Vindimas com ciência na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Junta-se o útil ao agradável. Pode-se fazer as vindimas, dar um passeio e até provar um vinho que tem o propósito de todos os anos ser melhor do que o anterior. A proposta é visitar as vinhas da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD), mesmo as que funcionam como laboratório e dar…

Ler Mais

Um Vale da Rosa com 10 milhões de cachos

As vinhas com uvas sem grainha são muito diferentes do que costumamos ver. Como são uvas de mesa há o propósito de salvaguardar o aspecto e a qualidade. As vinhas estão cobertas por plásticos e redes para proteger as uvas e prolongar o período de colheita. Na Herdade Vale da Rosa, em Ferreira do Alentejo,…

Ler Mais

A vindima na Quinta dos Roques

A Quinta dos Roques é uma das mais conhecidas da zona do Dão e tem a particularidade de a visita poder ser realizada em duas propriedades com características distintas. Uma é a Quinta dos Roques que fica no concelho de Mangualde, a meio caminho de Nelas. Tem 35 hectares mas, como é tradicional no Dão,…

Ler Mais

A arca de Noé no Parque Biológico da Serra da Lousã

O Parque Biológico da Serra da Lousã tem cerca de 400 animais de 47 espécies e representam uma parte significativa das raças autóctones portuguesas. Algumas já nem existem como é o caso dos ursos pardos que há mais de dois séculos ainda andavam na serra do Gerês. No Parque há um casal, a Berta e o…

Ler Mais

Os simpáticos burros de Miranda

Ir de férias até Trás-os-Montes, através de passeios vamos descobrir uma raça autóctone e a sua paisagem e, quiçá, adoptar um burro de Miranda. A Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino  (AEPGA) pretende dignificar os burros e conservar a raça de Miranda que deixou de estar em risco de extinção mas continua ameaçada.…

Ler Mais

Roteiro Renascer – Luis Antunes sugere concelho da Lousã

O presidente da Câmara da Lousã sugere um roteiro pelas cinco aldeias de xisto da Serra da Lousã que integram o seu concelho. Luis Antunes destaca igualmente o património histórico e cultural da vila da Lousã. Roteiro Renascer – Luis Antunes sugere concelho da Lousã faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e…

Ler Mais

Fotografar no Cais Palafítico da Carrasqueira

O Cais Palafítico da Carrasqueira é um fascinio para os apaixonados de fotografia. Fica na Reserva Natural do Estuário do Sado, próximo da Comporta e é um dos lugares mais visitados do concelho de Alcácer do Sal. O cais estende-se pelo lodo e pela água do rio, tem ainda uma extensão considerável e está rodeado…

Ler Mais

O Cabo Espichel e o santuário do mar

O Cabo Espichel é um dos lugares mais procurados do Parque da Serra da Arrábida porque agrega tudo: monumentalidade, paisagem deslumbrante, isolamento e mistério e património civil e religioso. As marcas da ocupação humana tornam-se mais ténues e raras, como se esta se degradasse antes de atingir os limites impostos pela Natureza: casais isolados, povoaçõs…

Ler Mais

Entrar na Serra da Estrela pelo CISE

A Serra da Estrela não é apenas a mais alta de Portugal Continental. É também das que tem mais diversidade e mais segredos por descobrir não apenas no inverno para sentir a neve mas nas quatro estações. Há cada vez mais visitantes ao longo do ano e muitos, em particular estrangeiros, recorrem ao CISE antes…

Ler Mais

Francisco Miguel regressa da Estrela com 850 ovelhas

Francisco Miguel há 21 anos que faz a transumância com as ovelhas bordaleiras à Serra da Estrela. Desta vez teve de regressar mais cedo porque algumas das ovelhas estavam grávidas e duas ou três “já tinham parido e depois não há tempo para guardar os borregos”. Estão de regresso a Santa Comba de Seia. Encontrei-o no…

Ler Mais

A Graciosa Reserva da Biosfera

A Graciosa é a ilha mais baixa e a segunda mais pequena do arquipélago dos Açores. Tem cerca de 60km2 de área. De carro dá-se a volta à ilha em uma hora. Tem uma vegetação menos densa que as outras ilhas e mais baixa. Já foi considerada “o celeiro dos Açores”. Apesar da interferência do…

Ler Mais

O refúgio da serra de Montejunto

A Serra de Montejunto é um refúgio a cerca de 50 km de Lisboa. É um abrigo para pessoas, animais e plantas. Está entre o mar e uma zona agrícola com forte intervenção humana. A serra de Montejunto, com cerca de 15km de comprimento e 7km de largura, preserva vários ecossistemas e, por isso, foi…

Ler Mais

Mergulho na pré-história no Museu de Mação

O Museu de Arte Pré-histórica e do Sagrado no Vale do Tejo é um autêntico banho de imersão na pré-história. Podemos ver objectos, muitos deles originais, fazer uma visita guiada a pinturas rupestres no parque arqueológico do rio Ocreza, recolher informação numa biblioteca especializada e até visitar laboratórios e conversar com investigadores nacionais e estrangeiros. Cada…

Ler Mais

Viagem ao interior da Terra no Geoparque Terras de Cavaleiros

O Geoparque Terras de Cavaleiros está classificado na rede mundial de geoparques da UNESCO desde 2014. Facilmente se entende o motivo: é uma viagem ao interior da Terra. Os geólogos não gostam muito da expressão mas talvez seja a imagem mais fiel. No Geoparque está a história do nosso planeta e um dos cinco “umbigos da…

Ler Mais

As Portas de Almourão antes da Foz do Cobrão

Foz do Cobrão é uma aldeia que surpreende pela paisagem e pela praia fluvial. Tem ainda o encanto da vista das Portas de Almourão. O nome da aldeia deriva da foz do Rio Cobrão ter lugar aqui, desaguando no Rio Ocreza. Foz do Cobrão pertence ao concelho de Vila Velha de Ródão e está no…

Ler Mais

A aldeia fortaleza de Figueira

  Figueira é uma pequena aldeia fortaleza e mantém os traços genuínos do casario de xisto. O núcleo mais antigo está quase todo em “estado bruto” com poucos vestígios de modernidade. As casas estão concentradas junto a uma ribeira e alinhados ao longo do monte. Domina o xisto em ruelas muito estreitas, com traçado medieval. A…

Ler Mais

O renascer de Álvaro e do esqueleto do capitão

O renascer na aldeia de Álvaro tem um duplo significado e uma história de dois séculos. Primeiro vamos ao episódio mais recente. O grande incêndio de Outubro do ano passado que devastou toda a zona circundante e 40 casas de Álvaro. O horizonte começa a dar sinais de renascer mas ainda há manchas de serras…

Ler Mais

O motim da água e o misterioso desaparecimento do pelourinho de Torres Vedras

Torres Vedras é uma terra de abundância de vinho e água. Um dos monumentos mais fotografados e com grande relevância histórica é o Chafariz dos Canos mas a sua história está também relacionada com a secura a que foram sujeitos os presos. O chafariz é de estilo gótico, foi construído no século XIV e agora…

Ler Mais