Um Natal solidário com o bolo “russo” da Casa de Chá de Santa Isabel

O espírito do Natal é sublinhado na proposta de hoje. Para a mesa de Natal sugerimos muito mais do que um bolo. Também um gesto de solidariedade. O bolo chama-se russo mas é diferente do que é produzido nas pastelarias. Na descrição de Rita Assunção, “é um bolo de amêndoa e noz e recheado de doce de ovos. Há também a possibilidade de ter natas … Continue a ler Um Natal solidário com o bolo “russo” da Casa de Chá de Santa Isabel

As filhós da ti Raquel são as mais conhecidas da serra do Caldeirão

Cortelha é uma pequena aldeia do concelho de Loulé, na serra do Caldeirão. Dois produtos naturais marcam a economia e a gastronomia local: o mel e o medronho. A aguardente de medronho tem grande saída agora no Natal. É costume oferecerem um copo de aguardente quando parte do Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão vai cantar as janeiras. Na cozinha da ti Raquel é também … Continue a ler As filhós da ti Raquel são as mais conhecidas da serra do Caldeirão

O primeiro bolo rei em Portugal já tinha brinde

O primeiro bolo rei feito em Portugal comemorou agora 150 anos. A receita chegou a Portugal pelo filho do fundador da Confeitaria Nacional, Balthazar Castanheiro Júnior, em 1869. Leonor Amorim, gerente da Confeitaria Nacional, descreve-o como uma pessoa irreverente e muito viajada. Era muito curioso sobre doçaria e encontrou na Europa várias receitas que não existiam em Portugal. Numa das viagens regressou a Lisboa com … Continue a ler O primeiro bolo rei em Portugal já tinha brinde

Até nas iluminações de Natal há a influencia das selfies!

A árvore e as iluminações de Natal são presença em muitas vilas e cidades portuguesas. Há cada vez mais localidades com iluminação alusiva à quadra natalícia e de ano novo. Segundo Vítor Freire, gerente da Iluminações Diogo & Reis que tem presença no centro do país, nos últimos anos também algumas freguesias mais pequenas querem decorar as ruas e praças Vítor Freire há mais de … Continue a ler Até nas iluminações de Natal há a influencia das selfies!

O Pai Natal certificado de Vagos com muitos brinquedos

O Natal tem de ter Pai Natal e muitos presentes. Para os mais novos quer dizer muitos brinquedos. No Museu do Brincar em Vagos conciliamos as duas coisas: um Pai Natal certificado e cerca de 30 mil brinquedos dos quais 1500 estão sempre em exposição. É uma coleção privada e Carlos Rocha mais a mulher são os fundadores do Museu do Brincar e proprietários do acervo … Continue a ler O Pai Natal certificado de Vagos com muitos brinquedos

Borrachões

Borrachões de Medelim

De borrachões se fazem muitos lanches e corridas de miúdos na rua com um doce na mão. Pelo menos na Beira Baixa onde é um doce tradicional. Em alturas festivas partilhava a mesa com Papas de Carolo, Arroz Doce ou Farófias. Os borrachões devem o seu nome aos ingredientes, em particular bebidas alcoólicas que podem ser aguardente ou jeropiga ou vinho branco (de certa forma, … Continue a ler Borrachões de Medelim