As grutas de Alvados têm uma catedral

Sem comentários

É um percurso de meio quilometro onde se sucedem pequenas salas repletas de formações calcárias, douradas  e rendilhadas. Quando chegamos à Catedral destaca-se um fóssil com milhares de anos, um cervo, da família dos veados.

A gruta de Alvados tem ainda os oolíticos, uma formação calcária única nesta região e muitos cristais de calcite.

Estalactite com uma forma curiosa
Estalactite com uma forma curiosa

É, por isto, muito diferente da gruta vizinha de Santo António, que dista a pouco mais de um quilómetro.

A gruta de Alvados terá cerca de 50 mil anos, tem pequenos lagos naturais que reflectem as estalactites e é composta por pequenas salas repletas de formações suspensas no teto ou erectas a partir do solo.

Planeta Maravilhoso
Planeta Maravilhoso

Uma das mais espetaculares é o Planeta Maravilhoso e o nome da sala faz jus às várias formações calcárias que são visíveis.
Vê-se ainda um algar, um poço natural que tem mais de 70 metros de profundidade.

Uma das salas
Uma das salas

A parte visitável da gruta vai até aos 44 metros de profundidade e o percurso não é muito irregular. A gruta tem duas grandes áreas que foram ligadas por túneis.

Túnel artificial
Túnel artificial

Foi construído um outro túnel artificial, para a saída da gruta e que dá acesso ao edifício de apoio que serve também de bilheteira.

Inúmeras estlactites
Inúmeras estlactites

Parte da gruta já era utilizada por pastores há algumas centenas de anos. A outra área foi descoberta em 1964 e só abriu ao público em 1973 devido aos trabalhos realizados para se visitar com segurança. Foi também construída a ligação rodoviária à gruta de Santo António, pelo meio da Serra dos candeeiros.

Vista de um ponto mais alto no interior da gruta
Vista de um ponto mais alto no interior da gruta

A gruta está no meio de uma encosta e tem uma vista interessante para as serras. O percurso de acesso é também interessante, com as paisagens circundantes e muitas construções em pedra: muros, pequenas casas… parecem, por vezes, linhas brancas a serpentear a montanha.
As grutas de Alvados e Santo António estão próximas e situam-se no concelho de Porto de Mós.

O Bolo de Noiva com milhões de anos nas Grutas da Moeda faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui. A emissão deste episódio, O Bolo de Noiva com milhões de anos nas Grutas da Moeda, pode ouvir aqui.

O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:
Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s