A picagem das armas do conde de Atouguia

O 11º e último Conde de Atouguia foi supliciado em Lisboa em  13 de Janeiro de 1759. Estava acusado de cumplicidade na tentativa de homicídio do rei D. José. O “azar dos Távoras” de Jerónimo de Ataíde é que era casado com Mariana Bernarda de Távora, filha dos marqueses de Távora, uma linhagem que foi praticamente extinta por vontade do rei e ação do Marquê … Continue a ler A picagem das armas do conde de Atouguia

Igreja da Memória do tiro ao rei

A igreja da Memória tem vários nomes. Também é designada por de Nossa Senhora do Livramento ou de S. José. Todas estas designações remetem para o motivo porque foi construída. Foi neste local que o rei D. José sofreu um atentado em 1758. Três anos depois do tremor de terra de 1755. Na altura, a família real vivia na Ajuda e o rei estaria a … Continue a ler Igreja da Memória do tiro ao rei

Marquês de Pombal – a vã glória de mandar

Ó glória de Mandar! Ó Vã cobiça Desta vaidade a que Chamamos fama! Lusíadas – Canto IV A praça Marquês de Pombal na terra que viu morrer um dos homens com mais poder em Portugal é um bom exemplo de como pode ser vã a glória de mandar.Uma dúzia de anos depois de ter o título de Marques de Pombal foi aqui que morreu Sebastião … Continue a ler Marquês de Pombal – a vã glória de mandar

O castelo que mudou a cidade de Pombal

O castelo de Pombal é uma das principais fortalezas da Reconquista.Foi profundamente inovador na época da sua construção, no final do século XII. São exemplos a introdução em Portugal da torre de menagem e do alambor. A arte e o saber da Guerra Santa foi transportado para o monte que deu origem à cidade de Pombal. Atribui-se a ao mestre templário D. Gualdim Pais a … Continue a ler O castelo que mudou a cidade de Pombal