São lindas as aves de rapina!

Sem comentários

Este slideshow necessita de JavaScript.

As exibições das aves de rapina na Tapada de Mafra são um fascínio.
Todos ficam deslumbrados em particular quando do voo livre das aves.
Elas passam por cima de nós, vão para as árvores e toda a assistência fica em silêncio,  boquiabertos. Só se houve o bater das asas da ave e a voz do falcoeiro.

Voo livre de uma águia na Tapada de Mafra
Voo livre de uma águia na Tapada de Mafra

No voo das aves sente-se o prazer da liberdade. A ave fica livre mas a assistência fica com a atenção presa à velocidade e ao talento destes animais selvagens.

O fascínio é de todos, crianças e adultos. Esta é a oportunidade para o falcoeiro, Miguel Gomes, promover a interacção com a ave e ao mesmo tempo dar a conhecer as características da espécie, como se alimenta, a sua origem…
É também o momento propício para dar informação fundamentada, desmistificar alguns mitos e promover a falcoaria portuguesa como uma arte nobre.

Explicação sobre o comportamnto dos falcões
Explicação sobre o uso do carapão

A decisão da Unesco de declarar a falcoaria portuguesa como património imaterial da humanidade é um património que os falcoeiros querem promover.

Voo de uma coruja
Voo de uma coruja

O voo livre, conforme Miguel Gomes chama a atenção, é apenas uma parte do treino. A verdadeira acção de falcoaria e para a qual a ave é treinada é caçar presas selvagens no seu meio natural. Esta é essência da falcoaria, do cuidar e treinar aves de presa para uma caça natural e ecológica.

Bufo-real
Bufo-real

Com os falcões, bufo real, águias, corujas e algumas outras aves pretende-se dar a conhecer estas espécies e também uma componente histórica de uma arte secular.

Uma águia apoiada na luva do falcoeiro
Uma águia apoiada na luva do falcoeiro

As pessoas também interagem com o falcoeiro e os mais novos são os mais curiosos.
Por vezes uma ou outra pergunta revela o estigma contra estas aves por serem predadoras. O diálogo com o falcoeiro é uma oportunidade para ajudar a acabar com esse estigma porque nós precisamos dessas aves para equilíbrio do nosso ecossistema.

A "pose" da coruja
A “pose” da coruja

É o caso das corujas que desempenham um papel relevante na eliminação de roedores mas que em alguns locais são maltratadas por preconceitos que foram transmitidos de geração em geração.

A visão das aves de rapina é determinante para a sua sobrevivência
A visão das aves de rapina é determinante para a sua sobrevivência

O contacto e a observação de algumas destas aves pode ser feito em vários locais, como é exemplo a Falcoaria Real em Salvaterra de Magos.
No caso da Artfalco de Miguel Gomes, além da tapada de Mafra, vai ter também presença regular no Paço Ducal de Vila Viçosa.

O colorido das penas do bufo-real
O colorido das penas do bufo-real

Na Associação Portuguesa de Falcoaria e na Falcoaria Real encontra mais informação sobre a falcoaria portuguesa, o património existente e cursos de iniciação à falcoaria.

São lindas as aves de rapina! faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui. A emissão deste episódio, São lindas as aves de rapina!, pode ouvir aqui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s