Etiqueta: whotrips

A arca de Noé no Parque Biológico da Serra da Lousã

O Parque Biológico da Serra da Lousã tem cerca de 400 animais de 47 espécies e representam uma parte significativa das raças autóctones portuguesas. Algumas já nem existem como é o caso dos ursos pardos que há mais de dois séculos ainda andavam na serra do Gerês. No Parque há um casal, a Berta e o

Continue a ler

Burros Anão da Graciosa com sotaque italiano

O italiano Franco Ceraolo tem uma pequena propriedade na ilha Graciosa onde andam mais de quinze burros. Todos têm um nome, Franco chama-os, assobia e fala com eles em italiano. Num ambiente calmo, distendido entre o verde do pasto e o Oceano Atlântico que fica mesmo ao lado. São todos exemplares do Burro Anão da Graciosa,

Continue a ler

Francisco Miguel regressa da Estrela com 850 ovelhas

Francisco Miguel há 21 anos que faz a transumância com as ovelhas bordaleiras à Serra da Estrela. Desta vez teve de regressar mais cedo porque algumas das ovelhas estavam grávidas e duas ou três “já tinham parido e depois não há tempo para guardar os borregos”. Estão de regresso a Santa Comba de Seia. Encontrei-o no

Continue a ler

Penalva do Castelo – presidente de Câmara sugere Roteiro Renascer

O Roteiro Renascer é da autoria de Francisco Lopes de Carvalho. O presidente da Câmara de Penalva do Castelo sugere um roteiro pelo seu concelho com destaque para o património natural e histórico. Francisco Lopes de Carvalho sugere também uma visita ao Mosteiro do Santo Sepulcro, classificado como Imóvel de Interesse Público e que se

Continue a ler

A Graciosa Reserva da Biosfera

A Graciosa é a ilha mais baixa e a segunda mais pequena do arquipélago dos Açores. Tem cerca de 60km2 de área. De carro dá-se a volta à ilha em uma hora. Tem uma vegetação menos densa que as outras ilhas e mais baixa. Já foi considerada “o celeiro dos Açores”. Apesar da interferência do

Continue a ler

Mergulho na pré-história no Museu de Mação

O Museu de Arte Pré-histórica e do Sagrado no Vale do Tejo é um autêntico banho de imersão na pré-história. Podemos ver objectos, muitos deles originais, fazer uma visita guiada a pinturas rupestres no parque arqueológico do rio Ocreza, recolher informação numa biblioteca especializada e até visitar laboratórios e conversar com investigadores nacionais e estrangeiros. Cada

Continue a ler

As Portas de Almourão antes da Foz do Cobrão

Foz do Cobrão é uma aldeia que surpreende pela paisagem e pela praia fluvial. Tem ainda o encanto da vista das Portas de Almourão. O nome da aldeia deriva da foz do Rio Cobrão ter lugar aqui, desaguando no Rio Ocreza. Foz do Cobrão pertence ao concelho de Vila Velha de Ródão e está no

Continue a ler

A aldeia fortaleza de Figueira

  Figueira é uma pequena aldeia fortaleza e mantém os traços genuínos do casario de xisto. O núcleo mais antigo está quase todo em “estado bruto” com poucos vestígios de modernidade. As casas estão concentradas junto a uma ribeira e alinhados ao longo do monte. Domina o xisto em ruelas muito estreitas, com traçado medieval. A

Continue a ler

O renascer de Álvaro e do esqueleto do capitão

O renascer na aldeia de Álvaro tem um duplo significado e uma história de dois séculos. Primeiro vamos ao episódio mais recente. O grande incêndio de Outubro do ano passado que devastou toda a zona circundante e 40 casas de Álvaro. O horizonte começa a dar sinais de renascer mas ainda há manchas de serras

Continue a ler

O motim da água e o misterioso desaparecimento do pelourinho de Torres Vedras

Torres Vedras é uma terra de abundância de vinho e água. Um dos monumentos mais fotografados e com grande relevância histórica é o Chafariz dos Canos mas a sua história está também relacionada com a secura a que foram sujeitos os presos. O chafariz é de estilo gótico, foi construído no século XIV e agora

Continue a ler