Categoria: acores

Passeio dos Poetas na Praia da Vitória

Na cidade da Praia da Vitória anda-se na rua a descobrir poesia. Há um roteiro que é divulgado nos guias turísticos mas a maior parte das pessoas vai descobrindo passo a passo os 33 painéis de azulejos com excertos de poemas. Cada painel tem um retrato e o nome do respetivo poeta. A maioria são

Continue a ler

O heroísmo de Angra e do Monte Brasil

Angra do Heroísmo é cidade património mundial. Foi a primeira em Portugal a ter esta distinção da Unesco mas ela, de certa forma, representa a história de todo o país nos Descobrimentos. Escala obrigatória das caravelas, Angra do Heroísmo foi ponto de confluência de culturas e o seu património resulta da vivência desta fusão. A

Continue a ler

Colchas de S. Jorge e dos Açores

S. Jorge é conhecida como a ilha da tecelagem e as colchas de ponto alto são as mais afamadas. Estão espalhadas por todos os continentes, seguiram a diáspora açoriana e algumas têm mais de um século. As colchas continuam a ser feitas em teares manuais, em particular na Fajã dos Vimes e seguindo a tradição

Continue a ler

O ícone da Graciosa

Os moinhos da Graciosa destacam-se entre o verde da ilha açoriana. A forma e a cor vermelha fazem destes moinhos um ícone. A cúpula vermelha que termina em bico é o elemento que mais se destaca. É também o que mais facilmente determina a sua origem europeia. Dizem que o vermelho é a cor original

Continue a ler

O inventor dos moinhos de S. Jorge

Na ilha de S. Jorge há vários tipos de moinhos de vento e de água. Nas encostas à beira das estradas é frequente encontrar os de água. Um dos enquadramentos mais interessantes é na estrada para a Fajã dos Vimes. Distinguem-se também os moinhos movidos a vento que têm uma forma triangular e com rodas.

Continue a ler

Uma embaixada açoriana de Queijadas da Graciosa

É um doce regional em forma de estrela e hoje é um dos produtos certificados com a marca Açores e com projecção internacional. No entanto, as Queijadas da Graciosa são apenas produzidas em São Mateus, próximo da Vila da Praia e por isso são chamadas na ilha por Queijadas da Praia. Antes chamavam-se Covilhetes de Leite

Continue a ler

Casas Açorianas assinalam Dia Mundial do Turismo com oferta de estadia de duas noites

A associação Casas Açorianas, de Turismo Rural, assinala o Dia Mundial do Turismo, que se comemora hoje, com uma oferta de estadia de duas noites para duas pessoas numa das unidades associadas e à escolha. A selecção é feita por sorteio promovido pela Associação. Para se candidatar a esta oferta, basta visitar as páginas das

Continue a ler

Burros Anão da Graciosa com sotaque italiano

O italiano Franco Ceraolo tem uma pequena propriedade na ilha Graciosa onde andam mais de quinze burros. Todos têm um nome, Franco chama-os, assobia e fala com eles em italiano. Num ambiente calmo, distendido entre o verde do pasto e o Oceano Atlântico que fica mesmo ao lado. São todos exemplares do Burro Anão da Graciosa,

Continue a ler

A Graciosa Reserva da Biosfera

A Graciosa é a ilha mais baixa e a segunda mais pequena do arquipélago dos Açores. Tem cerca de 60km2 de área. De carro dá-se a volta à ilha em uma hora. Tem uma vegetação menos densa que as outras ilhas e mais baixa. Já foi considerada “o celeiro dos Açores”. Apesar da interferência do

Continue a ler

Rota da água na Graciosa

Na Graciosa por vezes dizem na brincadeira que na ilha há mais vinho do que água. A brincadeira tem a ver com duas referencias históricas. A boa qualidade do vinho que até tem o estatuto de Denominação de Origem para vinhos licorosos e espumantes. A outra referencia tem a ver com a escassez de água

Continue a ler