Meimão

Meimão: a Lagoa das sete Cidades na Malcata

Na estrada que se despede de Meimão a caminho do Sabugal, na serra da Malcata, temos uma das paisagens mais bonitas da Beira Baixa. Do miradouro Nossa Senhora do Pilar vemos a aldeia rodeada de duas lagoas enormes. É a albufeira da barragem da Meimoa que pinta de azul a mancha verde da serra. Henrique Cunha diz que a sua terra lhe faz lembrar outra … Continue a ler Meimão: a Lagoa das sete Cidades na Malcata

Paisagem da vinha no Pico que é Património Mundial

São as vinhas que resistem à ira do vento temperado com o sal do mar. São as vinhas que brotam da terra agreste, com poucos dias de sol e coberta de pedras de basalto e grandes superfícies de lava espalhada pelos terrenos. Apesar de todas as adversidades, a que se juntava a pobreza, as tempestades e a fúria vulcânica, os povoadores logo a partir do … Continue a ler Paisagem da vinha no Pico que é Património Mundial

O refúgio da serra de Montejunto

A Serra de Montejunto é um refúgio a cerca de 50 km de Lisboa. É um abrigo para pessoas, animais e plantas. Está entre o mar e uma zona agrícola com forte intervenção humana. A serra de Montejunto, com cerca de 15km de comprimento e 7km de largura, preserva vários ecossistemas e, por isso, foi classificada como Paisagem Protegida em 1999. Na serra de Montejunto … Continue a ler O refúgio da serra de Montejunto

A manta de retalhos da Serra do Cume

É uma das paisagens mais belas dos Açores e indiscutivelmente da ilha Terceira. A vista do alto da Serra do Cume é uma surpresa para muitos visitantes devido ao horizonte todo verde e recortado por muros negros de pedra vulcânica ou de flores das hortênsias. São milhares de parcelas de terreno todas cobertas de verde que preenchem o Vale da Achada, também conhecido como a … Continue a ler A manta de retalhos da Serra do Cume

S. Leonardo de Galafura contempla “um excesso de natureza”

O miradouro de S. Leonardo de Galafura é um dos mais encantadores do Douro. Em primeiro lugar devido à  paisagem. Tem uma vista sublime sobre o Douro. Depois, porque foi tema da poesia de Miguel Torga que escreveu num dos seus Diários que do miradouro, Não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso de natureza. A vista do miradouro alcança uma grande … Continue a ler S. Leonardo de Galafura contempla “um excesso de natureza”