Porque Bocage se sente em casa em Setúbal

Há uma profunda relação entre Setúbal e Bocage que nasceu aqui em 15 de Setembro de 1765. O dia de aniversário é feriado municipal em Setúbal e é provavelmente a única cidade em Portugal onde essa honra é atribuída a um poeta. Conforme nos adianta José Luís Catalão, responsável pelas bibliotecas e museus municipais de…

Ler Mais

«Tudo como dantes, quartel-general em Abrantes»

O castelo de Abrantes é uma das maiores fortificações da linha defensiva do Tejo do tempo da Reconquista. Já foi quase tudo. Castelo medieval, passou a fortaleza, foi quartel militar, presídio e agora uma das funções é servir como miradouro.Na opinião de Etelvino Martins, nos dias não muito quentes os visitantes “é entrar, ver e sair.…

Ler Mais

Marquês de Pombal – a vã glória de mandar

Ó glória de Mandar! Ó Vã cobiça Desta vaidade a que Chamamos fama! Lusíadas – Canto IV A praça Marquês de Pombal na terra que viu morrer um dos homens com mais poder em Portugal é um bom exemplo de como pode ser vã a glória de mandar.Uma dúzia de anos depois de ter o…

Ler Mais

Circuito Pré-Histórico Fiais/Azenha

Um passeio pela natureza e a descoberta de construções com seis mil anos, uma delas classificada como Monumento Nacional,  é o propósito do Circuito Pré-histórico Fiais/Azenha, no concelho de Carregal do Sal. É um dos vários percursos por sítios arqueológicos num concelho que tem o registo de algumas comunidades do Neolítico. Ao todo há mais…

Ler Mais

Castelo de Vide e da Cidadania Salgueiro Maia

Salgueiro Maia nasceu em Castelo de Vide faz hoje 75 anos. A data está a ser assinalada na mesma altura em que está a ser criada a Casa da Cidadania Salgueiro Maia que vai ficar com o seu espólio e que fica num dos lugares mais emblemáticos da vila. É no castelo e concretiza o…

Ler Mais

Jardim Botânico da Ajuda: o primeiro “Centro de Ciência Viva” em Portugal

É o primeiro jardim botânico em Portugal e até foi pioneiro como centro de ciência natural.O Jardim Botânico da Ajuda é muito bonito e é um excelente refúgio em Lisboa. Como refere a sua diretora, Ana Luísa Soares, “é um privilégio porque está num cantinho da Ajuda, com uma vista linda para o rio Tejo. Estamos…

Ler Mais

Bordar com casca de castanha

A utilização da casca de castanha em bordados já tem alguma tradição. Há quadros no museu de Marvão que são do século XIX que o provam.As cascas são justapostas ao linho através de linhas e produzem um efeito decorativo invulgar.As cascas são usadas nos dois lados e por vezes sobrepostas. Deste modo consegue-se um efeito…

Ler Mais

Aos 97 anos a perícia de Natilde a fazer renda de bilros

A descoberta desta arte foi no Museu de Rendas de Bilros de Peniche. Ver dúzias  de bilros pendurados numa almofada com os fios que contornam alfinetes e seguem os desenhos em papel de cartão já causou alguma perplexidade perante a aparente complexidade da tarefa. Mas, maior foi a admiração ao ver a senhora Natilde, (com…

Ler Mais

A porta do morto na casa gandaresa

Raul Brandão e Carlos de Oliveira fizeram excelente descrições das casas do povo da Gândara. Os palheiros junto à praia ou a casa gandaresa que fica no interior. Em tempos e estilos diferentes os dois escritores e cronistas sociais descreveram a pobreza dos materiais, a escassez de recursos e a tenacidade dos habitantes na sua…

Ler Mais

Nova vida para o bairro ferroviário Camões

O Camões é um dos quatro bairros ferroviários no Entroncamento e em breve vai ter vida nova. Há um projecto de reabilitação das 32 moradias que têm um valor patrimonial relevante porque é o primeiro exemplo da “cidade jardim” adaptado a Portugal. As casas têm um pequeno jardim ou quintal e as ruas arborizadas. Ao…

Ler Mais