Praia fluvial de Valhelhas: a banhos na serra da Estrela

A caminho de Manteigas, numa das entradas da serra e já com a altitude nos 521 metros, vamos refrescar-nos no meio da natureza. A praia fluvial de Valhelhas é das primeiras a tirar proveito da frescura das águas do Zêzere. O rio aqui ainda é jovem. A nascente fica um pouco mais acima, não muito longe. Um pequeno dique agiganta o ligeiro curso do Zêzere e … Continue a ler Praia fluvial de Valhelhas: a banhos na serra da Estrela

Janarde de pura natureza junto ao rio Paiva e no meio de serras de Arouca

Janarde é uma pequena aldeia do concelho de Arouca que preserva fortes traços do universo rural e está num lugar isolado. Serras cercam o vale. Estamos rodeados de natureza. Fora do pequeno espaço urbano os únicos vestígios da intervenção humana são os cabos de transporte de energia eletrica e o serpentear da estrada. Quem define o caminho da rodovia são cerca de uma dezena de … Continue a ler Janarde de pura natureza junto ao rio Paiva e no meio de serras de Arouca

Os mais antigos seres vivos no Museu das Trilobites

O Museu das Trilobites no concelho de Arouca, dá-nos a conhecer duas histórias fantásticas. A principal é a de fósseis de varias espécies, em particular as trilobites que viveram no mar durante 300 milhões de anos. Terão sido dos mais antigos seres vivos! Acrescenta-se o facto de no museu podermos ver algumas das maiores em todo o mundo. Refere Manuel Valério, o proprietário do Museu … Continue a ler Os mais antigos seres vivos no Museu das Trilobites

Pare, Escute e Olhe. Vai passar o Rail Bike

Um passeio numa antiga linha de comboio entre Marvão e Castelo de Vide num “comboio” movido a pedais e onde se descobrem bonitas paisagens do Parque Natural da Serra de S. Mamede. O passeio foi de 8km a partir da estação de Marvão-Beirã em direcção a Castelo de Vide e passámos por uma passagem de nível onde antes estaria o sinal “Pare, Escute e Olhe”.O … Continue a ler Pare, Escute e Olhe. Vai passar o Rail Bike

Terra Nostra – um dos mais belos jardins do Mundo

O Parque Terra Nostra nas Furnas já foi classificado como um dos mais bonitos jardins botânicos em todo o mundo. Tem características únicas. Em primeiro lugar está na cratera de um vulcão adormecido, no Vale das Furnas, na ilha de S. Miguel. Depois, é também único entrar num jardim, percorrer um curto caminho entre plantas de verde exuberante e quando o cenário se alarga, vemos … Continue a ler Terra Nostra – um dos mais belos jardins do Mundo

Um Alentejo diferente na serra de S. Mamede

Nem parece que estamos no Alentejo. A serra de S. Mamede rompe com a planície e o amarelo das searas dá lugar ao verde de florestas de castanheiros, carvalhos e em alguns lugares até encontramos cerejeiras. Outra diferença é a presença destacada de blocos quartziticos no topo de algumas elevações. O ponto mais alto é o Pico de S. Mamede com 1025 metros de altitude. … Continue a ler Um Alentejo diferente na serra de S. Mamede

Faial conta a história natural dos Açores

A ilha do Faial é a síntese dos Açores. Uma vida marítima intensa com ponto de passagem na baía natural da cidade da Horta, tem crateras, enseada e, nos últimos 60 anos, a história do próprio arquipélago contada pelo Vulcão dos Capelinhos. João Melo, director do Parque Natural do Faial diz que “é a paisagem mais recente de Portugal e está carregada de história. Devido … Continue a ler Faial conta a história natural dos Açores

Casa da Vila e em cima das muralhas do castelo de Vinhais

A Casa da Vila fica no centro histórico de Vinhais e alberga o Centro Interpretativo do Parque Natural de Montesinho. No entanto, tem uma história que vai muito para além da função que desempenha actualmente. A casa pertencia ao tenente Horácio Assis Gonçalves, secretario particular de Oliveira Salazar. Por outro lado, tem a particularidade de o edifício ter sido construído em cima das antigas muralhas … Continue a ler Casa da Vila e em cima das muralhas do castelo de Vinhais

