Etiqueta: Vou ali e já venho

Passeio dos Poetas na Praia da Vitória

Na cidade da Praia da Vitória anda-se na rua a descobrir poesia. Há um roteiro que é divulgado nos guias turísticos mas a maior parte das pessoas vai descobrindo passo a passo os 33 painéis de azulejos com excertos de poemas. Cada painel tem um retrato e o nome do respetivo poeta. A maioria são

Continue a ler

O versátil Poeta Cavador

O Poeta Cavador era analfabeto mas compôs versos muito elogiados e era muito popular na região da Bairrada. Manuel Alves, o seu verdadeiro nome, nasceu e morreu em Vale de Boi na freguesia da Moita onde em meados do século passado colocaram um busto em bronze. É a homenagem ao Poeta Cavador, cognome que lhe foi

Continue a ler

Não há melhor que Castelo Melhor

Castelo Melhor é um bom exemplo da Ibéria. Haverá poucas povoações em Portugal onde a entrada se faz por um largo em que se homenageia um rei leonês. Um busto do rei Afonso IX, “Rei de Leão e da Galiza” dá as boas vindas e assinala que Castelo Melhor recebeu os foros do reino de Leão

Continue a ler

Ponto de encontro em Ourém é no castelo

O castelo de Ourém é um dos mais interessantes de Portugal. Devido à sua beleza e também pelas histórias que preserva. Está classificado como Monumento Nacional. A fortificação está num monte, com uma subida íngreme e ergue-se vigilante da cidade de Ourém. Tem duas grandes construções. O Paço dos Condes com dois enormes torreões e a

Continue a ler

Museu Militar e miradouro de Chaves

Chaves tem vários motivos de interesse e há um que se destaca: a torre de menagem do castelo. Conceição Ribeiro é guia do Museu Militar há 30 anos e não tem qualquer dúvida sobre a principal atracão de chaves com quantidade de visitantes estrangeiros que recebe. Ela também é peremptória em outro aspecto do castelo: “no

Continue a ler

Um rio de História em Mértola

Mértola é um museu a céu aberto que revela a sua história de porto comercial por várias civilizações. Até a sala de entrada do hotel onde fiquei tem uma galeria com ruínas romanas. No edifício da Câmara Municipal a situação é relativamente semelhante. A cave está repleta de ruínas de uma casa romana e até funciona

Continue a ler

O heroísmo de Angra e do Monte Brasil

Angra do Heroísmo é cidade património mundial. Foi a primeira em Portugal a ter esta distinção da Unesco mas ela, de certa forma, representa a história de todo o país nos Descobrimentos. Escala obrigatória das caravelas, Angra do Heroísmo foi ponto de confluência de culturas e o seu património resulta da vivência desta fusão. A

Continue a ler

O Montinho romano das Laranjeiras

Os romanos tinham bom gosto. Construíram uma Villa mesmo ao lado do rio Guadiana com uma bela vista e num sitio agradável para viver. Ainda hoje quando se visita a Villa Romana do Montinho das Laranjeiras temos essa sensação. Uma ligeira encosta junto ao rio que aqui se manifesta sereno e imponente devido à extensão do

Continue a ler

O romano rico do Rabaçal

O Rabaçal é afamado pelo queijo mas agora está também a ganhar notoriedade com a permanente descoberta da vila romana. Estão a ser feitas escavações arqueológicas nas últimas décadas e o que já se pode ver revela que o proprietário da vila era rico. Ter uma casa de campo, um palacete, com mosaicos e paredes

Continue a ler

A bela e enigmática Centum Cellas

    A torre de Centum Cellas é tão bela como enigmática. Os seus 12 metros de altura, toda de pedra e com enormes aberturas nas quatro paredes fazem dela uma construção única na Península Ibérica. Sobressai pela altura e também pela sua fisionomia. Parece uma construção fantasma que se agiganta com pedras viradas para

Continue a ler