Os Pitos e as Cristas de Galo de Vila Real

Cristas de Galo

Esta quinta feira, 13 de Dezembro, é dia de Santa Luzia e uma das celebrações mais populares é na aldeia de Vila Nova, no concelho de Vila Real, onde muitas pessoas vão provar o Pito de Santa Luzia. A designação de Pito revela um a expressão popular ligada à sexualidade e à fertilidade mas o

Continue a ler

Borrachões de Medelim

Borrachões

De borrachões se fazem muitos lanches e corridas de miúdos na rua com um doce na mão. Pelo menos na Beira Baixa onde é um doce tradicional. Em alturas festivas partilhava a mesa com Papas de Carolo, Arroz Doce ou Farófias. Os borrachões devem o seu nome aos ingredientes, em particular bebidas alcoólicas que podem

Continue a ler

A caixa de música mecânica que encanta

O Museu da Música Mecânica está num edifício que parece uma caixa de música e no interior tem mais de 600 peças raras que nos deslumbram pela beleza, engenharia e sonoridade. Neste mês estão previstas várias iniciativas alusivas à época natalícia. Desde concertos a uma mesa musical de Natal. É único em Portugal e fica

Continue a ler

O santuário da Faia Brava

Deve ser uma sensação única em Portugal. Andar a apanhar azeitona e estar acompanhado de uma manada de cavalos selvagens a galopar pelo vale do rio Côa. É na Reserva Faia Brava que foi a primeira Área Protegida Privada a ser classificada pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas. Foi em 2010 e é um

Continue a ler

Museu Ibérico da Máscara e do Traje

O Museu Ibérico da Máscara e do Traje em Bragança é o palco de uma cultura única desta região de Trás os Montes com o riso e a critica social a vestirem-se de cor e a serem reveladas pelas máscaras. Esta tradição estende-se ainda à província espanhola de Zamora e está igualmente ilustrada no Museu. A

Continue a ler

O madeiro de Penamacor já não vai à tropa

Os de Penamacor dizem que é o maior madeiro de Portugal. Sentem orgulho e até estão a preparar uma candidatura a património imaterial da humanidade junto da UNESCO. O madeiro é uma tradição da Beira, talvez de origem celta, e no século passado esteve associado ao serviço militar obrigatório. Era organizado por jovens que iam

Continue a ler

Ah! que se chá! em Tinalhas

Ah! que se chá! Não é fácil de dizer. Mas como se escreve é fácil de descobrir porque uma das ruas tem o nome da festa que se realiza na véspera do dia de reis, em 5 de Janeiro. A origem é desconhecida. Passou de geração em geração e os mais antigos remetem para o

Continue a ler

No Paul, quer chova, quer neve, quem tem sede bebe

Este Sábado vai haver uma procissão com um pipo num andor e em honra de Santa Bebiana que a tradição popular assinala como a “santa dos bêbados”. A festa realiza-se em vários lugares das Beiras, como por exemplo em Caria. No entanto, é sem dúvida no Paul que tem maior popularidade juntando milhares de pesoas

Continue a ler

É amar-te, assim, perdidamente

“É amar-te, assim, perdidamente…” é também a paixão de Vila Viçosa por Florbela Espanca. A poetisa nasceu aqui em 8 de Dezembro de 1894 e foi também em Vila Viçosa que frequentou a escola primária. A sua terra natal não a esqueceu e é evocada de várias formas o que permite fazer um roteiro que

Continue a ler

Gouveia a aldeia em verso

As boas vindas são dadas em verso e conforme se vai caminhando pela aldeia de Gouveia do concelho de Sintra vamos descobrindo pessoas e lugares através de versos colocados nas paredes e muros. A vida da aldeia e dos seus habitantes está ali contada como era há meio século atrás com rimas de criatividade e

Continue a ler