Museu Alberto Gordillo – o pioneiro da joalharia contemporânea portuguesa

É um museu que nos surpreende. Em Moura, terra natal do artista, estão em exposição cerca de meia centena de peças reveladoras de uma criatividade singular e com materiais inusitados. Joias de acrílico, cobre, latão ou componentes de transístores formam conjuntos com prata e pedras semipreciosas. Alberto Gordillo, considerado o pioneiro da joalharia contemporânea portuguesa,…

Ler Mais

A perdição da Casa de Camilo

Camilo Castelo Branco raptou Ana Plácido, foram julgados por adultério e, anos depois, o casal foi morar para a casa mandada construir pelo antigo marido da segunda mulher de Camilo. Foi também aqui que o escritor morreu, junto do seu “amor de perdição”. O enredo é camiliano e ainda hoje desperta a curiosidade de milhares…

Ler Mais

A mãe, as pupilas e os rios no Museu de Aguarela Roque Gameiro

É o único museu em Portugal dedicado exclusivamente à aguarela e está em Minde, a terra natal de Alfredo Roque Gameiro, um dos mestres nacionais da aguarela. O acervo do Museu de Aguarela Roque Gameiro tem mais de 150 obras. Abrange outros pintores e tem algumas das obras mais relevantes do artista natural de Minde…

Ler Mais

Vila Ruiva “Capital do Fresco”

Vila Ruiva, no concelho de Cuba, auto intitula-se Capital do Fresco. São pinturas murais, algumas remontam ao século XVI, e encontram-se na igreja matriz e em habitações. O processo decorativo tem raízes históricas no Alentejo. Uma das habitações com frescos é uma antiga casa senhorial da família de João Pedro Cappas. As pinturas são visíveis…

Ler Mais

Museu do Traje e da identidade do Minho

O Museu do Traje de Viana do Castelo é um deslumbramento para os nossos sentidos. Uma enorme diversidade de cores, brilhos e formas que dão corpo ao traje tradicional. O tesouro da identidade regional fica completo na sala do ouro com várias peças de ourivesaria tradicional. São três pisos repletos de trajes tradicionais com cores exuberantes.…

Ler Mais

As preciosidades do Museu do Automóvel de V. N. Famalicão

O Museu do Automóvel de Vila Nova de Famalicão é um deslumbramento, mesmo para quem não tem um especial apreço por carros, porque nos transporta para um universo de memórias pessoais ou familiares.  A história do século XX retratada por automóveis. Deparamos com surpresas. Num edifício com um salão enorme e muito alto temos uma…

Ler Mais

O regresso à infância no Museu do Brinquedo Português em Ponte de Lima

O Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima tem milhares de peças em exposição e a particularidade de funcionar como uma máquina no tempo. De nos fazer regressar à infância. A coleção é infindável de brinquedos antigos e encontramos uma grande variedade, quase todos, feitos em Portugal. Da autoria de pequenos fabricantes, de estrutura…

Ler Mais

O ninho de ovos de dinossauros é um dos fósseis “excecionais” do Museu da Lourinhã e do Mundo

Os dinossauros da Lourinhã constituem um fabuloso património que transporta o nome da vila portuguesa para centros de ciência natural em todo o mundo. Uma das peças de valor excecional é um ninho de ovos de dinossauros com embriões. O Museu da Lourinhã é uma montra desse património que rapidamente conquistou a comunidade local que…

Ler Mais

Museu Berardo Estremoz: provavelmente o maior museu de azulejos em todo o mundo

O Museu Berardo Estremoz é um espaço fantástico de histórias, técnica, beleza e reflexo dos gostos de várias civilizações nos últimos oito séculos. Histórias contadas com ironia ou a fé expressa na iconografia religiosa. Apercebemo-nos também da técnica, do design e dos diversos modos de produção que vão da antiga Pérsia a artistas e arquitetos…

Ler Mais

O inédito e surpreendente museu navio hospital Gil Eannes

Faz esta semana 25 anos que o navio Gil Eannes regressou a Viana do Castelo para ser transformado num magnífico museu que ilustra a sua função de navio hospital junto da frota bacalhoeira. A data é assinalada com a inauguração de uma exposição e  a apresentação do “Álbum de Navios da Pesca do Bacalhau”. O…

Ler Mais

Moinho do Papel em Leiria “aqui se fabricou o primeiro papel português”

O Moinho do Papel em Leiria foi pioneiro em Portugal na produção de papel. A matéria prima eram trapos. O moinho tem mais de 600 anos e a estrutura foi reabilitada recentemente por Siza Vieira. O enquadramento natural é também muito bonito. São vários os motivos que justificam uma visita ao Moinho do Papel em Leiria.…

Ler Mais

O Mondego no início é um Mondeguinho

O maior rio português que nasce em Portugal começa com um ligeiro fio de água. Mais parece uma fonte e em algumas épocas do ano o fio de água é intermitente. Ao lugar, na serra da Estrela, percebe-se porque deram o nome de “Mondeguinho”. O Mondeguinho, a 1425 metros de altitude, na serra da Estrela,…

Ler Mais

Os Olhos de Água que observam a nascente do rio Alviela

A nascente do rio Alviela, no concelho de Alcanena, é uma surpresa da Natureza para descobrir, no verão para refrescar numa praia fluvial, e até podemos visitar um Centro de Ciência Viva. Um fio de água surge por entre um vale estreito, profundo, coberto por vegetação e escarpas de rocha calcária. A maior parte do…

Ler Mais

A nascente imprevisível do rio Nabão

O rio Nabão nasce um pouco antes de Ansião numa zona calcária e, por isso, é muito imprevisível. “Dá nas vistas” quando chove muito. Em muitos outros dias corre discretamente pela zona cársica. O Nabão é um rio de extremos. Um pouco depois da nascente podemos observar que “quando é na altura das chuvas, por…

Ler Mais

Antiga cadeia de Lagos é um espaço de liberdade criativa

De uma prisão se fez liberdade. Até a solitária da antiga cadeia de Lagos é espaço para criatividade. Cada uma das 15 celas, distribuídas por dois pisos, foi transformada num atelier e a penumbra ganhou vida com experiências artísticas. Esta sexta feira e no sábado decorre o LAC Dia Aberto, uma boa oportunidade para descobrir…

Ler Mais

Aprender música nas celas de uma antiga prisão em Arganil

O ambiente que impunha a solidão dos presos, nas antigas instalações da GNR de Arganil, ajuda agora os jovens a concentrarem-se na aprendizagem de música. As celas são espaços pequenos. As grades de ferro continuam nas janelas e as paredes estão forradas com cortiça para ajudar na acústica de quem está a aprender a tocar…

Ler Mais

Torres Vedras: antigo matadouro é centro de artes e criatividade

O Centro de Artes e Criatividade de Torres Vedras é uma boa metáfora de como se transforma a morte em vida.Como um antigo matadouro, concebido no final do século XIX, se transformou em espaço de criatividade e até de manifestação de alegria com uma exposição permanente dedicada ao carnaval. O Centro de Artes e Criatividade…

Ler Mais

Évora: matadouro centenário que Pó de Vir a Ser

O “matadouro passou a criadouro”. A expressão é de Mariana Mata Passos, dirigente da associação Pó de Vir a Ser, e espelha o resultado da transformação de um matadouro centenário em Évora num espaço de criação. A mudança foi em 1986 quando o conjunto de edifícios estava devoluto. O Matadouro é de finais do século…

Ler Mais