Algodres tem um pelourinho “com uma altura que é uma coisa maluca”

Os relatos de viagens estão cheios de hipérboles e uma das inspirações é em Algodres. Estamos a 700 metros de altitude, no topo de uma encosta, e o miradouro do alto da vila é uma das varandas com melhor vista para a serra da Estrela.O granito domina no casario. Na construção das casas e nos penedos enormes que na encosta separam a parte mais recente … Continue a ler Algodres tem um pelourinho “com uma altura que é uma coisa maluca”

Nem a morte serenou a amada de Camões

É na igreja do Convento do Beato  que estão os restos mortais de Violante Andrade, a ama por quem Camões se apaixonou e que lhe marcou a vida. Fica na Alameda do Beato, em Lisboa. Violante Andrade era casada com o Conde de Linhares e, na interpretação de José Hermano Saraiva, teve um caso amoroso com Luís de Camões, em Coimbra, que marcou para sempre … Continue a ler Nem a morte serenou a amada de Camões

O retrato da apaixonada de Camões

Violante, uma das paixões de Camões, era loura e o seu retrato está num quadro na capela da Santa Casa da Misericórdia de Algodres. Violante Andrade era uma falsa loura como na altura era moda na corte. Segundo a interpretação de José Hermano Saraiva, podemos conhecer a ama e a amada de Camões numa pintura que hoje se encontra ao lado do altar-mor da capela … Continue a ler O retrato da apaixonada de Camões