belo Horizonte. A gastronomia é uma aposta do Estado que quer juntar aromas e sabores aos roteiros turísticos. Belo Horizonte é a cidade com maior número de boteques por habitante e por metro quadrado. A vida social…

Ler Mais

Fartura de gastronomia do Brasil…e em Portugal

A Fartura Comidas do Brasil é uma das maiores plataformas gastronómicas brasileiras e fez o levantamento gastronómico a nível nacional descobrindo segredos, receitas, produtos e histórias singulares. Em breve vão estar em Portugal. Duas ideias chave marcam a ação da Fartura Comidas do Brasil: a gastronomia não é só restaurantes e chefs e por detrás…

Ler Mais

“Só falta o Presidente da República” comer no forno de Sangemil

Sangemil, ao lado de Penalva do Castelo, é terra de padeiras. Foi assim ao longo de muitos anos e com orgulho dizem que o pão do forno comunitário é de muito boa qualidade e com grande procura. O pão e a comida feita no forno. “Já passou por aqui tudo. Só falta o Presidente da…

Ler Mais