Uma descida ao centro da Terra na Furna de Enxofre

A sensação quando entramos na Furna de Enxofre, na Ilha Graciosa é que estamos a entrar no centro da Terra. A gruta tem quase 200 metros de comprimento e na parte central a altura é de 50 metros. O teto faz uma abobada, a maior na Europa de origem vulcânica. Há duas entradas de luz e em todo o espaço um ligeiro cheiro a enxofre. … Continue a ler Uma descida ao centro da Terra na Furna de Enxofre

O ícone da Graciosa

Os moinhos da Graciosa destacam-se entre o verde da ilha açoriana. A forma e a cor vermelha fazem destes moinhos um ícone. A cúpula vermelha que termina em bico é o elemento que mais se destaca. É também o que mais facilmente determina a sua origem europeia. Dizem que o vermelho é a cor original e este tipo de moinho terá sido introduzido nos Açores … Continue a ler O ícone da Graciosa

Uma embaixada açoriana de Queijadas da Graciosa

É um doce regional em forma de estrela e hoje é um dos produtos certificados com a marca Açores e com projecção internacional. No entanto, as Queijadas da Graciosa são apenas produzidas em São Mateus, próximo da Vila da Praia e por isso são chamadas na ilha por Queijadas da Praia. Antes chamavam-se Covilhetes de Leite e eram produzidos em casa de forma tradicional. Fazia parte … Continue a ler Uma embaixada açoriana de Queijadas da Graciosa

Burros Anão da Graciosa com sotaque italiano

O italiano Franco Ceraolo tem uma pequena propriedade na ilha Graciosa onde andam mais de quinze burros. Todos têm um nome, Franco chama-os, assobia e fala com eles em italiano. Num ambiente calmo, distendido entre o verde do pasto e o Oceano Atlântico que fica mesmo ao lado. São todos exemplares do Burro Anão da Graciosa, uma raça autóctone reconhecida há três anos. Caracterizam-se por serem … Continue a ler Burros Anão da Graciosa com sotaque italiano

A Graciosa Reserva da Biosfera

A Graciosa é a ilha mais baixa e a segunda mais pequena do arquipélago dos Açores. Tem cerca de 60km2 de área. De carro dá-se a volta à ilha em uma hora. Tem uma vegetação menos densa que as outras ilhas e mais baixa. Já foi considerada “o celeiro dos Açores”. Apesar da interferência do homem no meio ambiente a Graciosa preserva ecossistemas em grande … Continue a ler A Graciosa Reserva da Biosfera

Rota da água na Graciosa

Na Graciosa por vezes dizem na brincadeira que na ilha há mais vinho do que água. A brincadeira tem a ver com duas referencias históricas. A boa qualidade do vinho que até tem o estatuto de Denominação de Origem para vinhos licorosos e espumantes. A outra referencia tem a ver com a escassez de água potável na segunda ilha mais pequena dos Açores e com … Continue a ler Rota da água na Graciosa

Manuel Estrela o pescador “campeão” na Graciosa

Vamos à pesca na Graciosa na companhia de Manuel Estrela o mestre do Magda Benjamim. O “campeão da Graciosa” na pesca do goraz, conforme ele diz, tem o barco no cais da Vila da Praia. Manuel Estrela nasceu na ilha de S. Miguel e há sete anos que vive na Graciosa. Tem “45 anos de vida de mar” e começou nesta actividade aos 15 anos … Continue a ler Manuel Estrela o pescador “campeão” na Graciosa

As Sopas do Espírito Santo

No próximo fim de semana (20 de Maio) realiza-se nos Açores o primeiro bodo do Espírito Santo. É uma festa marcante da cultura açoriana e está espalhada pelos caminhos da emigração. Está de tal forma enraizada que mesmo em pequenas localidades juntam-se centenas de pessoas. Caso apareça há também o hábito de convidar os forasteiros. É a manifestação de um modo de vida instável que … Continue a ler As Sopas do Espírito Santo