Praia fluvial de Ortiga

A praia fluvial de Ortiga fica num lugar muito calmo, na junção da Ribeira de Eiras com a albufeira da barragem de Belver.O enorme espelho de água está rodeado de árvores que são mais vistosas próximo da albufeira.A piscina flutuante é o lugar mais procurado para quem se quer refrescar. Podem ainda ser feitas outras atividades. Por exemplo andar de kayak. Quando falei com Márcio … Continue a ler Praia fluvial de Ortiga

A represa natural da Louçainha

A praia fluvial da Louçainha está escondida no meio da serra e a mão humana limitou-se a adaptar o que a natureza já fazia com duas represas naturais. A ribeira da Azenha faz aqui uma travessia mais lenta antes de se despenhar na cascata da Pedra da Ferida que fica um pouco mais à frente. A água surge por uma passagem estreita e depois forma dois … Continue a ler A represa natural da Louçainha

O Pego escondido das Pias

A praia fluvial do Pego das Pias é uma obra de arte da ribeira do Torgal. A erosão provocada pela água criou arcadas e espelhos de água num maciço rochoso. São piscinas naturais. Foi quando a ribeira tinha mais água, mais altura e mais força. Por outro lado, os redemoinhos de água com pedras esculpiram as rochas e formaram muitas concavidades que são vitais para … Continue a ler O Pego escondido das Pias

Candal para namorar ou passar o tempo

  Candal impressiona logo à primeira vista. A forma como as casas estão integradas na serra, a sua disposição e os materiais de xisto e madeira fazem um retrato que se torna ainda mais interessante em dias de nevoeiro. A aldeia é um anfiteatro de casas que sobe uma encosta íngreme até ao miradouro. Daqui podemos contemplar as ruelas, a eira e as casas alinhadas em … Continue a ler Candal para namorar ou passar o tempo

Vista do miradouro

Foz de Alge e a deslumbrante simbiose com o Zêzere

Um excelente património natural com fugas a praias fluviais e contemplar paisagens únicas do Zêzere e da Ribeira de Alge. O ponto de partida é a Foz de Alge onde a Ribeira que vem da Serra da Lousã atravessa o concelho de Figueiró dos Vinhos e junta-se ao rio Zêzere. No alto da serra, no miradouro, temos uma visão de conjunto da simbiose. O miradouro … Continue a ler Foz de Alge e a deslumbrante simbiose com o Zêzere

Provar o inhame de S. Jorge

O inhame é uma planta que se encontra em várias zonas da ilha de S. Jorge e faz parte da dieta de muitos açorianos. Foi introduzido nos Açores com o povoamento e devido às suas propriedades energéticas rapidamente assumiu um papel determinante na gastronomia. Manuel Brasil, engenheiro agrónomo salienta que o papel do inhame foi determinante na dieta alimentar em especial até à introdução da … Continue a ler Provar o inhame de S. Jorge

O miradouro de Penedo Furado

Penedo Furado é um dos lugares mais conhecidos do concelho de Vila de Rei devido à praia fluvial. Em particular no Verão. A corrente da Ribeira do Codes refresca o ambiente e funciona como um oásis. A água é límpida e corre por um vale com duas pequenas comportas. A corrente não é forte, o curso de água tem pouca altura e por isso é um … Continue a ler O miradouro de Penedo Furado