Museu dos Descobrimentos em Belmonte

Belmonte, a terra natal de Pedro Álvares Cabral, evoca em vários lugares da vila o descobridor do Brasil. Um deles é o panteão dos Cabrais, ao lado da capela da família e do castelo.  No entanto, a terra dos Cabrais evoca o descobridor do Brasil em mais espaços. Na rua principal está uma estátua de uma dimensão considerável de Pedro Álvares Cabral. Foi inaugurada em … Continue a ler Museu dos Descobrimentos em Belmonte

A penitência franciscana dos Terceiros

No próximo domingo, dia 8 de março, realiza-se em Ovar uma das celebrações religiosas mais relevantes da cidade. Iguais há poucas em Portugal.É a procissão dos Terceiros que em Câmara de Lobos, na Madeira, se chama de Cinzas porque se realizou na quarta-feira de cinzas. Na Ribeira Grande realizou-se no domingo passado. Na cidade açoriana da ilha de S. Miguel tem o nome de Senhor … Continue a ler A penitência franciscana dos Terceiros

A moda e os amores no Museu de Serra d’ El-Rei D. Pedro I

O amor lendário é evocado no Museu Serra DÉl-Rei D. Pedro I.É uma instalação pequena mas acrescenta algumas leituras à lenda de D. Pedro e Inês de Castro que remonta ao século XIV, quando o Justiceiro, ou o Cruel, andou por aqui. “Desenvolvemos este projeto que visa divulgar a história e a nossa identidade.O Museu aborda a passagem de Inês e a residência de D. … Continue a ler A moda e os amores no Museu de Serra d’ El-Rei D. Pedro I

Museu João Mário e da pintura figurativa

O Museu João Mário em Alenquer tem cerca de 800 obras em exposição e muitas delas são de pintores relevantes nacionais e estrangeiros, além de pinturas do próprio João Mário. Há um traço comum e é impositivo. Todas as pinturas têm de ser figurativas. “Nos últimos anos este tipo de pintura está um pouco posta de parte e não tem grande atenção de organismos oficiais. … Continue a ler Museu João Mário e da pintura figurativa

O Museu de Arte Sacra de Arouca e da monja que escondeu as peças

O Museu de Arte Sacra do Mosteiro de Santa Maria de Arouca é um dos mais relevantes em Portugal. Segundo Carlos Teixeira de Brito, o Juiz da Real Irmandade Rainha Santa Mafalda de Arouca, depois da Fundação Gulbenkian, “é o que tem a maior coleção privada de arte sacra em Portugal.”. O acervo distingue-se não só pela quantidade mas também pela qualidade. “É muito rico. … Continue a ler O Museu de Arte Sacra de Arouca e da monja que escondeu as peças

Os tesouros da arte portuguesa no Museu Nacional de Arte Antiga

O traço, as cores, a textura, a estética que marcou a nossa identidade nacional pode ser percecionada mais facilmente através das artes e o Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA) é o local por excelência para essa descoberta. Ganhou esse estatuto porque foi criado no final do século XIX exatamente com esse propósito. A então Real Academia de Belas Artes iniciou o processo de recolha … Continue a ler Os tesouros da arte portuguesa no Museu Nacional de Arte Antiga

Museu da Marioneta e de todo o mundo

Ao passar a cortina e entrar na primeira galeria onde estão expostas as marionetas e as máscaras somos projetados para uma casa de histórias. Enredos que cada marioneta nos quer contar, significados do que ela representa e o impulso da nossa imaginação que lhe quer dar vida. O ambiente a meia luz favorece o nosso encontro com cada uma das marionetas, que são muitas, e … Continue a ler Museu da Marioneta e de todo o mundo

Museu Ibérico da Máscara e do Traje em Bragança

O Museu Ibérico da Máscara e do Traje em Bragança é o palco de uma cultura única desta região de Trás os Montes com o riso e a critica social a vestirem-se de cor e a serem reveladas pelas máscaras. Esta tradição foi distinguida pela Unesco através dos caretos de Podence e estende-se ainda à província espanhola de Zamora. Todas esta dinêmica está ilustrada no … Continue a ler Museu Ibérico da Máscara e do Traje em Bragança

A ameixa de Elvas (e o sericaia)

Há um doce que entra na mesa de Natal e que, felizmente, podemos saborear quase todo o ano acompanhado de sericaia. É a ameixa de Elvas. A ameixa Rainha Cláudia em calda, seguindo uma receita conventual e que remonta ao século XVI. A ameixa tem o nome da mulher do rei francês Francisco I e chegou ao Alentejo proveniente de França. Em Elvas, na Fábrica-Museu … Continue a ler A ameixa de Elvas (e o sericaia)