A arca de Noé no Parque Biológico da Serra da Lousã

O Parque Biológico da Serra da Lousã tem cerca de 400 animais de 47 espécies e representam uma parte significativa das raças autóctones portuguesas. Algumas já nem existem como é o caso dos ursos pardos que há mais de dois séculos ainda andavam na serra do Gerês. No Parque há um casal, a Berta e o Sandro. São muito bonitos, dorminhocos e possantes. Já tiveram uma … Continue a ler A arca de Noé no Parque Biológico da Serra da Lousã

Os simpáticos burros de Miranda

Ir de férias até Trás-os-Montes, através de passeios vamos descobrir uma raça autóctone e a sua paisagem e, quiçá, adoptar um burro de Miranda. A Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino  (AEPGA) pretende dignificar os burros e conservar a raça de Miranda que deixou de estar em risco de extinção mas continua ameaçada. Segundo Miguel Nóvoa, secretario técnico da raça asinina de Miranda … Continue a ler Os simpáticos burros de Miranda

O Cabo Espichel e o santuário do mar

O Cabo Espichel é um dos lugares mais procurados do Parque da Serra da Arrábida porque agrega tudo: monumentalidade, paisagem deslumbrante, isolamento e mistério e património civil e religioso. As marcas da ocupação humana tornam-se mais ténues e raras, como se esta se degradasse antes de atingir os limites impostos pela Natureza: casais isolados, povoaçõs muito rústicas, leiras cultivadas entre muros de pedra ou lado … Continue a ler O Cabo Espichel e o santuário do mar

O refúgio de Verão na Tapada Grande

A praia fluvial da Tapada Grande está inserida no Parque Natural do Vale do Guadiana e é um refúgio para o calor do Alentejo nesta região de Mértola. O Parque tem uma oferta grande de passeios e de descobertas. A pé, de carro, de bicicleta…e um dos lugares mais interessantes é o Pulo do Lobo. Outra visita obrigatória é às Mina de S. Domingos que … Continue a ler O refúgio de Verão na Tapada Grande

O Pulo do Lobo selvagem

O Pulo do Lobo continua selvagem depois de ter deixado de ser um segredo bem guardado. Hoje o ex-líbris do Parque Natural do Vale do Guadiana já entra nos roteiros turísticos mas continua agreste, arrepiante e indomável. A queda de água, as rochas, a força da natureza, o lugar isolado… tudo revela uma força selvagem e ao mesmo tempo de deslumbramento. A catarata de 16 … Continue a ler O Pulo do Lobo selvagem

Escultura contemporânea ao lado do Tejo

O Parque de Escultura Contemporânea Almourol junta tudo o que é essencial para um passeio: natureza, arte e zonas de lazer à beira rio. Anda-se à vontade, por um grande espaço verde e podemos contemplar o Tejo ou procurar as 11 esculturas de grandes dimensões que estão dispersas pelo Parque de Escultura Contemporânea Almourol . As esculturas são de reputados artistas nacionais contemporâneos. Incluem-se obras de José … Continue a ler Escultura contemporânea ao lado do Tejo

No Soajo a esfriar um pão na ponta da lança

  O Soajo é uma porta de entrada para o Parque Nacional Peneda-Gerês e também para um mundo que preserva a cultura, a magia dos nossos ancestrais. A vila recuperou este estatuto em 2009, está numa zona montanhosa da Serra da Peneda e é marcada por uma forte emigração. O Soajo é das localidades desta região que manteve muita da sua cultura e teve uma … Continue a ler No Soajo a esfriar um pão na ponta da lança

Parque Ribeirinho da Póvoa de Santa Iria “é um local soberbo”

“É um local soberbo que muitos gostariam de visitar.” Foi o que ditou o júri de um reputado prémio paisagístico internacional para salientar o motivo porque atribuiu o prémio principal ao Parque Ribeirinho da Póvoa de Santa Iria. A distinção foi em 2016 e não foi a primeira vez, apesar de o parque ser recente. Faz agora quatro anos. O Parque fica às portas Lisboa … Continue a ler Parque Ribeirinho da Póvoa de Santa Iria “é um local soberbo”