Passadiço da praia e ambiente Azul

O Passadiço da Praia Azul é ótimo para relaxar, em particular nos dias de semana, quando é menor a frequência de visitantes que vão contemplar o mar, as dunas e a bonita foz do rio Sizandro. Um ambiente natural que percorre um longo areal entre duas falésias. A natureza exprime-se de uma forma mais versátil…

Ler Mais

Passadiços da Foz do Arelho: sete miradouros oceânicos 

As arribas na Foz do Arelho exercem um forte fascínio para quem deseja contemplar a natureza de forma solitária. O mar, as arribas, as dunas e mais adiante as praias de Foz do Arelho e do Bom Sucesso, do outro lado da Lagoa de Óbidos. O mar é o cenário de fundo, permanente. Com maresia,…

Ler Mais

Passadiços das fragas de S. Simão: da aldeia de xisto a um mergulho na piscina fluvial

Os passadiços das Fragas de S. Simão têm pouco mais de 1.700 metros de extensão, entre o miradouro das fragas e a aldeia Casal de S. Simão. Oferecem-nos uma praia fluvial, memórias de azenhas, um ambiente romântico e um enquadramento natural único. Um dos pontos de partida é uma das mais bonitas aldeias de xisto.…

Ler Mais

Momo – Museu do Circo na Foz de Arouce e da nossa infância 

Todas as escolas do ensino básico deviam ser iguais ao Momo. O Museu do Circo está instalado numa antiga escola primária, quase centenária, em Foz de Arouce, concelho da Lousã. É um encanto e um deslumbramento para os sentidos, memórias e sonhos. É a concretização do sonho de Detlef Schafft: “Estou muito feliz com a…

Ler Mais

Manuel Dias e “o sopro que dá vida aos bonecos”

Manuel Dias é muito versátil na arte das marionetas. Também um apaixonado pelo que faz. Constrói os bonecos e podemos vê-lo e ouvi-lo com os D. Roberto, no espetáculo Robertos, Viola e Campaniça, ou a manusear marionetas no La Minuta e, com imensa sensibilidade, a dar vida e a “dialogar” com as marionetas num palco.…

Ler Mais

A diversão da magia de Vitor Costa e dos Robertos Santa Bárbara vai fazer um século

Vitor Costa é o único bonecreiro de teatro popular de marionetas, Dom Roberto, que dá continuidade à tradição familiar. Um legado que se aproxima de um século. A aprendizagem no seio da família, com a transmissão de conhecimento de geração para geração “vem do avô dos meus irmãos que passou para o meu pai e…

Ler Mais

Maranho da Sertã:quem gosta é para sempre

Começa hoje o Festival do Maranho da Sertã. Uma oportunidade para se provar um prato regional com ingredientes e um modo muito particular de confecionar em que o recheio é colocado dentro do revestimento do estomago de um caprino e depois cosido à mão com uma linha. O recheio do Maranho da Sertã é “carne…

Ler Mais

O saboroso Covilhete de Vila Real

O covilhete de Vila Real tem a forma de uma empada, mas é muito mais do que isso. Tem um sabor muito próprio e marca a gastronomia e a cultura de uma região. “O covilhete é uma empada de carne que em Vila Real utilizamos muito. Já desde o século passado que o covilhete era…

Ler Mais

Beja tem um Porquinho Doce conventual e irresistível

O legado conventual tem uma forte influência na doçaria de Beja e um dos doces mais afamados é o porquinho. “É o doce emblemático do café pastelaria Luiz da Rocha e da doçaria regional. Corre mundo pela mão dos nossos emigrantes.” O café, pastelaria e restaurante Luiz da Rocha – o café mais antigo de…

Ler Mais

A doce Fábrica de Santo António no Funchal

Bolo de mel de cana, biscoitos, compotas, bolachas… é uma enorme variedade de doces que nos levam à Fábrica de Santo António, no Funchal. No entanto, quando entramos o que mais nos cativa a atenção é o colorido das latas que enchem as prateleiras. São a marca da fábrica que foi a primeira a fabricar…

Ler Mais

Passadiços no espectacular Cerro da Candosa

O cerro da Candosa é deslumbrante e com os passadiços (que foram inaugurados este ano) temos uma vista ainda mais fascinante do desfiladeiro onde corre o rio Ceira e termina numa bela praia fluvial. Os passadiços percorrem um morro rochoso que no alto tem uma capela dedicada à Senhora da Candosa. Um dos extremos desce…

Ler Mais

A espetacularidade e a beleza dos passadiços do Orvalho

Os passadiços do Orvalho têm cascatas, miradouros, geomonumentos, uma ribeira para acompanhar, moinhos e muita natureza. Ficamos fascinados com a beleza e a imponência em alguns lugares. O percurso é de 9km, mas só uma parte tem passadiços, que correspondem a lugares mais interessantes e que eram de difícil acesso. É o caso da cascata…

Ler Mais

Passadiços da Ribeira das Quelhas no “Evereste” da serra da Lousã  

Os Passadiços da Ribeira das Quelhas, na serra da Lousã, é um desafio à nossa força de vontade, um exercício de gestão de esforço e um encanto para quem gosta de lugares agrestes e selvagens. No testemunho de um visitante, quando se chega ao topo dizemos “consegui. Parece que chegámos ao pico do Evereste”. A…

Ler Mais

Trilho no rio Ceira com ponte suspensa do Linteiro

Vamos atravessar o rio Ceira numa ponte metálica suspensa e aproveitamos para tomar banho num dique. O trilho vai até Góis e ao longo do percurso temos praias fluviais, recantos da natureza e pequenos povoados com vista para os Penedos de Góis. As paisagens naturais, o isolamento em algumas zonas da serra da Lousã e…

Ler Mais

Passadiços de Ortiga: à descoberta da Rota das Pesqueiras e Lagoas do Tejo

É um passeio para a família. Tem pouco mais de dois quilómetros, ida e volta, é quase sempre plano e algumas partes com sombra. O contacto com a natureza, o rio Tejo e a vista ampla a partir do miradouro, são alguns dos atributos que marcam a Rota das Pesqueiras e Lagoas do Tejo. Mas…

Ler Mais

Um roteiro literário, duplamente belo, inspirado em obra de Saramago: Da Vila (de Lavre) à Ponte Velha

José Saramago fez várias vezes este percurso. Da Vila à Ponte Velha, que no livro Levantado do Chão, é do Monte Lavre à Ponte Cava. É um trilho paralelo à ribeira de Lavre, de cerca de 3km, e termina num lugar belo. O final do percurso é numa ponte em ruínas. “Era esta ponte, apenas…

Ler Mais

A surpresa da Arte Pública Rural em Ulme

À entrada de Ulme, uma freguesia do concelho da Chamusca, somos surpreendidos com um enorme mural que cobre a empena de uma casa e retrata a apanha tradicional do arroz. É uma feliz simbiose do património natural e cultural da vila que é vizinha da ribeira de Ulme e que permite a produção de arroz.…

Ler Mais

A deslumbrante Achada do Gamo nas minas de S. Domingos

As minas de S. Domingos, no concelho de Mértola, foram durante anos a maior exploração mineira em Portugal. Encerraram em 1966, deixaram um vasto património industrial que durante algum tempo esteve ao abandono e que, de certa forma, acrescentou a beleza resultante da fragilidade e da decadência dos materiais. Onde se tem mais esta sensação…

Ler Mais