Os passadiços da Piedade pela princesa Peralta no castelo da Lousã

Têm o nome de Passadiços da Senhora da Piedade porque ligam Cabo do Soito, próximo da  da Lousã, ao complexo turístico com o mesmo nome. É um trajeto fácil de percorrer e que nos oferece uma vista panorâmica da vila e do vale onde se encontra o castelo. É um lugar único na serra da…

Ler Mais

Paisagens pouco comuns do Alentejo nos passadiços da Serra d´Ossa

Estamos no Alentejo, mas o percurso é na Serra d’Ossa, junto à Aldeia da Serra, concelho de Redondo. O trajeto linear tem mais de um quilómetro de extensão. Segue um vale repleto de vegetação e é complementado com um passadiço. 300 degraus numa encosta escarpada. O passeio pedonal é uma breve descoberta da bonita Serra…

Ler Mais

Passadiço do Alamal com castelo, praia e baloiço

É um passeio para toda a família. Fácil de percorrer, com muita sombra e beleza natural. A caminhada pode ser complementada com uma ida à praia do Alamal ou no caminho baloiçar e ver a paisagem preenchida pelo rio Tejo. Caminhamos sempre ao lado do rio e vigiados pelo Castelo de Belver que fica no…

Ler Mais

Trilho da Barca d’Amieira com “serviço completo”

É um percurso para toda a família e atrativo para um vasto grupo de interesses. A natureza, passadiços, uma ponte pedonal suspensa, baloiços e miradouros. Nos 3,6km do Trilho da Barca d’Amieira temos muito com que nos deslumbrar. O percurso é linear. Os extremos são o cais da Barca d’Amieira, que faz a travessia do…

Ler Mais

Os encantos do passadiço de Vale de Gaios

O Trilho dos Gaios surpreende pela sua beleza natural. É pouco conhecido e isso contribui para ter mais encanto porque passeamos em sossego ao lado do rio Cavalos e seguimos o roteiro definido por um passadiço de madeira que ganha várias cores ao longo do trajeto. A intervenção humana regista-se apenas no passadiço e em…

Ler Mais

Baloiçar no Monte Alto de Arganil

A imagem de Arganil é indissociável do santuário de Mont’Alto que está no topo de um monte sobranceio à vila. É um cartão de visitas devido à paisagem que oferece. Agora a contemplação pode ser feita num baloiço. O santuário de Mont’Alto está a mais de 600 metros de altitude. O branco do edifício da…

Ler Mais

Baloiço do Cabeço de Montachique que espreita Lisboa

Na região metropolitana de Lisboa é um dos miradouros com vista mais ampla, que agora pode também ser disfrutada num baloiço. A vista é de 360 graus, para os visitantes e para o controlo de incêndios O acesso é fácil. Fica próximo da A8, e rapidamente damos pelo miradouro Cabeço de Montachique porque está no…

Ler Mais

Baloiço nas alturas da Pedra da Sé e com vista para o rio Mondego

A Pedra da Sé é um enorme maciço granítico com uma “varanda” natural onde colocaram um baloiço que tem uma excelente vista para o Mondego. Balouçamos próximo da falésia e o olhar perde-se no horizonte verde e azul. O Miradouro da Pedra da Sé tem a vista para o leito cheio do Mondego devido à…

Ler Mais

O baloiço do lobo em Pena Lobo

O resultado é muito feliz. Uma obra da natureza e da criatividade humana que conciliou um lago, uma paisagem com horizontes rasgados entre serras e um baloiço para apreciar a vista ao som do vento. É o lobo que deu o nome à aldeia, Pena Lobo, no concelho de Sabugal No alto de uma encosta,…

Ler Mais

A magnifica vista do Baloiço Javali em Meimão

O Baloiço Javali está no miradouro de Nossa Senhora do Pilar, onde temos uma das mais belas vistas da Beira Baixa. É na estrada que sobe a serra a caminho do Sabugal, numa pequena zona de descanso. Vemos a aldeia de Meimão rodeada de duas enormes lagoas que são parte da albufeira da barragem da…

Ler Mais

Os passadiços e mirantes do Parque do Barrocal mesmo ao lado de Castelo Branco

É interessante como estamos juntos da cidade de Castelo Branco e ao mesmo tempo sentimos uma profunda ligação telúrica e nos envolvemos num ambiente natural, quase selvagem, rude. “A crueza deste parque representa bem a crueza da região. Eu não sou de cá e o que me apaixona é precisamente isso, é muito cru e…

Ler Mais

Os flamingos da Lagoa de Óbidos

A lagoa de Óbidos é uma das maiores na Europa em água salgada. Tem 5km de extensão e a largura máxima não ultrapassa 1km. Devido à área e à sua localização, separada do oceano por um cordão de dunas, a lagoa é muito procurada como refúgio por aves, em particular a partir desta altura até…

Ler Mais

Esta é das melhores épocas para observar aves nas Salinas do Samouco

Com a migração de aves para o sul, para o continente africano, que está a decorrer, as Salinas do Samouco são uma “estação de serviço” de algumas espécies oriundas, por exemplo, da Sibéria. As Salinas do Samouco são um santuário para as aves na metrópole de Lisboa. É também um lugar único para passeios pela…

Ler Mais

Observação de aves nas fantásticas arribas do Douro

A observação de aves está agendada para o próximo fim de semana e é organizada pela Palombar. O roteiro é por lugares pouco conhecidos do nordeste de Trás-os-Montes e termina nas arribas do Douro, com paisagens fantásticas. Os participantes na iniciativa de observação de aves vão fazer o Percurso de Vilarinho dos Galegos – Trilho…

Ler Mais

Festival Observação de Aves em Sagres para toda a família

O Festival Observação de Aves & Atividades de Natureza de Sagres é o maior evento de natureza que se realiza em Portugal. Durante cinco dias, até 5 de Outubro, desenvolvem cerca de 200 atividades e a maior parte são dirigidas a famílias. Além da observação de aves há também a possibilidade de vermos golfinhos, fazermos…

Ler Mais

O surpreendente Museu Interactivo do Megalitismo de Mora

Surpresa é a melhor referência para definir o Museu Interactivo do Megalitismo de Mora. Surpresa pela arquitetura, pela descoberta e pelo modo como interagimos com o espaço que nos envolve. O museu assinalou este mês cinco anos e o ponto de partida foi a antiga estação de caminhos de ferro. A gare foi reformulada e…

Ler Mais

OLA Alqueva celestial no dia do Equinócio de Outono

Esta quarta-feira, dia 22 de Setembro, às 20.21h começa o Outono no Hemisfério Norte. Vamos assinalar o Equinócio com uma ida ao OLA Alqueva. A albufeira da barragem foi pioneira ao ser classificada como Reserva Drk Sky o que revela as suas qualidades para observação astronómicas. O primeiro observatório da Reserva foi o OLA, Observatório…

Ler Mais

O Cromeleque do Xerez e do Alqueva

O Cromeleque do Xerez repousa num terreno aberto, próximo do Convento da Orada e com vista para as muralhas de Monsaraz. É a segunda habitação para evitar que ficasse submerso com a barragem do Alqueva. Tem a forma de um quadrado e as linhas são definidas no terreno pelo alinhamento de 55 menires. Os menires…

Ler Mais