O traço firme do ilustrador Manuel Ribeiro de Pavia

Há edições notáveis onde registamos a mestria da escrita e o traço inesquecível do ilustrador que nos guia na imaginação. Um dos exemplos mais marcantes na literatura portuguesa das últimas décadas é Dinossauro Excelentíssimo de José Cardoso Pires com ilustrações de João Abel Manta.Contudo, a maior parte da vezes sobressai o escritor e esquecemos a…

Ler Mais

Mata da Rainha das “Minas de San Francisco” de Fernando Namora

Um roteiro nas minas de volfrâmio da Mata da Rainha, concelho de Fundão, que inspiraram Fernando Namora para o romance Minas de San Francisco. Há pouco mais de 75 anos, em plena II Guerra Mundial, Fernando Namora era médico em Monsanto, no concelho de Idanha-a-Nova, e testemunhou o alvoroço que se vivia na região transformada…

Ler Mais

Retalhos da vida de Fernando Namora

Fernando Namora queria ser arquiteto mas foi persuadido pela mãe a seguir Medicina.Da vocação de arquiteto encontramos o prazer da pintura. Uma faceta pouco conhecida e que pode ser descoberta na Casa-Museu, onde nasceu, em 2019, em Condeixa-a-Nova. Da carreira como escritor fica a observação clinica das relações sociais, da cultura, da luta pela sobrevivência…

Ler Mais

“Portugal” de Miguel Torga

Vou falar-lhes dum Reino Maravilhoso. Embora muitas pessoas digam que não, sempre houve e haverá reinos maravilhosos neste mundo. O que é preciso, para os ver, é que os olhos não percam a virgindade original diante da realidade e o coração, depois, não hesite. Ora, o que pretendo mostrar, meu e de todos os que…

Ler Mais

Agustina Bessa-Luís: a estação de Santarém tem “dos melhores azulejos”

Na sua viagem literária pelas Estações da Vida, Agustina Bessa-Luís descreve os azulejos em algumas paragens de comboio que funcionam como postais ilustrados dessa região. Na estação de Santarém encontram-se “dos melhores azulejos (…) muito vivo, muito honrados de realismo, com as feiras de gado e a corrida dos campinos a reunir as reses.” Os…

Ler Mais

Agustina Bessa-Luís: a gare de S. Bento, no Porto, é “a mais bela” em Portugal

Agustina Bessa-Luís, parca em elogios, não teve qualquer dúvida em qualificar a estação de S. Bento no Porto como “a mais bela” em Portugal. Ainda nas palavras da autora de As Estações da Vida, a “Gare de São Bento causa uma impressão grandiosa como nenhuma outra em Portugal”.Os turistas quando visitam a cidade vão de…

Ler Mais

Pinhão e Caminha nas Estações da Vida de Agustina Bessa-Luís

As Estações da Vida são pequenos apeadeiros na nossa memória e no caso de Agustina Bessa-Luís constituem um roteiro “baseado em memórias de viagens de pequeno curso que, desde a infância, me transportam de um lugar ao outro”. Pinhão e Caminha são dois desses lugares. Pinhão é um dos lugares de referencia do Douro e…

Ler Mais

Figueira da Foz podia ser a melhor “estação dos banhos” em Portugal

“Nenhuma outra praia em Portugal possui as condições da Figueira da Foz para tornar agradável a estação dos banhos. Batida do grande mar, tendo à direita a bonançosa baía de Buarcos e à esquerda os rochedos em que assenta o castelo de Santa Catarina, que defende a foz do Mondego, a vila da Figueira oferece…

Ler Mais

Ericeira, “depois Olhão, é esta terra mais asseada de Portugal”

A Ericeira tem cerca de uma dezena de praias e para todos os gostos. Umas protegidas por arribas e formam anfiteatros naturais. Outras em enseadas. A maioria a fazer frente ao impetuoso vento marítimo e, por vezes, a serrar o mar, como diz José Manuel Lourenço, homem do mar, natural da Ericeira e gosta de…