Museu do Côa – a varanda do maior museu ao ar livre do Mundo

O Museu do Côa está no topo de uma colina virado para a foz do rio Côa e leva-nos pelo serpentear do rio até alguns dos 80 sítios onde há gravuras rupestres do Paleolítico. Do terraço do museu vemos as silhuetas das encostas do Vale do Côa, uma imensidão de espaço que nos recorda que o Parque do Côa é o maior museu ao ar livre do … Continue a ler Museu do Côa – a varanda do maior museu ao ar livre do Mundo

Uma viagem fora dos carris no Museu Nacional Ferroviário

Este fim de semana é dois em um no Museu Nacional Ferroviário no Entroncamento. Podemos assistir ao Festival do Vapor – Steampunk e descobrir as milhares de peças da ferrovia em Portugal desde os seus primórdios. O Festival do Vapor – Steampunk decorre de 27 a 29 de Setembro e, segundo a organização, “A História, a Memória e o Património Ferroviário mostram-se numa festa que … Continue a ler Uma viagem fora dos carris no Museu Nacional Ferroviário

A200, a via rápida do Guadiana

O rio Guadiana foi a autoestrada entre muitas vilas portuguesas e a ligação do Alentejo ao Mediterrâneo. O rio anda por Portugal numa extensão de 200 km, a partir do sul de Elvas. No interior do país ou a fazer fronteira com Espanha (quando a fronteira ultrapassou a linha do Guadiana Castela não gostou e  anexou Olivença). Em algumas partes do percurso é um rio … Continue a ler A200, a via rápida do Guadiana

Porque Bocage se sente em casa em Setúbal

Há uma profunda relação entre Setúbal e Bocage que nasceu aqui em 15 de Setembro de 1765. O dia de aniversário é feriado municipal em Setúbal e é provavelmente a única cidade em Portugal onde essa honra é atribuída a um poeta. Conforme nos adianta José Luís Catalão, responsável pelas bibliotecas e museus municipais de Setúbal, “Bocage é um poeta muito especial, carismático e muito … Continue a ler Porque Bocage se sente em casa em Setúbal

«Tudo como dantes, quartel-general em Abrantes»

O castelo de Abrantes é uma das maiores fortificações da linha defensiva do Tejo do tempo da Reconquista. Já foi quase tudo. Castelo medieval, passou a fortaleza, foi quartel militar, presídio e agora uma das funções é servir como miradouro.Na opinião de Etelvino Martins, nos dias não muito quentes os visitantes “é entrar, ver e sair. No Verão é muito diferente, é também um espaço de … Continue a ler «Tudo como dantes, quartel-general em Abrantes»

Marquês de Pombal – a vã glória de mandar

Ó glória de Mandar! Ó Vã cobiça Desta vaidade a que Chamamos fama! Lusíadas – Canto IV A praça Marquês de Pombal na terra que viu morrer um dos homens com mais poder em Portugal é um bom exemplo de como pode ser vã a glória de mandar.Uma dúzia de anos depois de ter o título de Marques de Pombal foi aqui que morreu Sebastião … Continue a ler Marquês de Pombal – a vã glória de mandar

Circuito Pré-Histórico Fiais/Azenha

Um passeio pela natureza e a descoberta de construções com seis mil anos, uma delas classificada como Monumento Nacional,  é o propósito do Circuito Pré-histórico Fiais/Azenha, no concelho de Carregal do Sal. É um dos vários percursos por sítios arqueológicos num concelho que tem o registo de algumas comunidades do Neolítico. Ao todo há mais de 80 sítios arqueológicos. São essencialmente monumentos megalíticos e há … Continue a ler Circuito Pré-Histórico Fiais/Azenha

Castelo de Vide e da Cidadania Salgueiro Maia

Salgueiro Maia nasceu em Castelo de Vide faz hoje 75 anos. A data está a ser assinalada na mesma altura em que está a ser criada a Casa da Cidadania Salgueiro Maia que vai ficar com o seu espólio e que fica num dos lugares mais emblemáticos da vila. É no castelo e concretiza o segundo desejo do capitão de Abril. O primeiro é que … Continue a ler Castelo de Vide e da Cidadania Salgueiro Maia

Jardim Botânico da Ajuda: o primeiro “Centro de Ciência Viva” em Portugal

É o primeiro jardim botânico em Portugal e até foi pioneiro como centro de ciência natural.O Jardim Botânico da Ajuda é muito bonito e é um excelente refúgio em Lisboa. Como refere a sua diretora, Ana Luísa Soares, “é um privilégio porque está num cantinho da Ajuda, com uma vista linda para o rio Tejo. Estamos próximos de museus e palácios na zona de Belém e … Continue a ler Jardim Botânico da Ajuda: o primeiro “Centro de Ciência Viva” em Portugal