Ah! que se chá! em Tinalhas

Sem comentários

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ah! que se chá! Não é fácil de dizer. Mas como se escreve é fácil de descobrir porque uma das ruas tem o nome da festa que se realiza na véspera do dia de reis, em 5 de Janeiro.

A origem é desconhecida. Passou de geração em geração e os mais antigos remetem para o percurso dos reis magos. O povo percorre as ruas da aldeia durante a noite com gente a tocar música e onde sobressai o som dos bombos. É uma disputa entre solteiros e casados que tocam noite fora até que um grupo desista.
site_tinalhas_DSCF1542No passado a música a despique nem sempre terminava bem, conta Maria Ramos, natural de Tinalhas. “Por vezes terminava à bulha”.
site_tinalhas_mulheres_DSCF1551É que a festa é acompanhada de filhós, vinho e jeropiga oferecida pelo povo. Os três reis magos percorrem as ruas e param nas casas que têm uma luz à porta. Cantam e em troca recebem uma oferenda.
site_tinalhas_DSCF1553O Ah! que se chá!, pelo menos com esta designação, é um exclusivo de Tinalhas e reúne também pessoas de outras freguesias. O ponto de encontro é o Largo do Espírito Santo, em frente de uma capela, onde também se faz o madeiro para ajudar a combater o frio ao longo da noite.
site_tinalhas_filarmonica_DSCF1561Os dois grupos que tocam a despique são acompanhados pelos músicos da Banda Filarmónica que foi fundada em 1828 pelo primeiro Visconde de Tinalhas. No inicio os ensaios eram no quintal da casa do visconde.
site_tinalhas_DSCF1534É uma casa apalaçada que fica em frente da igreja. Na fachada está o brasão dos viscondes e uma frase que lembra como eram militares temíveis na expansão portuguesa por terras de Marrocos.

site_tinhalas_viscondeOs viscondes de Tinalhas tinham a principal casa agrícola da freguesia, algumas das habitações mais abastadas são pertença da família e do feitor e tinham a fama de ajudar os mais necessitados.
site_tinalhas_casa_agricolaMaria Ramos cita os pais para lembrar que o visconde “era amigo de dar. Todas as sextas-feiras vinham buscar sopa e pão que ele dava aos mais pobres”. Maria Ramos recorda-se de ir à praça buscar leite e por vezes encontrava sentado o visconde que gostava de ter uma conversa e “por vezes dava uma moedinha”.

Maria Ramos
Maria Ramos

Ah! que se chá! em Tinalhas faz parte do podcast semanal da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e pode ouvir aqui.
A emissão deste episódio, Ah! que se chá! em Tinalhas, pode ouvir aqui.

O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s