Freixo de Numão a Prazo

Freixo de Numão é uma vila cheia de história e com belas paisagens e sitios arqueológicos como é o caso de Prazo. O ponto de partida para a descoberta do património de Freixo de Numão é o Museu da Casa Grande. É um magnifico solar do século XVIII. Uma casa em pedra, com capela privativa…

Ler Mais

Os buracos do Bordado de Tibaldinho – “olha o grande, olha o pequenino”

O Bordado de Tibaldinho exprime-se através de uma linguagem de buracos que estruturam o efeito decorativo. Segundo a bordadeira Cidália Rodrigues, “quanto mais cortamos o pano liso com a tesoura, fazemos buracos, olha o grande, olha o pequenino, mais bonita fica. Depois é a variedade de pontos e de motivos: flores, malmequeres, aves…. Quanto mais motivos…

Ler Mais

O motim da água e o misterioso desaparecimento do pelourinho de Torres Vedras

Torres Vedras é uma terra de abundância de vinho e água. Um dos monumentos mais fotografados e com grande relevância histórica é o Chafariz dos Canos mas a sua história está também relacionada com a secura a que foram sujeitos os presos. O chafariz é de estilo gótico, foi construído no século XIV e agora…

Ler Mais

Nisa tem três Monumentos Nacionais

Nisa é muito conhecida pelo seu artesanato, os bordados e a olaria, mas também tem um património histórico muito rico. No concelho há três monumentos nacionais. O singular castelo da Amieira do Tejo, a anta de S. Gens e a muralha de Nisa. D. Dinis mandou construir a fortificação de Nisa no final do século…

Ler Mais

Verão os cuscos de Bragança

O Verão é a altura ideal para saborear os cuscos de Bragança. São uma versão local dos cus cus que os árabes trouxeram para a Península Ibérica e que cada povo adoptou a seu gosto. No concelho de Bragança os cuscos são ainda confeccionados de forma regular em quatro aldeias. Há também a particularidade de…

Ler Mais

A manta de retalhos da Serra do Cume

É uma das paisagens mais belas dos Açores e indiscutivelmente da ilha Terceira. A vista do alto da Serra do Cume é uma surpresa para muitos visitantes devido ao horizonte todo verde e recortado por muros negros de pedra vulcânica ou de flores das hortênsias. São milhares de parcelas de terreno todas cobertas de verde…

Ler Mais

A torre de mármore de Estremoz

O rossio de Estremoz é o ponto de encontro da cidade e ao longo da sua história tem reunido militares, políticos e monges dos quatro conventos que rodeiam a maior praça de Portugal. Tem também a sua “obra de Santa Engrácia”. É a igrejas do Convento dos Congregados que levou 300 anos a construir. Do…

Ler Mais

A salvaguarda urgente da Olaria Preta de Bisalhães

A olaria preta de Bisalhães está classificada como Património Imaterial a nível nacional e está também na UNESCO, na Lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade que necessita de Salvaguarda Urgente A arte corre o risco de extinção e os oleiros não chegam a uma dezena sendo que metade tem mais de 80 anos de idade.…

Ler Mais

O Património dos Bonecos de Estremoz

Os bonecos de Estremoz são Património Mundial que está nas mãos de apenas 12 pessoas. São eles que asseguram a continuidade desta arte com mais de três séculos e que várias vezes correu o risco de desaparecer. Em Dezembro de 2017 a UNESCO classificou a Produção de Figurado em Barro de Estremoz como Património Cultural…

Ler Mais

A Falcoaria é Real e património da Humanidade

O rei e a nobreza caçavam durante o dia e à noite assistiam à ópera ou ao teatro. Tudo se passava em Salvaterra de Magos onde existia um paço real e foi construída a Falcoaria que é hoje visitável e até tem uma exibição diária de aves de rapina. A falcoaria era uma actividade muito…

Ler Mais