Ler Mais

Paço de Arcos – “a praia aristocrática dos subúrbios de Lisboa”

Há pouco mais de um século Paço de Arcos era uma das praias mais famosas da região de Lisboa. Em 1876 Ramalho Ortigão relatou que era “a praia aristocrática dos subúrbios de Lisboa”, embora se interrogasse sobre a aplicação em Portugal do conceito de aristocracia.Não foi o único a enaltecer a praia que, para outros,…

Ler Mais

Carlos Marques – o contador de histórias irrepetíveis

Carlos Marques é um dos vários andarilhos que anda pelo país a contar histórias. Entra em cena como se tratasse de uma conversa de café, com amigos, vai perguntando a cada um coisas da vida mundana, mas é um jogo, uma técnica de sedução que pratica em “bibliotecas, festivais, encontros, teatros, salas de espetáculo…”. A…

Ler Mais

Miguel Horta vai desenhar histórias com palavras

Miguel Horta é pintor e ilustrador e desde muito cedo se deixou encantar pela palavra. A palavra como instrumento de relação com os outros, um instrumento de compromisso social que foi impulsionado num contexto pessoal, “venho de uma geração pós 25 de Abril e houve uma organização que me influenciou muito, o Centro de apoio…

Ler Mais

O génio do contador de histórias António Fontinha

António Fontinha é genial a contar histórias. Não há que ter receio em o afirmar. Não sou o único a qualificá-lo deste modo. Outros contadores de histórias disseram-me que era obrigatório ver uma sessão de narração oral com António Fontinha. Tive essa oportunidade na Biblioteca do Palácio Galveias em Lisboa e confesso que fiquei com…

Ler Mais

Andante à procura do prazer da leitura

A Andante tem uma vocação muito singular: incentivar-nos a ler, a procurar o prazer da leitura. Cristina Paiva e Fernando Ladeira ganharam no ano passado o Prémio Ler+. Uma justa distinção por andarilhos que percorrem o país à procura de novos donos para as palavras que só existem quando ganham a vivência de um leitor…

Ler Mais

Constância a Vila Poema de Camões

Camões antes de ir para Ceuta terá estado em Constância. Na sua poesia fala no Tejo e no Zêzere. O degredo teria sido na Casa dos Arcos que fica mesmo em frente da confluência dos dois rios. José Hermano Saraiva, por sua vez, estava convencido que foi nas masmorras do antigo castelo de Punhete. Era…

Ler Mais

Torre de Moncorvo – a terra do bisavô de Jorge Luis Borges

Faz este sábado, 24 de Agosto, 120 anos que nasceu Jorge Luís Borges. Vamos conhecer o bisavô que há dois séculos partiu de Torre de Moncorvo. Francisco Borges deixou Moncorvo numa expedição militar para defender Colónia del Sacramento, uma bonita cidade que hoje pertence ao Uruguai e que permite o controlo da foz do Rio…

Ler Mais

Roteiro Tomás da Fonseca

Tomás da Fonseca foi professor, escritor, poeta, republicano, maçon e um homem de ideias firmes que não se deixou submeter aos interesses de ocasião. Teresa Branquinho, responsável da Biblioteca Branquinho da Fonseca em Mortágua, sublinha que a voz incómoda do escritor originou represálias que o afectaram do ponto de vista profissional.   Tomás da Fonseca foi…

Ler Mais

O roteiro de Aquilino Ribeiro

As obras de Aquilino Ribeiro são o melhor roteiro das terras por onde andou na Beira porque ele foi exímio em descrever esses lugares. Uma parte significativa dos seus romances narram vivências nos concelhos de Sernancelhe, onde nasceu, Moimenta da Beira, onde viveu, e Vila Nova de Paiva, terra do Malhadinhas. São as Terras do…

Ler Mais