O castelo que mudou a cidade de Pombal

O castelo de Pombal é uma das principais fortalezas da Reconquista.
Foi profundamente inovador na época da sua construção, no final do século XII. São exemplos a introdução em Portugal da torre de menagem e do alambor.


A arte e o saber da Guerra Santa foi transportado para o monte que deu origem à cidade de Pombal. Atribui-se a ao mestre templário D. Gualdim Pais a introdução destas estruturas defensivas depois da sua passagem pelo Médio Oriente como cruzado.

Castelo de Pombal
Castelo de Pombal

Os templários construíram o castelo sobre um maciço rochoso e ao longo do tempo adaptaram a fortificação a novos desafios da guerra. No entanto, passados poucos anos, com a Reconquista a chegar a Santarém e depois a Lisboa, o castelo deixou de ter relevância militar, como todos os outros que pertenciam à linha defensiva do Mondego e protegiam Coimbra.
site_castelo_interior_DSCF8394
O rei D. Manuel não se conformou com a decadência da fortaleza e reformulou a sua função adaptando-a a residência.

Janela manuelina
Janela manuelina

Surgiu uma bonita janela manuelina, varandas com colunas e uma nova porta que ainda tem a marca que o rei deixava nas suas obras.
Curiosamente também o povoado no sopé do monte acompanhou esta mudança.

Vista para a parte moderna da cidade
Vista para a parte moderna da cidade

Grabriela Marques trabalha no posto de acolhimento do castelo e diz que quando o castelo foi edificado a cidade foi-se construindo para Este. Depois, quando D. Manuel recuperou e transformou a fortaleza, mandou construir outra porta que continua a ser a principal.
site_castelo_exterior_DSCF8390A partir desta altura a cidade alargou-se no sentido do mar.
A porta manuelina continua a ser o ponto de entrada e até acentua a imponência das muralhas.

A primeira porta de acesso ao castelo
A primeira porta de acesso ao castelo

No entanto, remete para um plano secundário o outro lado do castelo onde ainda está aquela que foi a única porta de acesso até 1506.

Igreja Santa Maria
Igreja Santa Maria

Neste lado o que mais surpreende é a cabeceira da igreja Santa Maria. É apenas o que resta do edifício. O interior está pintado de branco, com tecto oval e vestígios do retábulo.
site_castelo_interior_DSCF8400Mais uma vez a inovadora e robusta fortaleza revelou-se frágil. Agora a culpa foi de Napoleão e do general Massena, na Terceira Invasão Francesa.
Os militares deixaram um rasto de destruição. Estavam em retirada e destruíram uma parte importante do património. As pessoas, como precisavam de materiais para reconstruir as suas casas recorreram às pedras do castelo.
Só em meados do século XX o castelo volta a ter obras de reconstrução e, de certa forma, é o que chega aos dias de hoje.

Torre com acesso por escada
Torre com acesso por escada

Recentemente foram acrescentadas algumas estruturas que ajudam a visitar o castelo, como por exemplo a escadaria que nos leva ao topo da torre de menagem e que nos oferece uma excelente vista.
site_castelo_interior_6545No posto de turismo há ainda material multimédia que nos ajuda a descobrir a construção do castelo e a influência em toda a área envolvente ao longo de séculos.
O castelo de Pombal está classificado como Monumento Nacional.

site_castelo_interior_DSCF8406O castelo que mudou a cidade de Pombal faz parte do programa da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.
O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo