Grande Rota do Bussaco

A serra do Bussaco tem um valor histórico e paisagístico interessante e o epicentro é a Mata do Bussaco. Tem mais de uma centena de hectares e está classificada como Área de Paisagem Protegida. Não é apenas resultado da mestria da natureza. É também uma fantástica herança dos monges Carmelitas Descalços. Arquitectura religiosa, lugares de contemplação, miradouros e, talvez o mais interessante, uma riqueza biológica enorme. … Continue a ler Grande Rota do Bussaco

A vaca ou Salazar na origem do carnaval luso-brasileiro da Mealhada

O carnaval da Mealhada teve sempre uma forte critica social e foi uma marca que ganhou tradição. No entanto, o carnaval  deu uma grande volta em 1971. Foi neste ano que começou a fase actual do Carnaval Luso-Brasileiro da Bairrada. Curiosamente tudo se deve à Santa Ana, à determinação de um militante comunista e à morte de Salazar. Já se vai perceber o enredo. A festa … Continue a ler A vaca ou Salazar na origem do carnaval luso-brasileiro da Mealhada

As alegres Casas da Criança Bissaya Barreto

As Casas da Criança são coloridas, com muitos mosaicos, com linhas redondas, envolvidas em espaços verdes e induzem um ambiente de vivacidade e alegria. Bissaya Barreto construiu 25 escolas na região Centro, quase todas com a mesma arquitectura, do arquiteto Luís Benavente, e com motivos nas paredes, mesas e cadeiras de aves, insectos, peixes, flores … um sem número de desenhos em mosaicos que procuravam … Continue a ler As alegres Casas da Criança Bissaya Barreto

Escolas Grandella e maçónicas

Em Portugal há cinco escolas que são praticamente iguais e com símbolos maçónicos. São as escolas mandadas construir por Francisco de Almeida Grandella no inicio do século XX. As fachadas têm colunas, sobrepostas por um frontão triangular. Quase todas têm uma estrela de cinco pontas e em baixo o selo ondulado do Conselho da Ordem do Grande Oriente Lusitano. A excepção é a de Aveiras … Continue a ler Escolas Grandella e maçónicas

A Pampilhosa e o comboio na Casa Quinhentista

A Pampilhosa teve uma das mais importantes estações de comboios de Portugal quando foi cruzamento da Linha do Norte com a da Beira Alta no final do século XIX. Muito rapidamente o povoado de cerca de meio milhar de habitantes passou de uma economia agrária, com lastro medieval, para a fase industrial. Talvez a melhor ilustração desta mudança é a carta que o chefe da … Continue a ler A Pampilhosa e o comboio na Casa Quinhentista

Buçaco: a mata nacional dos votos de casamento e silêncio

Não quer falar com ninguém, quer-se isolar, ir para um retiro? Uma sugestão é ir para a Mata do Buçaco. Vai dormir nas antigas casas dos antigos guardas florestais, no meio da mata, sem televisão nem internet e até os telemóveis têm pouca rede. Vai ter um tipo ambiente próximo dos monges carmelitas a quem lhes era imposto um voto de silêncio. Só falavam nas … Continue a ler Buçaco: a mata nacional dos votos de casamento e silêncio

A caminho de Santiago

Está  começar a época que junta mais peregrinos no Caminho Português para Santiago. Vai de Maio a Setembro/Outubro. No ano passado foram 59 mil os peregrinos registados que fizeram este caminho. O registo é através de uma credencial que em Lisboa é obtida na Igreja de Nossa Senhora dos Mártires e na Sé Catedral de Lisboa. Miguel Torres é quem os recebe, presta algumas informações … Continue a ler A caminho de Santiago

Um café no Casino do Luso e um passeio ao Bussaco

Nas tardes amenas e primaveris algumas famílias da Bairrada vão ao Luso tomar um café ou um chá e dar um pequeno passeio nas ruas dos chalés. O charme do Luso não é o mesmo de meados do século passado com os espetáculos na sala do Casino, mas mantém muitos encantos, mesmo fora da época preferida para as termas. Toda a zona central marca uma … Continue a ler Um café no Casino do Luso e um passeio ao Bussaco