A lenda de Ferreira do Alentejo foi até à Índia

Sem comentários

Ferreira do Alentejo tem um património muito rico em arte sacra e se acreditarmos na voz popular até tem uma das santas dos Descobrimentos.

Nossa Senhora da Conceição ©CM Ferreira do Alentejo
Nossa Senhora da Conceição ©CM Ferreira do Alentejo

É a imagem de Nossa Senhora da Conceição. É do século XVI e sabe-se que um fidalgo de Ferreira do Alentejo a ofereceu a Vasco da Gama. Até aqui parece não haver grandes dúvidas, muito mais incerto é que tenha participado na viagem da descoberta do caminho marítimo para a Índia.

Vista de Ferreira do Alentejo - ©  C. M. Ferreira do Alentejo
Vista de Ferreira do Alentejo – © C. M. Ferreira do Alentejo

A imagem tinha todas as condições para seguir viagem porque ao ser feita em roca é muito leve e facilmente transportável.

Igreja de Ferreira do Alentejo  - ©  C. M. Ferreira do Alentejo
Igreja de Ferreira do Alentejo – © C. M. Ferreira do Alentejo

A imagem está na Igreja Matriz.  Aqui está mais segura e a viagem que agora faz é na procissão de 8 de Dezembro até à igreja com o mesmo nome, a antiga Ermida de S. Pedro. É no dia da festividade de Nossa Senhora da Conceição.

Apesar da história que envolve Nossa Senhora da Conceição, de todos os templos religiosos de Ferreira do Alentejo, o mais conhecido e ícone da vila é a Capela do Calvário ou de Santa Maria Madalena.

Capela do Calvário - © C. M. Ferreira do Alentejo
Capela do Calvário – © C. M. Ferreira do Alentejo

A dúvida do nome tem a ver com a interpretação que é feita das pedras de granito que estão incrustadas nas paredes redondas e caiadas de branco, com uma faixa amarela, uma arquitectura religiosa muito singular. Na região só há uma capela semelhante. É em Peroguarda e é um pouco mais pequena. Também é designada por dois nomes: Capela de Santa Maria Madalena ou Calvário das Pedras Negras.

A capela de Ferreira do Alentejo está num lugar muito acessível aos visitantes, numa praça recentemente requalificada, à entrada da vila, e foi classificada como Monumento de Interesse Público.

Conforme diz o Presidente da Câmara de Ferreira do Alentejo, Aníbal Reis Costa, quem a vê pela primeira vez fica maravilhado com a arquitectura.

A capela é muito pequena, pode-se visitar, embora o espaço interior seja ainda mais reduzido. A capela já foi mudada de local três vezes com o objectivo de ser protegida, colocada em lugares de menor risco.

Há uma forte preocupação de a preservar porque ela é o ícone da vila. Está replicada em miniaturas, louça e muitos outros artefactos que leva até muito longe o nome de Ferreira do Alentejo.

Logo do concelho © C.M. Ferreira do Alentejo
Logo do concelho © C.M. Ferreira do Alentejo

Até o logótipo do concelho é estilizado com base no formato da Capela e associa ainda a produção olivícola, um dos sectores económicos relevantes do concelho.

Ferreira do Alentejo tem também um museu de arte sacra, inaugurado há dois anos, e um museu municipal.

Homenagem à Ferreira © C. M. Ferreira do Alentejo
Homenagem à Ferreira © C. M. Ferreira do Alentejo

Na vila há ainda espaços ajardinados e estatuária, designadamente a homenagem à Ferreira.
Nas proximidades de Ferreira do Alentejo destaca-se o sitio arqueológico Porto Torrão, uma vila romana, que é o maior achado em Portugal de vestígios com cerca de 5 mil anos.
As escavações começaram em 2008 e o processo está na fase de catalogação e preservação.

A lenda de Ferreira do Alentejo foi à Índia faz parte do podcast semanal da Antena1 Vou Ali e Já Venho e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, A lenda de Ferreira do Alentejo foi à Índia, pode ouvir aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s