Monsanto – na “aldeia mais portuguesa” hoje há marafonas e o pote cai das muralhas  

Hoje é dia de mandar o “pote” para o fundo das muralhas do castelo de Monsanto. Uma mulher leva um pote à cabeça com um enorme ramo de flores. Faz a pé a subida ingreme até ao castelo e do alto de uma muralha lança o ramo para uma queda vertiginosa. É uma tradição que…

Ler Mais

Monsanto – salvem a Marafona!

A população de Monsanto devia fazer um apelo para a Marafona entrar nas políticas de incentivo à natalidade. Porque dizem que tem eficácia e, por outro lado, também para garantir a sua continuidade. A Marafona é uma boneca de trapos, sem olhos, nariz, boca e ouvidos (para não ver nem contar nada a ninguém, do…

Ler Mais